Educação, diversidade e respeito à identidade cultural

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/odeere.v6i01.8522

Palavras-chave:

Religião, Educação, Diversidade, Alteridade

Resumo

A presente proposta tem como objetivo dialogar sobre o papel social da religião e sua relação com o desrespeito à alteridade no espaço escolar. Partindo do conceito de Lévinas sobre alteridade, buscar-se-á analisar a relação conflituosa existente entre alunos adeptos de religiões de matriz africana e alunos que professam outra religião, buscando assim refletir para sobre o papel do professor nesses casos. Discussões como estas se fazem necessárias, pois buscam meios para amenizar esses conflitos; para isso, fundamenta-se em pensadores que abordam a importância da não banalização do outro e da valorização das religiões de matriz africana, compreendendo que as mesmas fazem parte da realidade dos alunos e que, por muito tempo, foram inviabilizadas, demonizadas e hoje ainda passam por um processo de não aceitação por parte da sociedade, neste caso no meio escolar. Parte deste artigo foi apresentado durante o I Colóquio Internacional Bullying Submerso: Religião e Etnicidade na Escola, promovido pelo Programa de pós Graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, em outubro de 2015, e é fruto de pesquisas realizadas[1] no doutorado e de vivências enquanto professora de 1° e 2° fase da rede estadual da mesma cidade, e como umbandista Omó Ifá e abiã de orisá.

 

[1] Essa pesquisa não recebeu financiamento, porém, parte dela foi realizada durante os estudos de doutorado (bolsista da CAPES  2014 a 2017).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosinalda Olaséní Corrêa da Silva Simoni, Universidade Federal do Tocantins e Pontificia Universidade Católica de Goiás

Professora Convidada da Universidade Federal do Tocantins (Campus de Arraias). Coordenadora Setorial da ANCTUR, Curso de Especialização Profissionalizante de Turismo e Patrimônio Cultural e Natural pela UFT. Professora da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás), Curso de Letras. Diretora fundadora da Tekohá Pesquisas Patrimoniais e Arqueológicas. Quilombola Abiã de Orisá Omo Ifá, Licenciada em História (2004), Pós-graduada em Gestão do Patrimônio Cultural, Mestre em Gestão do Patrimônio Cultural, área de concentração Arqueologia, Doutora em Ciências da Religião, cursa Estágio Pós-Doutoral em História, área de pesquisas Cultura e Identidades dos falantes Iorubá e da etnia Iorubá. Atualmente compõe a rede de arqueólogos negros NEGRAARCHEO, NEAAD (UEG. Universidade estadual de Goiás), é Coordenadora do GT África e africanidades da ANPHU-regional Goiás, Pesquisadora fundadora da RELFET - Rede latino caribenha de pesquisadores sobre Feminismos de terreiros. E-mail: rosinegra@icloud.com

Referências

ALVES, M. A. Da fenomenologia à responsabilidade ética: uma breve análise desde o pensamento de Lévinas.

ANDRADE, Claudionor Corrêa de. Dicionário teológico e suplemento biográfico dos grandes teólogos e pensadores. 15 ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.

AQUINO, Júlio Groppa. Diferenças e Preconceitos na Escola. Alternativas Teóricas e Práticas. São Paulo: Summus, 1998.

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Martin Claret, 2003.

BARBOSA, Joaquim Gonçalves: Autrews cidadãos a sala de aula na perspectiva Multireferencial São Carlos Ed. UFScar,2000.

BERGER, Peter Ludwuing. O dossel sagrado: elementos para uma teoria sociologica da religião, Editora Paulinas São Paulo 1985.

BERGER, Peter. A dessecularização do mundo: uma visão global. Religião e Sociedade, v. 21, n. 1, 2001, pp. 9-23.

BÍBLIA. Português. Bíblia de Estudo Almeida. Traduzido por: João Ferreira de Almeida. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2006.

BONFATTI, Paulo. A expressão popular do sagrado. Uma análise psico-antropológica da Igreja Universal do Reino de Deus. São Paulo: Paulinas, 2000.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Os deuses do povo. São Paulo: Brasiliense, 1980.

BURITY, Joanildo Albuquerque. Identidade e Política no Campo Religioso. Recife, Editora Universitária 1997.

BURITY, Joanildo Albuquerque. Globalização e Identidade: desafios do multiculturalismo, Recife, I Conferência Latino- Americana e Caribenha de Ciências Sociais 1999.

CARDOSO, Clodoaldo (2003), Tolerância e Seus Limites: um olhar latino-americano sobre diversidade e desigualdade, São Paulo, Editora UNESP.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa, São Paulo: Paz e Terra, 1996.

HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós-Modernidade, Rio Janeiro, DP&A editora 2001.

HOBBES, Thomas. Leviatã. Traduzido por: João Paulo Monteiro e Maria Beatriz Nizza da Silva. São Paulo: Abril Cultural, 1985.

LÉVINAS, E. Descobrindo a existência com Husserl e Heidegger. (1949). Trad. Fernanda Oliveira. Lisboa: Instituto Piaget, 1999.

LÉVINAS, E. Totalidade e infinito: Ensaio sobre a exterioridade. Trad. José Pinto Ribeiro. Lisboa: Ed. 70, 2000.

LÉVINAS, E. Humanismo do outro homem. Trad. Pergentino S. Pivatto. Petrópolis: Vozes, 1993.

LÉVINAS, E. Ética e infinito. Trad. João Gama. Lisboa: Ed. 70, 1988.

LÉVINAS, E. Entre Nós: Ensaio sobre a alteridade. (1991). Trad. Pergentino S. Pivatto. Petrópolis: Vozes, 1997.

LOPES, Jose da Silva. Ensaios de intolerância religiosa, artigo, Maceió julho 2011.

MARTINES, PAULO. O ato moral Segundo Tómas de Aquino. Artigo disponível em: https://www.scielo.br/pdf/trans/v42nspe/0101-3173-trans-42-spe-0249.pdf acessado em: Março 2021.

MIRANDA, José Valdinei Albuquerque.Ética da alteridade e educação [manuscrito] / José Valdinei Albuquerque Miranda; orientadora: Nadja Mara Amilibia Hermann. – Porto Alegre, 2008. 188 f. tese de doutorado.

MUNANGA, Kabengele, NILMA, Lino Gomes. Para Entender o Negro no Brasil Hoje. São Paulo: Ed. Global, 2004.

MUNANGA, Kabengele. As religiões de Matriz africana e intolerância religiosa artigo publicado em Crítica e Sociedade: revista de cultura política, Uberlândia, v. 10, n. 1, 2020.

NORA, Pierre. Entre a memória e a história: a problemática dos lugares. Revista Projeto de História. São Paulo, PUC/SP, n. 10, 1993.

OLIVEIRA, Anderson José Machado de. Os santos pretos carmelitas: culto dos santos, catequese e devoção negra no Brasil colonial. Tese (Doutorado) -Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2002.

OLIVEIRA, Manuel de Jesus. Família Almeida: a construção de um patrimônio imaterial. Dissertação (Gestão do Patrimônio Cultural) - Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2005.

OLIVEIRA, Aurineia, Maria. Multiculturalismo, Pluralismo e Tolerância e/ou Intolerância Religiosa: a perspectiva dos espíritas kardecistas em Pernambuco em relação aos adeptos das religiões afro-brasileiros.

ORO, Ari. Pedro & STEIL, Carlos Alberto (Orgs.) 1997 Globalização e Religião, 2a ed. Petrópolis, Vozes.

ORTIZ, Renato. A morte branca do feiticeiro negro. Petrópolis: Ed. Vozes, 1978.

ORTIZ, Renato. Cultura Brasileira e Identidade Nacional. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1986.

PESSOA, Jadir de Morais. Saberes em festa: gestos de ensinar e aprender na cultura popular. Goiânia: Ed. Kelps, 2005.

REDDING, Amalhene Baesso; LEITE, Maria Isabel. O Lugar Da Infância Nos Museus. In: MUSAS - Revista Brasileira de Museus e Museologia. p.32-41. n. 3, 2007, Rio de Janeiro, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

RIBEIRO, Romilda Iyakemi. O Sagrado – concepção Iorubá (Africa Ocidental) artigo publicado em Diálogos entre Psicologia e Espiritualidade e Meio Ambiente: Sagrado em perspectiva Organizadora: Marlise A. Bassami Editora Puc-São Paulo 2020. Acessado em: janeiro 2021

RICOUER, Paul. Tempo e Narrativa. Tomo I. Campinas: Papirus, 1994

RICOEUR, Paul 1995. Em Torno ao Político, São Paulo, Loyola 1995.

ROLNIK, Suely. Toxicômanos de identidade. In: LINS, Daniel (org.). Cultura e subjetividade: saberes e modos. Campinas: Papirus, 1997 (2. Ed.).

ROLNIK, Suely. Uma Viagem Insólita à subjetividade - fronteiras com a ética e a cultura. In: LINS, Daniel S. (org.). Cultura e Subjetividade: Saberes Nômades. Campinas: Papirus, 1997.

SILVA, Vagner Gonçalves da (org.). Intolerância religiosa. Impactos do Neopentecostalismo no campo religioso afro-brasileiro. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2007. p. 328.

SIMONI, Rosinalda C. Da Silva. Educar para diversidade uma questão de respeito a identidade, artigo apresentado em: I Colóquio Internacional Bullyng Submerso: Religião e Etnicidade na Escola Promovido pelo Programa de pós Graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica Goiânia 2015.

TEIXEIRA, Faustino. Sociologia da religião. Enfoques teóricos. Petrópolis: Vozes, 2003.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Simoni, R. O. C. da S. (2021). Educação, diversidade e respeito à identidade cultural. ODEERE, 6(01), 163-182. https://doi.org/10.22481/odeere.v6i01.8522