Integração das tecnologias da informação e comunicação na formação docente em Portugal (2005-2010)

Autores

  • Maria Neide Sobral
  • Natália Ramos

Resumo

Esse estudo teve como objetivo analisar, a partir das narrativas orais, os discursos de professores pesquisadores vinculados à Universidade Aberta de Portugal e à Universidade de Aveiro sobre a integração das Tecnologiasda Informação e Comunicação à Educação no período de 2005 a 2010. O recorte temporal se deu em razão das mudanças provocadas pelo Processo de Bolonha no ensino superior, notadamente na formação docente inicial e continuada nas modalidades de ensino a distância e presencial – o e-learning e o b-learning. A motivação desse trabalho foi a de entender, no jogo de enunciações desses discursos, possíveis interconexões de imposição, trocas, negociações e consenso sobre o fazer/pensar pedagógico com a integração das Tecnologias da Comunicação e Informação (TIC) à educação. Com a compreensão do conceito de discurso de Michel Foucault, considerado como prática que efetivamenteforma o objeto de que fala, analisou-se os enunciados em narrativas orais de professores pesquisadores das instituições referidas, destacando elementos significativos do discurso pedagógico em Portugal e da emergência de uma possível pedagogia online de natureza intercultural.Palavras-chave: Pedagogia online. Tecnologias da informação e comunicação. Educação a distância. Processo de Bolonha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

SOBRAL, M. N.; RAMOS, N. Integração das tecnologias da informação e comunicação na formação docente em Portugal (2005-2010). Práxis Educacional, [S. l.], v. 9, n. 14, p. 103-123, 2013. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/732. Acesso em: 17 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê temático