Estágio supervisionado em Matemática: mapeamento e reflexões da formação docente em tempos de pandemia da covid-19

Autores

  • Laís Alves Silva Universidade do Estado do Rio de Janeiro https://orcid.org/0000-0001-9692-9989
  • Kellen Cristina Souza Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Alessandra Bueno De Grandi Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.22481/riduesb.v7i1.10703

Palavras-chave:

Ensino Remoto, Estágio Docente, Tecnologias Digitais, Licenciatura em Matemática

Resumo

Com a suspenção das aulas e atividades presenciais, devido à pandemia de covid-19, formas alternativas de estágio nos cursos de licenciatura têm possibilitado o desenvolvimento do saber por meio de metodologias que vão além do ambiente escolar formal. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi realizar uma análise das experiências vivenciadas por discentes de licenciatura em estágios supervisionados no ensino de Matemática no Brasil durante a pandemia da covid-19. Como metodologia, foi realizada uma pesquisa bibliográfica das publicações de artigos científicos e/ou trabalhos completos publicados em eventos científicos, em 2021, sobre estágio supervisionados na pandemia. A pesquisa foi realizada por meio de buscas no repositório da base de dados Google Acadêmico, utilizando os seguintes descritores: “estágio”, “ensino remoto” e “licenciatura em matemática”. Foram selecionados 9 artigos. A seleção dos artigos ocorreu com base na análise prévia do título e resumo, seguido de uma análise detalhada do trabalho completo. Com base nos relatos, notou-se que os estagiários de Licenciatura em Matemática puderam, durante o Ensino Remoto Emergencial, vivenciar a experiência e os desafios da prática docente e que o uso de diferentes Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação foi crucial para a realização das atividades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laís Alves Silva, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Geociências na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Graduada em Ciências Biológicas e Mestra em Genética, Biodiversidade e Conservação, pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Kellen Cristina Souza, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Especialista em Gestão da Inovação no Setor Público, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Alessandra Bueno De Grandi, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professora assistente da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Graduada em Ciências Sociais (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mestre em Sociologia Política pela mesma instituição. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: metodologia da pesquisa, mídias e novas tecnologias.

Referências

ASSENCIO, J. G. S.; SILVA, A. C. da. Estágio docência: uma experiência inovadora com futuros professores de matemática. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 10, p. 98286-98307. 2021. Disponível em: https://brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/download/37989/pdf. Acesso em: 18 out. 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CP 21/2001 de 8 de maio de 2001. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2 dez. 2001. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/028.pdf. Acesso em: 04 out. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP 5/2020 de 28 de abril de 2020. Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da covid-19. Brasília, DF. 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=145011-pcp005-20&category_slug=marco-2020-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 04 out. 2021.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação. Tradução Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

CATANANTE, F.; CAMPO, R. C.; LOIOLA, I. Aulas on-line durante a pandemia: condições de acesso asseguram a participação do aluno? Revista científica educ@ção. Dossiê: Educação em tempos de covid-19. v.4, n.8, p: 977-988. 2020. Disponível em: https://periodicosrefoc.com.br/jornal/index.php/RCE/article/view/122. Acesso em: 21 out. 2021.

CORDEIRO-NETO, F. A. O ensino de geografia na escola. Fundamental e Médio. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) –Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Humanidades, Guarabira, 2014.

CORREIA, V. C. P.; ROCHA, E. A.; SUZART, L. A.; MAGALHÃES, F. P.; LEAL, D. C.; GONÇALVES, L. G.; SANTOS, N. B.; SILVA, A. J. N. Formação docente e o Estágio Curricular Supervisionado: desafios e possibilidades em tempos de pandemia. Conjecturas, v. 21, n. 3, p. 280–304. 2021. Disponível em: https://conjecturas.org/index.php/edicoes/article/view/125. Acesso em: 21 out. 2021.

CORTE, A. C. D.; LEMKE, C. K. O Estágio Supervisionado e sua importância para a formação docente frente aos novos desafios de ensinar. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 2015, Paraná. Anais do EDUCERE-XII Congresso Nacional de Educação, 2015, p. 31002-31010.

CORTELAZZO, I. B. C. Redes de Comunicação e Educação: Mudanças no Paradigma. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, pp. 1-9, 2003. Disponível em: http://www.abed.org.br/revistacientifica/Revista_PDF_Doc/2003_Redes_Comunicacao_Educacao_Iolanda_Cortelazzo.pdf. Acesso em: 16 out. 2021.

COQUEIRO, N. P. S.; SOUSA, E. C. A educação a distância (EAD) e o ensino remoto emergencial (ERE) em tempos de Pandemia da covid 19 Distance education (Ed) and emergency remote education (ERE) in times of Pandemic covid 19. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 7, p. 66061-66075, 2021.

CYRINO, M.C.C.T.; PASSERINI, G.A. Reflexões sobre o estágio supervisionado do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Londrina. In: CAINELLI, M.; FIORELI, I. (Org.). O estágio na licenciatura: a formação de professores e a experiência interdisciplinar na Universidade Estadual de Londrina. 1ed. Londrina: UEL/Prodocencia/Midiograf, 2009, p. 125-144.

DIAS, A. C.; RANIERI, D. L. O ENSINO REMOTO: e as principais dificuldades encontradas nessa modalidade de ensino. Anais Educação em Foco: IFSULDEMINAS, v.1, n.1., p. 1-3, 2021. Disponível em: https://educacaoemfoco.ifsuldeminas.edu.br/index.php/anais/article/download/36/4. Acesso em: 21 out. 2021.

FARIA, R. W. S. C.; PASSOS, C. M.; ROSSINOL, A. M.; BATISTA, L. G. Estágio curricular supervisionado de Matemática no contexto da pandemia da covid-19. Pesquisa e Ensino, v.2, p. 1-27. 2021.

GALVÃO, M. C. B. O levantamento bibliográfico e a pesquisa científica. Fundamentos de epidemiologia. 2ed. A, v. 398, p. 1-377, 2010.

MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. Rio de Janeiro: Atlas, 2017.

MAXIMO, M. A utilização das tecnologias na formação inicial de professores de matemática. Espacios, v. 39, n. 46, p. 1-12, 2018. Disponível em: https://www.revistaespacios.com/a18v39n46/a18v39n46p14.pdf. Acesso em: 26 out. 2021.

MILANESI, I. Estágio supervisionado: concepções e práticas em ambientes escolares. Educar em revista, n. 46, p. 209-227, 2012.

NÓBREGA-THERRIEN, S. M; FARIAS, I. M. S; SALES, J. A. M. Abordagens quantitativas e qualitativas na pesquisa em educação: velhas e novas mediações e compreensões. In: FARIAS, I. M. S; NUNES, J. B. C; NÓBREGA-THERRIEN, S. M. (Orgs.). Pesquisa científica para iniciantes: caminhando no labirinto. Fortaleza, v. I, 2010, p. 53-66.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa? Petrópolis: vozes, 2007.

OLIVEIRA, R. R. A.; CARNEIRO, R. F. Estágio supervisionado e ensino remoto: experiências de formação de professores em tempos de pandemia na UFJF. Revista de Estudos em Educação e Diversidade. v. 2, n. 4, p. 1-22, abr./jun. 2021. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/reed/article/view/8532. Acesso em: 17 out. 2021.

PASSERINI, G. A. O estágio supervisionado na formação inicial de professores de matemática na ótica de estudantes do curso de licenciatura em matemática da UEL. 2007. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) –Universidade Estadual de Londrina. Londrina, 2007.

PEDRO, E. V.; MOTA, M. L. V.; MENDES, M. C. F.; MOURA, A. A. de. Estágio supervisionado do curso de Matemática a Distância e o Ensino Remoto: Um relato de experiência. In: GONÇALVES, M. C. S.; JESUS, B. G. (Org.). Educação contemporânea Matemática. Belo Horizonte: Poisson, 2021. p. 38-47. Disponível em: https://poisson.com.br/livros/Educa_Contemporanea/volume16/Educacao_Contemporanea_vol16.pdf. Acesso em: 21 out. 2021.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e docência: diferentes concepções. Revista Poíesis, v. 3, n. 3 e 4, pp.5-24. 2006. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/10542/7012. Acesso em: 17 out. 2021.

POERSCH, K. G.; FUCHS, M. J.; PADOIN, E. O estágio de docência em matemática em tempos de pandemia: relatos e reflexões. Encontro Gaúcho de Educação Matemática, 2021. Disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/egem2021/files/2021/07/062.pdf. Acesso em: 22 out. 2021.

SANTOS-JÚNIOR, S. R. Alves dos; ALMEIDA-JÚNIOR, R. A. C.; SILVA, S. M.; OLIVEIRA, R. S.; Andrade, J. N. O engajamento discente durante a pandemia por covid-19 frente ao ensino remoto e ao uso do GoogleClassroom. Research, Society and Development, v.10, n.11, p. 1-8, 2021. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/download/19451/17340/237914. Acesso em: 18 out. 2021.

SBEM. Sociedade Brasileira de Educação Matemática. Subsídios para a discussão de propostas para os cursos de Licenciatura em Matemática: uma contribuição da Sociedade Brasileira de Educação Matemática. Brasília, DF, 2003.

SILVA, H. I.; GASPAR, M. Estágio supervisionado: a relação teoria e prática reflexiva na formação de professores do curso de Licenciatura em Pedagogia. Revista brasileira de estudos pedagógicos, v. 99, p. 205-221, 2018.

SILVA, L. C.; SILVA, B.; SILVA, C.; RIBEIRO, N. S. A residência pedagógica e a formação de professores de matemática no contexto do ensino remoto. Anais Educação em Foco: IFSULDEMINAS, v.1, n.1, p. 1-3, 2021. Disponível em: https://educacaoemfoco.ifsuldeminas.edu.br/index.php/anais/article/view/48. Acesso em: 18 out. 2021.

SOUZA, B. S.; SILVA, R. S. Um relato reflexivo sobre engajamento estudantil e os desafios da prática durante o ensino remoto em 2020. In: LEIVAS, J. C. P.; BASSO, M. V. A.; SILVA, R. S.; SAMÁ, S. (Org.). Pandemia e Educação Matemática: relatos e reflexões sobre práticas nas aulas de Matemática durante o Ensino Remoto [edição eletrônica] Porto Alegre: Mundo Acadêmico, 2021, p. 32-48. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/223266/001127974.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 20 out. 2021.

SOUZA, E. M. F.; FERREIRA, G. F. Ensino remoto emergencial e o estágio supervisionado nos cursos de licenciatura no cenário da pandemia covid-19. Revista Tempos e Espaços em Educação. v.13, n. 32, p. 1-20, 2020. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/revtee/article/view/14290. Acesso em: 21 out. 2021.

SOUZA, L. S.; SANTOS, R. M. B. Vivências do estágio supervisionado remoto em matemática. Ensino em perspectivas. v. 3, n. 3, p 1-11. 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6235. Acesso em: 21 out. 2021.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2014.

VILELA, R. B.; RIBEIRO, A.; BATISTA, N. A. Nuvem de palavras como ferramenta de análise de conteúdo: Uma aplicação aos desafios do mestrado profissional em ensino na saúde. Millenium, v. 2, n.11, p. 29-36, 2020.

Downloads

Publicado

2022-07-10

Como Citar

Silva, L. A., Souza, K. C., & De Grandi, A. B. (2022). Estágio supervisionado em Matemática: mapeamento e reflexões da formação docente em tempos de pandemia da covid-19. Revista De Iniciação à Docência, 7(1), 153-169. https://doi.org/10.22481/riduesb.v7i1.10703