Quarteto Fantástico Azeviche e ABC d’Pretas Antirracistas

Autores

Palavras-chave:

Malungos, Candaces, Luta antirracista

Resumo

Através do gênero textual poema, realizam-se duas homenagens, a saber: no primeiro, reverenciam-se malungos (companheiros de luta) que bravamente protagonizaram a Revolta dos Búzios (1798) em Salvador, na Bahia; no segundo, saúdam-se candaces (mulheres guerreiras) que diuturnamente lutam/lutaram pela causa antirracial no Brasil e no exterior. Utilizando versos livres, traz-se à baila com brevidade o legado decolonial dessa personalidades negras que merecem aclamação pela potência afrocentrada disruptiva.

Biografia do Autor

Regia Mabel da Silva Freitas, Universidade Federal da Bahia, Federal University of Bahia

Mulher Preta Feminista Antirracista. Doutora em Difusão do Conhecimento (Universidade Federal da Bahia/ UFBA), Mestra em Políticas Sociais e Cidadania (Universidade Católica do Salvador/ UCSal), Especialista em Ensino da Cultura Afro-brasileira (Universidade Salvador/ UNIFACS), Novas Tecnologias da Comunicação e Informação na Educação (Universidade do Estado da Bahia/ UNEB) e Novas Abordagens no Ensino de Língua Portuguesa (UNIFACS) e Graduada em Letras Vernáculas (UCSal). Professora universitária. 

Referências

Não se aplica.

Downloads

Publicado

2020-12-31