OS DESAFIOS DO ENSINO REMOTO NA EDUCAÇÃO DO CAMPO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/poliges.v1i1.8263

Palavras-chave:

Educação do campo, Ensino remoto, Políticas públicas

Resumo

O artigo trata de uma discussão sobre os desafios no trabalho docente no ensino remoto em tempos de pandemia e toma como base os dados da pesquisa tipo survey originada do projeto “Os desafios enfrentados pelos docentes na utilização das tecnologias educacionais por meio do ensino remoto emergencial nas atividades escolares nos municípios localizados no estado da Bahia, no contexto da pandemia do Covid-19”. A referida pesquisa foi realizada entre o período de abril e maio de 2020 e contou com a participação de 756 professores de diversos níveis e modalidades dos sistemas públicos e redes privadas de ensino. Esse trabalho foi realizado pelo grupo de Estudos e Pesquisas Movimentos Sociais, Diversidade Cultural e Educação do Campo e da Cidade – GEPEMDECC/UESB. A metodologia do projeto, e sob a qual este texto está orientado, fundamenta-se no materialismo histórico dialético, o qual necessita inferir sobre questões subjacentes às realidades que emergem de um cenário histórico, econômico, político e social que incide implícita ou explicitamente na vida dos sujeitos. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se um questionário disponibilizado via plataforma eletrônica do Google e aplicado com professores. Os resultados apontam para o registro da investida na proposta de ensino remoto, ao mesmo tempo em que desvelam as fragilidades deste projeto na Educação Básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciene Rocha Silva, Colégio Estadual do Campo Lúcia Rocha (SEC/BA)

Mestre em Educação (UESC). Colégio Estadual do Campo Lúcia Rocha – Brasil

Arlete Ramos dos Santos, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Doutora em Educação (UFMG), Pós-doutorado em Educação e Movimentos Sociais pela UNESP; Professora Titular o DCHEL/UESB; Profa. do PPGED/UESB e do PPGE/UESC – Brasil.

Davi Amâncio de Souza, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia & Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista

Mestrando em Educação (UESB) – Psicólogo e servidor público na Prefeitura Municipal de
Vitória da Conquista - PMVC - Brasil.

Referências

BAHIA. Secretaria Estadual de Saúde, Governo do Estado da Bahia . Boletim Informativo sobre o coronavirus-COVID-19. Bahia, nº 69. 2020. Disponível em . Acesso em: 17 jul .2020.

BAHIA. Secretaria Estadual de Saúde, Governo do Estado da Bahia, Boletim Informativo sobre o Coronavírus- COVID-19. Disponível em www.boletimeletronico.ba.gov.br>. Acesso, 17/03/2021.

BELLONI. Maria Luiza. Ensaio sobre a educação a distância no Brasil. Educ. Soc. , Campinas, v. 23, n. 78, p. 117-142, abril de 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302002000200008&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 31 jul. 2020.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. Diário Oficial da União , nº 191-A. Brasília, DF: 05 out. 1988. Senado Federal. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm> Acesso em: 15 ago. 2020.

BRASIL . Decreto Lei de n. 9.057 de 25/05/2017. Regulamenta o Art. 80 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, nº100. Brasília, DF, 26 mai. 2017. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/decreto/d9057.htm> Acesso em: 23 ago. 2020.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União . Brasília, DF: 23 dez. 1996. Ministério da Educação e Cultura. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br >. Acesso em: 20 jul. 2020.

BRASIL. Portarias nº 343 de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Diário Oficial da União, edição 53, seção 1, p.39. Brasília, DF: 18 mar. 2020. Disponível em: . Acesso em 17 de julho de 2020.

BRASIL. Portarias n. 345 de 19 de março de 2020 . Altera a Portaria MEC nº 343, de 17 março de 2020. Diário Oficial da União, n º 54, seção 1, p. 1. Brasília, DF: 2020. Disponível em <http://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-345-de-19-de-marco-de-2020>. Acesso em: 17 jul. 2020.

BRASIL. Portarias 473 de 12 de maio de 2020. Prorroga o prazo previsto no § 1º do art. 1º da Portaria nº 343, de 17 de março de 2020. Diário Oficial da União, nº 90, seção 1, p. 55. Brasília, DF: 13/05/2020. Disponível em: . Acesso em 17 jul. 2020.

BRASIL. Portarias 544 de 16/06/2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo Coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC nº 343, de 17 de março de 2020, nº 345, de 19 de março de 2020, e nº 473, de 12 de maio de 2020. Diário Oficial da União, nº 144, seção 1, p. 62. Brasília, DF: 17/06/2020. Disponível em: www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-544-de-17-de-junho-de-2020. Acesso em 17 jul. 2020.

BRASIL. Lei MEC/CNE nº 14.040. Estabelece normas educacionais excepcionais a serem adotadas durante o estado de calamidade pública, reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020; altera a lei de nº 11497, de 16 de Junho de 2009.

CALDART , Roseli Salete. Pedagogia do Movimento Sem Terra: Escola é mais do que escola. 2ª ed. editora Vozes, Petrópolis/RJ, 2002.

CASATTI. Denise. Um guia para sobreviver a pandemia no ensino remoto. Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) Universidade de São Paulo . São Carlos, SP, 2020. Disponível em: Acesso em 27 jul., 2020.

COSTA. Lígia. As aulas remotas continuarão em 2021? Entenda a Resolução do Conselho Nacional de Educação . Diário do Nordeste, escrito em 19/10/2020. Disponível em:< https:// www.diariodonordeste.verdesmares.com.br>, Acesso em 18 de mar de 2021.

CUNHA. Célio da. SOUSA, José Vieira. SILVA, Maria Abádia. (orgs), O Método Dialético na Pesquisa em Educação. Campinas, SP: Autores associados, 2014. Coleção Políticas Públicas de Educação.

DICIO. Dicionário Online de Português. Verbete “Epidemia”. Dicio – Dicionário online de Português. 2020. Disponível em: <https://www.dicio.com.br/pandemia/.>. Acesso em 27 ago. 2020.

DICIO. Dicionário Online de Português. Verbete “Pandemia” Dicio – Dicionário online de Português. 2020. Disponível em: <https://www.dicio.com.br/pandemia/.>. Acesso em 27 ago. 2020.

DOURADO. Luiz Fernandes (Org.) Plano Nacional de Educação (2011-2020) : avaliação e perspectivas. 2º ed. Goiânia: Editora da UFG. Brasília: Autêntica Editora, 2007.

FIOCRUZ. Fundação Oswaldo Cruz. Ministério da Saúde. Instituto Tecnológico de Imonobiológicos – BIOMANGUINHOS. Disponível em internet. Acesso em 17/032021.

GAUTHIER. Lucien. O vírus, a Pandemia e o Capitalismo – Notas editoriais da revista A Verdade 105 . O Trabalho . [S.l], 2020. Disponível em: <http://otrabalho.org.br.>. Acesso em 12 jul. 2020.

GRUBER. Artur, Covid-19: o que se sabe sobre a origem da doença. Jornal da USP. São Paulo, 14/04/2020. Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2020.

HERMIDA. Jorge Fernando; BONFIM, Cláudio Ramos de Souza Bonfim. Educação à Distância: História, Concepções e Perspectivas . Revista HISTEDBR online , Campinas SP, n. especial, p. 166-181, ago. 2006. Disponível em: <http://www.histedbr.fe.unicamp.br >. Acesso 27 ago. 2020.

IBGE. Censo Escolar 2018. Brasil/Bahia/cidades. Instituto Brasileiro de Geografia Estatística . Brasília, DF, 2019. Disponível em:

<https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ba/pesquisa/13/78117.>. Acesso em 31 jul. 2020.

INEP. Censo do Professor. Instituto Nacional de Educação e Pesquisa .Brasília, DF,2007. Disponível em https://www.portaldomec.gov.br>. Acesso em 25 jul. 2020.

MARQUES. Ronualdo. A ressignificação da educação e o processo de ensino e aprendizagem no contexto de pandemia da COVID-19. Boletim da Conjuntura – BOCA , Boa Vista, vol. 03, nº 07, Ano II, p. 31-46, jul. 2020. Disponível em http://www.revista.ufrr.br/boca Acesso em 23 jun. 2020.

MÉSZÁROS, Istvan, O Poder da Ideologia. Tradução: Paulo Cesar Castanheira. São Paulo, SP: Boitempo Editorial, 2004.

MÉSZÁROS, Istvan A educação para além do Capital. São Paulo: Boitempo Editorial, 2008.

MÉSZÁROS, Istvan. Para Além do Capital : rumo a uma teoria de transição. Tradução Paulo César Castanheira, Sérgio Lessa. 1ª ed. São Paulo: Led revista, Boitempo, 2011.

SANTOS, Eliane Nascimento dos. A política de Laboratórios de Informática em Escolas do Campo do ensino fundamental: estudo do ProInfo no Município de Vitória da conquista/BA. 2019. 260 p. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-Graduação em Ensino – PPGEN/UESB) – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, 2019.

SANTOS, Eliane Nascimento dos; GARCIA Fátima M.; SANTOS, Vanessa C. Tecnologia Educacional em Escolas do Campo: como este Direito se materializa. In: Congresso Interinstitucional Brasileiro de Educação Popular e do Campo – CIBEPOC, 2017, Catalão, Goiás. Anais ... Eixo 4 - História e Memória das escolas populares e rurais. Goiás: Universidade Federal de Goiás (UFG), 2017, p. 653-667, Disponível em: . Acesso em 27 ago. 2020.

SANTOS, Arlete Ramos dos.; NUNES, Cláudio Pinto. Reflexões sobre políticas educacionais para campo brasileiro . Editora Edufba : Salvador-Ba. 2020.

SANTOS, Igor Tairone Ramos dos. Avaliações que educam : um estudo sobre avaliação formativa mediada por tecnologias digitais no Instituto Federal da Bahia. 2020. 139 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, 2020b.

SANTOS, Valéria Prazeres dos.; SANTOS, Arlete Ramos dos. Relação entre a distorção idade-série nas escolas do campo e as políticas de avaliação. Revista De Estudos Em Educação E Diversidade - REED , 1 (2), 166-184. 2020. https://doi.org/10.22481/reed.v1i2.7687

SANTOS, Arlete R. dos. Internacionalização da pesquisa e produção do conhecimento sobre educação do campo da área da educação na região Nordeste (2013-2020). Práxis Educacional , 16 (43), 196-228. 2020a. https://doi.org/10.22481/rpe.v16i43.7689

SOUSA. Jesus Maria; FINO, Carlos Nogueira. As TIC abrindo caminhos para novos paradigmas educacionais. Educação e Cultura Contemporânea , Rio de Janeiro, v. 5, nº 10, p. 11-16, primeiro semestre de 2008, Disponível <https://www.google.com/SOUSA.Jesus+Maria.>. Acesso em 23 jul. 2020.

SANTOS, A. R. dos, SOARES, J. de S., & SOUZA, E. Q. de Educação do Campo como categoria temática em revistas (2015-2020). Revista Exitus , 10 (1). 2020. https://doi.org/10.24065/2237-9460.2020v10n1ID1459

SOUZA. Marciana Freitas de. A extinção da SECADI e o campo da Educação na Conjuntura atual . Justificando , [S.l], 17 jan. 2019. Disponível em: <http://www.justificando.com.>. Acesso em 18 jul. 2020.

UJVARI, Stefan Cunha. A história e suas epidemias : A convivência do homem com os microrganismos. Rio de Janeiro/RJ: Senac Rio. São Paulo/SP: Senac São Paulo, 2003. 311p.

UNESCO. Relatório de ciências da Unesco Rumo a 2030: visão Geral e cenário brasileiro. União das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura . Brasil: Edições Unesco, 2015. Disponível em: . Acesso em 25 jul. 2020.

UOL, Coronavírus. Universo Online Disponível em<https://www.uol.com.br/saude. Acesso em 17 jul. de 2020.

VERONESI, Ricardo et al. Doenças infecciosas e parasitárias . 8ª ed. Editora Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1992.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

SILVA, L. R.; DOS SANTOS, A. R.; DE SOUZA, D. A. OS DESAFIOS DO ENSINO REMOTO NA EDUCAÇÃO DO CAMPO. Revista de Políticas Públicas e Gestão Educacional (POLIGES), [S. l.], v. 1, n. 1, p. 40-65, 2020. DOI: 10.22481/poliges.v1i1.8263. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/poliges/article/view/8263. Acesso em: 17 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos