A ESCOLA PÚBLICA E O CURRÍCULO COMO CRIAÇÃO COTIDIANA: A VISIBILIZAÇÃO DAS POLÍTICASPRÁTICAS DE SAÚDE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i41.6513

Palavras-chave:

Currículo, Educação de Jovens e Adultos, Saúde

Resumo

O presente trabalho possui gênese em uma dissertação de mestrado profissional na área de saúde e meio ambiente e se caracteriza como uma proposição didática para a discussão de saúde junto à Educação de Jovens e Adultos (EJA). A referida proposição pedagógica foi aplicada em uma escola pública no interior do Estado do Rio de Janeiro e objetivou visibilizar as experiências sociais desenvolvidas junto aos estudantes de uma escola pública da rede municipal de ensino de Volta Redonda-RJ. O escopo metodológico se desenvolveu por meio dos Estudos do Cotidiano, tendo a roda de conversa como sua principal dinâmica (instrumento) para apreensão do percurso dos(as) sujeitos praticantes em sua trajetória de aprendizagemensino. A sequência didática se desenvolveu por intermédio de seis aulas, possibilitando a aquisição dos seguintes resultados: a) promoção de um espaço de dialogicidade e conflito epistemológico entre os(as) estudantes; b) a roda de conversa propiciou a horizontalização dos conhecimentos trazidos ao chão da escola, perpassando pelos artigos teóricos propostos, os vídeos, as imagens retiradas das redes sociais, as imagens utilizadas pelos(as) estudantes e suas experiências individuais e coletivas; c) a referida prática educativa permitiu a construção de conhecimentos em redes de subjetividade, promovendo a ruptura com a hierarquização de conhecimentos e valorizando a diversidade de olhares e modos de compreensão do/sobre/com o mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cinthia Emerenciana de Almeida, Centro Universitário de Volta Redonda – Brasil

Mestranda em Ensino em Ciências da Saúde e Meio ambiente; UniFOA; Programa de Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e Meio ambiente; Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Educação Física e Práticas Corporais.

Alexandre Palma de Oliveira, Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil

Doutor em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz; UFRJ; Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Laboratório integrado de Pesquisa em Exercício, Biomedicina, e Saúde Coletiva.

Marcelo Paraiso Alves, Centro Universitário de Volta Redonda / Instituto Federal do Rio de janeiro – Brasil

Doutor em Educação, UFF; UniFOA/IFRJ; Programa de Mestrado profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente; Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Educação Física e Práticas Corporais.

Downloads

Publicado

2020-09-07

Como Citar

DE ALMEIDA, C. E. .; DE OLIVEIRA, A. P. .; ALVES, M. P. . A ESCOLA PÚBLICA E O CURRÍCULO COMO CRIAÇÃO COTIDIANA: A VISIBILIZAÇÃO DAS POLÍTICASPRÁTICAS DE SAÚDE. Práxis Educacional, [S. l.], v. 16, n. 41, p. 869-894, 2020. DOI: 10.22481/praxisedu.v16i41.6513. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/6513. Acesso em: 24 maio. 2022.