Práticas de leitura e escrita no processo de alfabetização e letramento na educação infantil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/redupa.v2.11957

Palavras-chave:

alfabetização e letramento, escrita, leitura

Resumo

O presente artigo aborda as possibilidades de trabalho com a leitura e escrita na educação infantil de maneira significativa, no processo de alfabetização e letramento. Assim, na busca de alcançar êxito, os debates giram em torno dos tempos e espaços em que se deve iniciar o ensino da leitura e da escrita. Aliado a isso mudam-se as perspectivas em relação às crianças pequenas, sendo consideradas como seres capazes de construir suas aprendizagens, através das interações com o meio, com seus pares e com os adultos. Nesse interim, considera-se relevante a discussão sobre a formação docente inicial e continuada em prol da práxis pedagógica na educação infantil. Trata-se de uma de uma pesquisa de abordagem qualitativa, baseada em revisão bibliográfica e de caráter documental. Os resultados demonstram que é possível ocorrer a alfabetização e o letramento de forma cidadã a partir da participação significativa, como momentos de leitura, contar e recontar histórias, fazer desenhos, ultrapassando práticas mecanizadas. Além disso, os docentes devidamente formados terão condições de orientar os estudantes no desenvolvimento educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deisy Léia Silveira dos Santos Nogueira, Secretaria de Educação de Guanambi - Brasil

Especialista em Alfabetização e Letramento pela UFBA, em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela UniFG e em Gestão Educacional pela FGV. Graduada em Pedagogia pela UNEB. Professora efetiva do município de Guanambi/BA. Contribuição de autoria: autora.

Erivan Coqueiro Sousa, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - Brasil

Mestre em Educação pela UESB. Tutor virtual no curso de pedagogia da UESB. Professor na Prefeitura de Brumado-BA. Membro do Grupo de Pesquisa Didática, Formação e Trabalho Docente (DIFORT). Contribuição de autoria: autor. 

Referências

AQUINO, Socorro Barros de. O trabalho com consciência fonológica na educação infantil e o processo de apropriação da escrita pelas crianças. ANPED. GT: Alfabetização, Leitura e Escrita, 2007. Disponível em: http://www.anped.org.br/sites/default/files/gt10-4998-int.pdf. Acesso em: 07 jan. 2020.

BARBOSA, José Juvêncio. Alfabetização e Leitura. São Paulo. Cortez. 1994.

BARROS, Aidil de Jesus Paes de; LEHFELD, Neide Aparecida de Souza. Projeto de pesquisa: propostas metodológicas. 21. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CEB nº 20/2009, aprovado em 11 de novembro de 2009 - Revisão das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília, 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=2097-pceb020-09&category_slug=dezembro-2009-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 05 de fev. 2020.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Institui a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf. Acesso em: 28 de jan. 2022.

BRASIL. Lei n.11.114 de 16 de maio de 2005. Altera os arts. 6º, 30, 32 e 87 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, com o objetivo de tornar obrigatório o início do ensino fundamental aos seis anos de idade. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Lei/L11114.htm. Acesso em: 05 jan. de 2023.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. V.3. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Resultados do Saeb 2003. Versão Preliminar. Inep/MEC. Brasília/DF, 2004. Disponível em: http://download.inep.gov.br/download/saeb/2004/resultados/BRASIL.pdf. Acesso em jan. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução n. 1, de 15/5/2006. Institui diretrizes curriculares nacionais para os cursos de graduação em pedagogia. CNE/CP. Brasília, DF, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf. Acesso em 30 de jan. de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC, SEB, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/diretrizescurriculares_2012.pdf. Acesso em: 7 de jan. 2020.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Pacto Nacional na Idade Certa. A oralidade, a leitura e a escrita no ciclo de alfabetização. Caderno 5/Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB,2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Curricular Comum: Educação é a base. Brasília: MEC/SEB, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 15 de jan. de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Relatório Brasil no Pisa 2018. Versão Preliminar. Inep/MEC. Brasília/DF, 2019.Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/centrais-de-conteudo/acervo-linha-editorial/publicacoes-institucionais/avaliacoes-e-exames-da-educacao-basica/relatorio-brasil-no-pisa-2018. Acesso em 20 de jan. de 2020.

GUEDES, Neide Cavalcante; GOMES, Tiago Pereira. Modos de praticar a docência na educação infantil: narrativas dialógicas e reflexivas. Revista Práxis Educacional. Vitória da Conquista/Bahia/Brasil. v. 15, n.33, p.164-185, jul./set. 2019. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/5281. Acesso em: 8 de jan. de 2020.

GUERRA, Leonor Bezerra. O diálogo entre a neurociência e a educação: da euforia aos desafios e possibilidades. Revista Interlocução, 2011. Disponível em: https://www2.icb.ufmg.br/neuroeduca/arquivo/texto_teste.pdf. Acesso em 25 de jan. de 2020.

INAF BRASIL 2018. Resultados preliminares, 2018. Disponível em: https://alfabetismofuncional.org.br/alfabetismo-no-brasil/. Acesso em: 20 de jan. 2020.

Kramer, Sonia. As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no Brasil: educação infantil e/é fundamental. Educ. Soc., Campinas, vol. 27, n. 96 - Especial, p. 797-818, out. 2006. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 15 dez. 2019.

MELLO, Suely Amaral. Letramento (e não alfabetização) na educação infantil e formação do futuro leitor e produtor de texto. Campinas: SP, 2007.

MELO, Keylla Rejane Almeida; Os usos da leitura e da escrita na educação infantil / Orientação: Profa. Dra. Antonia Edna Brito. 2014. 167f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2014.

NUNES, Claudio Omar Iahnke. Leitura na idade média: a ruptura com a oralidade. Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, Rio Grande, v. 21 p.155-165, 2007. Disponível em: https://periodicos.furg.br/biblos/article/view/840/324. Acesso em: 5 de fev. de 2020

OLIVEIRA, Maria Marly de. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis: Vozes, 2007.

OKADA, Alexandra Lilaváti Pereira. Memorial Reflexivo em Cursos On-line: um caminho para avaliação formativa emancipadora. In: VALENTE, Jose Armando.; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini . (org.). Formação de Educadores a Distância e Integrações de Mídias. São Paulo: Avercamp, 2007. Disponível em: http://oro.open.ac.uk/41745/1/c10avercamp2007.pdf. Acesso em 10 de fev. de 2020.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido. (Org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez Editora, 1999. (p. 15-34).

SANTOS, Ana Kátia Alves dos. Alfabetização para Infância – perspectivas contemporâneas. Salvador: EDUFBA, 2010.

SOARES, Magda. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Revista Brasileira de Educação. Jan /Fev /Mar /Abr, n. 25, p. 5 – 17, 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n25/n25a01.pdf. Acesso em: 18 de jan. de 2020.

Downloads

Publicado

2023-01-25

Como Citar

NOGUEIRA, D. L. S. dos S.; SOUSA, E. C. Práticas de leitura e escrita no processo de alfabetização e letramento na educação infantil. Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 2, p. e11957, 2023. DOI: 10.22481/redupa.v2.11957. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/redupa/article/view/11957. Acesso em: 22 maio. 2024.