Sobre a Revista

Foco e Escopo

Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, Revista do Núcleo de Estudos em Pesquisas de Ciências Sociais Aplicadas, vinculada ao DCSA da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, é um periódico acadêmico-científico que se dedica a publicar artigos originais e inéditos de cunho teórico e/ou empírico, na área de Ciências Sociais Aplicadas, especificamente, Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Direito.

Com periodicidade semestral, a Revista recebe submissões de artigos em fluxo contínuo. Os textos devem seguir os padrões e requisitos descritos em Diretrizes para Autores, na página ‘Sobre a Revista -> Submissões’. Se aprovados, os textos passam por uma revisão para ajustes formais e comporão o respectivo número/semestre da Revista, publicado no endereço http://periodicos2.uesb.br/index.php/ccsa, ao qual é permitido livre acesso ao conteúdo das edições.

A eleição pela publicação eletrônica de acesso livre e gratuito objetiva democratizar ao máximo o alcance ao conhecimento e, igualmente, aproximar os estudiosos/pesquisadores e leitores em geral, favorecendo com isso o debate e a partilha de ideias.

Políticas de Seção

ARTIGOS

  • Submissões abertas
  • Indexado
  • Sistemas de avaliação cega por pares

Processo de Avaliação por Pares

1.Os artigos deferidos na submissão (análise de desk review) são avaliados por, no mínimo, dois pareceristas externos, especialistas nas respectivas áreas, no sistema de avaliação cega por pares, Blind Peer Review, modalidade em que se preserva a identidade dos autores e dos pareceristas. Durante a análise, os avaliadores deverão considerar os seguintes aspectos: 

1.1 Se o tema do artigo é atual, relevante, oportuno e se apresenta contribuição científica para as áreas de conhecimento das Ciências Sociais Aplicadas;

1.2 Se o título é compreensível, conciso e se está de acordo com o conteúdo;

1.3 Se o resumo apresenta os objetivos principais, o referencial teórico adotado, a metodologia empregada, os principais resultados e conclusões;

1.4 Se o objetivo do artigo está bem claro e definido;

1.5 Se as palavras-chave harmonizam-se com as ideias centrais do artigo, com a área de pesquisa e com o objeto de pesquisa;

1.6 Se a introdução mostra claramente os objetivos da pesquisa e a relevância do estudo;

1.7 Se a metodologia de pesquisa é clara e os resultados de sua aplicação consistentes e harmonizados com os objetivos do trabalho;

1.8 Se a base teórico-conceitual apresentada é consistente, clara, suficiente, atualizada, bem estruturada e de acordo com os objetivos da pesquisa e se os autores citados são representativos do tema em análise;

1.9 Se a análise dos resultados é fortemente apoiada no referencial teórico e se a apresentação dos resultados é clara e os quadros, tabelas, gráficos e figuras possuem informações úteis e estão dispostos adequadamente; se os resultados condizem com os objetivos do artigo;

1.10 Em caso de artigo teórico-empírico, se existe coerência entre os resultados coletados em campo e a discussão teórica apresentada;

1.11 Se a conclusão apresenta-se de forma coerente, clara, objetiva, se está relacionada aos objetivos do artigo e aponta a contribuição do trabalho;

1.12 Se a estrutura do texto é clara, coerente e segue as normas de formatação da ABNT;

1.13 Se as referências estão completas e condizentes com a ABNT, se todos os autores citados estão devidamente referenciados e se todos os autores referenciados foram citados no corpo do texto;

1.14 Se a linguagem atende aos padrões da norma culta, utiliza termos técnicos adequados e apresenta coesão e coerência;

1.15 Se houver extrema divergência entre os dois pareceres, será solicitada a opinião de um terceiro avaliador. Os pareceristas poderão sugerir ao autor modificações no texto. Nesse caso, os pareceres serão encaminhados aos autores indicando as respectivas sugestões;

1.16 Os pareceres auxiliam a decisão editorial, todavia, esta compete aos editores, que, guiados pela política editorial e pela observância do Código de Ética e Boas Práticas, são responsáveis por decidir quais dos artigos submetidos à revista devem ser publicados, bem como por julgar os casos omissos.

Política de Acesso Livre

  1. Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. 

Arquivamento

  1. Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

Política de Submissão Livre

4.Esta revista não cobra dos autores:

4.1 taxas de submissão de artigos;

4.2- taxas de processamento de artigos (article processing charges);

4.3- taxas sobre número de páginas;

4.4 - taxas sobre páginas coloridas, nem faz qualquer outro tipo de cobrança monetária para o término do processo de publicação. 

Licença

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 Internacional.