Europeus e norte-americanos no litoral Sul da Bahia: branquitude e novas colonizações no paraíso tropical?

Autores

Palavras-chave:

Imigração, Território, Relações Étnico-raciais, Identidade e Diferenças.

Resumo

Este texto aborda a migração para a Vila de Serra Grande, distrito do munícipio de Uruçuca, no litoral sul da Bahia, considerando a projeção do Brasil paraíso tropical, assim como a suposta cordialidade inerente ao contato com o povo brasileiro. O território da vila é também abordado a fim de enfatizarmos as relações históricas, políticas, econômicas, culturais e raciais, enfim, as relações de identificações e diferenças, que fazem do Litoral Sul da Bahia um eminente território de riquezas, poderes e conflitos. Trata-se de um estudo-reflexão acerca das expressões e tensões entre branquitude e identidade afro-brasileira num território litorâneo da Mata Atlântica, no sul da Bahia.

Biografia do Autor

Jaqueline Souza de Jesus, Programa de Pós-Graduação em Relações Étnicas e Contemporaneidade

Graduada em Letras pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia-  UESB. Pós- graduanda em Linguística e ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa- POSLIN-UESB. Mestranda em Relações Étnicas e Contemporaneidade pelo PPGREC-UESB. 

Regina Marques de Souza Oliveira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Pos-Doutora/Professora Convidada (Bolsa CAPES, 2016) pelo IMAF/EHESS (Instituto dos Mundos Africanos da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais - EHESS/Paris, realizou a pesquisa: Territorio e Violência: Saude Mental da Populaçao Negra e da Diaspora Africana, sob a colaboraçao cientifica de Elikia M'Bokolo) . Doutora em Psicologia em 2008 ( PUC/SP- Brasil e EHESS-Paris/França/Colegio Doutoral Franco Brasileiro, co-tutela, Programa da Fundação Capes), Mestre em Psicologia Social (2003, Bolsa CNPQ), Especialista em Psicoterapia Psicanalítica (1997) e Psicóloga (1993).

Referências

BAHIA. Estudo de Potencialidades Econômicas Território de Identidade LITORAL SUL Superintendência de Estudos e Políticas Públicas Diretoria de Estudos e Planos Coordenação de Planos de Desenvolvimento, Jun. 2016.

BARRETO, Marcelo. Parque Estadual da Serra do Conduru: Histórico da criação, dos conflitos socioambientais e da gestão participativa. Dissertação (Mestrado Profissional em Conservação da Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável) - IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas, 2015.

BRASIL. PRONAT/SDT/MDA. Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável. O que o Litoral Sul tem? Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário — Secretaria de Desenvolvimento Territorial — SDT — Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais — Pronat, 2010.

CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. “Identidade Étnica, Identificação e Manipulação”. In: Identidade, Etnia e Estrutura Social. São Paulo: Pioneira Editora, 1976.

CHAUI, Marilena. Brasil: Mito fundador e sociedade autoritária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2000.

DIAS, Marcelo Henrique; CARRARA, Ângelo Alves. Um lugar na história: a capitania e comarca de Ilhéus antes do cacau. Marcelo Henrique Dias e Ângelo Alves Carrara (orgs). – Ilhéus: Editus, 2007.

Echtner, C. M; Pasad, P. The context of third world tourism marketing. In Annals of Tourism Research, vol.30 n.3, p. 660-682, 2003.

HAESBAERT, Rogério. Dos múltiplos territórios à multiterritorialidade. Porto Alegre, 2004.

OLIVEIRA, Reinaldo José de Oliveira. Territorialidade negra e segregação racial na cidade de São Paulo – A luta por cidadania no século XX. Alameda Casa Editorial: São Paulo, 2016.

OLIVEIRA, Reinaldo José. Os Territórios Negros E Os Quilombos Vão Vencer A Segregação? Psicologias, pedagogias e tecnologias em Quilombos / (Org.) Regina Marques de Souza Oliveira. Cruz das Almas, BA: EDUFRB, 2019.

ORTEGA, Antonio César; PIRES, Murilo José de Souza. As políticas territoriais rurais e a articulação governo federal e estadual: um estudo de caso da Bahia. Antonio César Ortega e Murilo José de Souza Pires (orgs). – Brasília: Ipea, 2016.

SILVEIRA, Lélian Patrícia de Oliveira. O OLHAR EUROPEU SOBRE O BRASIL: da exotização do paraíso à mercantilização turística. 2017. Tese (Doutorado em Estudos Culturais) - Universidade de Aveiro, 2017.

Referência de sites

ESTADÃO, Neo Mondo. Bahia é o estado do Nordeste que mais recebe migrantes internacionais. 2 de setembro de 2019. Disponível em <http://www.neomondo.org.br/2019/09/02/bahia-e-o-estado-do-nordeste-que-mais-recebe-migrantes-internacionais/> Acesso em: 25 Jan. 2020.

<https://www.serragrande.net/> Acesso em: 25 Dez. 2019.

<https://www.imovelweb.com.br/terrenos-venda-bahia-urucuca-ba-serra-grande-urucuca.html> Acesso em: 25 Jan. 2020.

<https://www.vivareal.com.br/venda/bahia/urucuca/bairros/serra-grande/> Acesso em: 18 Mar. 2020.

<https://arapyau.org.br/instituto-arapyau-comemora-avancos-no-sul-da-bahia/> Acesso em: 26 Ago. 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-31