O MARCO REGULATÓRIO DO TERCEIRO SETOR: A OFERTA DA EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE

Autores

  • Monique Robain Montano Rede Municipal de Educação de Porto Alegre– Brasil
  • Daniela de Oliveira Pires Universidade Federal do Paraná – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxis.v15i31.4656

Palavras-chave:

Educação Infantil. Parceria Público-Privada. Terceiro Setor

Resumo

Resumo: Este artigo apresenta alguns elementos para o debate sobre a construção do marco regulatório do Terceiro Setor, o qual estabelece um regime jurídico próprio para a realização das parcerias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil na promoção dos direitos sociais. Para fins dessa análise, será apresentada a consecução da educação infantil entre o Município de Porto Alegre e as creches conveniadas. O recorte histórico-normativo tem início no final dos anos 1990, com a aprovação da Lei nº 9.637/98 e da Lei nº 9.790/99, no qual estabeleceu-se as figuras
jurídicas das Organizações Sociais e das Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público. Nos anos 2000, foi aprovado o Marco Regulatório do Terceiro Setor, por meio da Lei nº 13.019/14, que traz uma série de mudanças para a formalização de parcerias entre as Organizações da Sociedade Civil e a Administração Pública. Com relação específica ao contexto porto-alegrense, será analisada a elaboração do Decreto Municipal 19.775/2017, que regulamenta a aplicação da Lei Federal nº 13.019. A metodologia utilizada para o desenvolvimento do estudo foi a análise quantitativa e qualitativa. Verificamos, ao final, que as parcerias público-privada impulsionam um processo de reconfiguração do papel do Estado na execução das políticas públicas educacionais, com o repasse da responsabilidade no plano da execução para as entidades do Terceiro Setor na oferta da educação
infantil, implicando negativamente na efetivação dos direitos, lesando princípios de equidade e justiça
social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Monique Robain Montano, Rede Municipal de Educação de Porto Alegre– Brasil

Docente da Rede Municipal de Educação de Porto Alegre/RS e Assessora Pedagógica do Conselho Municipal de Porto Alegre. Membro do Grupo de Pesquisa: Relações entre o Público e o Privado na Educação (GPRPPE UFRGS).

Daniela de Oliveira Pires, Universidade Federal do Paraná – Brasil

Docente do Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná (UFPR/DEPLAE/NUPE). Membro do Grupo de Pesquisa: Relações entre o Público e o Privado na Educação (GPRPPE UFRGS).

Downloads

Publicado

2019-01-17

Como Citar

MONTANO, M. R.; PIRES, D. de O. O MARCO REGULATÓRIO DO TERCEIRO SETOR: A OFERTA DA EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE. Práxis Educacional, [S. l.], v. 15, n. 31, p. 16-37, 2019. DOI: 10.22481/praxis.v15i31.4656. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/4656. Acesso em: 20 maio. 2022.