Formação de professores e o relato de experiência como método de pesquisa: levantamento de teses e dissertações 2012- 2020

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/redupa.v1.11112

Palavras-chave:

educação, ensino, formação docente

Resumo

Este artigo apresenta um inventário de teses e dissertações nacionais, resultado de um levantamento sistemático realizado no Catálogo de Teses e Dissertações da Capes a respeito do relato de experiência como método de pesquisa na e para formação docente. Como resultados, localizamos 28 dissertações e nenhuma tese. Dessas, apenas duas trouxeram definição do conceito de experiência, seis explicaram o método e seis apresentaram justificativas para seu uso. Ficou evidenciado, então, que o relato de experiência como método de pesquisa ainda é algo muito rudimentar na pesquisa acadêmica, tornando-se lacuna a ser preenchida por novos e mais densos trabalhos de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Áurea Cristina Pires Marcelino Lanfranco, Secretaria de Educação de Itapetininga, SP - Brasil

Professora do Programa de Ensino Integral da Secretária de Educação de SP. Licenciada em Física, licenciada em matemática e licenciada em pedagogia. Aperfeiçoamento em Ensino de Astronomia pela USP (2018). Especialista em Informática Aplicada à Educação pelo IFSP (2019). Mestra em Educação pela UFSCar (2022). Contribuição de autoria: coleta e análise dos dados, escrita do artigo -

Ivan Fortunato, Instituto Federal de São Paulo – Itapetininga - Brasil

Doutor em Desenvolvimento Humano e Tecnologias e Doutor em Geografia, ambos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro. Professor em regime de dedicação exclusiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), campus Itapetininga. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSCar, campus Sorocaba. Contribuição de autoria: análise dos dados coletados, escrita do artigo .

Referências

ALBUQUERQUE, C. A.; SILVA, S. J. D. S; FORTUNATO, I. Google Earth, Google Maps e Kahoot em aulas de geografia: relato de experiências. Revista Geográfica Venezolana, v. 61, n. 1, p. 196-206, 2020. http://www.saber.ula.ve/handle/123456789/46822

ANDRÉ, M. E. D. A. Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Líber

Livro, 2005.

BARBIER, R. A pesquisa-ação. Brasília: Liber Livro, 2004.

BENJAMIN, W. Magia e Técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

CORREIA, K. C. S. Audiovisual e Ciências: relato de experiência em escola pública de educação básica no Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Do Rio De Janeiro, 2016.

FALCHI, L.; FORTUNATO, I. Simulador phet e o ensino da tabuada na educação básica: relato de experiência. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 22, n. 1, p. 439-452, 2018. https://doi.org/10.22633/rpge.v22.n.1.2018.10672

FORTUNATO, I. Práticas Pedagógicas no Ensino Superior: relato de experiências com a disciplina Didática em licenciaturas. Rev. Inter. Educ. Sup., Campinas, v. 6, e020039, p. 1- 13, 2020. http://doi.org/10.20396/riesup.v6i0.8655958

FORTUNATO, I. O relato de experiência como método de pesquisa Educacional. In: FORTUNATO, I.; SHIGUNOV NETO, A. (org.). Método(s) de pesquisa em educação. São Paulo: Edições Hipótese, 2018. p. 37-50.

FORTUNATO, I. Ensinando futuros professores sobre literatura infantil: relato de experiência. ETD, Campinas, v. 18, n. 3, p. 710, 2016. http://doi.org/10.20396/etd.v18i3.8642934

FORTUNATO, I; LANFRANCO, Á. C. P. M. Educação no campo e o ensino de física: um mapeamento de teses e dissertações. Revista Periferia, Rio De Janeiro, v.13, n.1, p. 243-258, 2021. https://doi.org/10.12957/periferia.2021.55955

LARROSA, J. B. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, n. 19, p. 20-28, 2002. https://doi.org/10.1590/S1413-24782002000100003 LARROSA, J. B. Lenguaje y educación. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, n. 16, p. 68-80, 2001. https://doi.org/10.1590/S1413-24782001000100008

CORREIA, K. C. S. Audiovisual e Ciências: relato de experiência em escola pública de educação básica no Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Do Rio De Janeiro, 2016.

MONTEIRO, L.; FORTUNATO, I. A relação entre saberes docentes e a formação continuada: teses e dissertações 2012-2017. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 4, p. 2260-2274 2019a.https://doi.org/10.21723/riaee.v14i4.12276

MONTEIRO, L.; FORTUNATO, I. Educação Ambiental e a Formação Inicial Docente: análise das teses nacionais 2013-2017. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 21, p. 228- 2492019b. https://doi.org/10.22196/rp.v21i0.4652

NASCIMENTO, R. O. A Ferramenta PDDE interativo como indicador de caminhos: relato de experiência em uma escola da rede municipal de São Paulo. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação: formação de formadores) Pontifícia Universidade Católica De São Paulo, São Paulo, 2016.

NÓVOA, A. Imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

ROMANOWSKI, J. P; ENS, R. T. As Pesquisas denominadas do Tipo “Estado Da Arte” em Educação. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, V.6, n.9, p. 37-50, 2006. https://periodicos.pucpr.br/dialogoeducacional/article/view/24176

SERTAO, M. A. L. Práticas Educativas Em Saúde: Construção De Uma Tecnologia Audiovisual Na Perspectiva Da Pedagogia Crítica. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Saúde). Universidade Estadual De Mato Grosso Do Sul, Dourados, 2020. SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2013. SIQUEIRA, E.; PEREIRA, F.; FORTUNATO, I. Coelho Sabido como Apoio à Alfabetização: relato de experiência. Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino, Cornélio Procópio, v. 3, n. 1, p. 62-79, 2019. http://seer.uenp.edu.br/index.php/reppe/article/download/1599/767

SOUZA, R. A.; LANFRANCO, A. C. P. M.; FORTUNATO, I. Ensino de Física nos anos iniciais do ensino fundamental: um estado do conhecimento. Revista de Iniciação científica, Itapetininga, v. 5, p. 42-57, 2020. https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rbic/article/view/58

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 2005.

Downloads

Publicado

2022-07-23

Como Citar

LANFRANCO, Áurea C. P. M. .; FORTUNATO, I. . Formação de professores e o relato de experiência como método de pesquisa: levantamento de teses e dissertações 2012- 2020 . Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 1, p. e11112, 2022. DOI: 10.22481/redupa.v1.11112. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/redupa/article/view/11112. Acesso em: 18 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.