Prática avaliativa no cotidiano escolar: um olhar sobre algumas escolas da cidade de Lichinga

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/redupa.v1.11427

Palavras-chave:

avaliação, aprendizagem, cotidiano escolar

Resumo

Este artigo tem como objetivo compreender a prática da avaliação da aprendizagem no dia-a-dia da escola, num breve olhar sobre algumas escolas secundárias da Cidade de Lichinga. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo, sendo que para a recolha de dados optou-se pela técnica de entrevista semiestruturada que foi administrada a cinco professores que lecionam nas escolas secundárias da Cidade de Lichinga, Província de Niassa, Moçambique. Os resultados obtidos evidenciam a persistência de uma avaliação carateristicamente classificatória, descontextualizada ao ensino e realiza-se desconectada do processo de ensino e aprendizagem e que não impacta nos resultados do ensino pretendidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Abissalão Rafael Saimone Chadza, Universidade Rovuma - Moçambique

Mestrando em Avaliação Educacional pela Universidade Rovuma-Extensão de Niassa e Licenciado em Ensino de Português com Habilitações em Inglês pela Universidade Pedagógica. Pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Educação e Contextualização no Ensino, na Universidade Rovuma-Extensão de Niassa (NUPECE). Contribuição: autor.

Leonardo Guerra Machesso, Universidade Rovuma - Moçambique

Mestrando em Avaliação Educacional pela UniRovuma-Extensão de Niassa e Licenciado em Administração Pública pela Universidade Católica de Moçambique. Docente da Escola Secundária Geral de Muchenga – Lichinga. Contribuição: autor.

Almeida Meque Gomundanhe, Universidade Rovuma - Moçambique

Doutor em Inovação Educativa pela Universidade Católica de Moçambique-Faculdade de Educação e Comunicação. Docente dos cursos de graduação e pós-graduação na Universidade Rovuma-Extensão de Niassa, Departamento de Educação e Psicologia. Pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Educação e Contextualização no Ensino (NUPECE) e Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Popular e Cotidiano Escolar (GEPECE). Contribuição: autor.

Referências

CAMPOS, Rita Mascarenha. Avaliação do ensino e da aprendizagem: Conceitos, concepções e contextualização histórica. Monografia - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. 2005.

MOÇAMBIQUE, Diploma Ministerial n.º 59/2015, de 24 de Abril. Que aprova o Regulamento Geral de Avaliação do Ensino Primário, Ensino Secundário Geral e Alfabetização e Educação de Adultos. Boletim da República, Maputo, 24 de Abril de 2015.

GOMUNDANHE, Almeida Meque. Avaliação diagnóstica no ensino superior e suas implicações no trabalho docente. Tese (Doutoramento em Inovação Educativa) - Faculdade de Educação e Comunicação da Universidade Católica de Moçambique. 2020, 269f. Nampula, 2020.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar. São Paulo: Cortez Editora. 2002.

MANZINI, Eduardo. A entrevista na pesquisa social. Didática. v. 26/27, p. 149-158, São Paulo, 1991.

MEDEIROS, Elisete Batista da Silva. Avaliação como processo de qualidade na educação. Facesi em Revista. 2009. p. 1-11.

MORAES, Dirce Aparecida Foletto de. Avaliação formativa: re-significando a prova no cotidiano escolar. 2008, 148f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de educação a Universidade Estadual de Londrina. Londrina, 2008.

ROMÃO, José Eustáquio. Avaliação dialógica - desafios e perspectivas. 7a ed. São Paulo: Cortez Editora. 2008.

Downloads

Publicado

2022-11-02

Como Citar

Chadza, A. R. S., Machesso, L. G., & Gomundanhe, A. M. (2022). Prática avaliativa no cotidiano escolar: um olhar sobre algumas escolas da cidade de Lichinga. Revista Educação Em Páginas, 1, e11427. https://doi.org/10.22481/redupa.v1.11427