Incertezas a ludibriar a precisão do pensar: a materialidade ofuscante do dourado e a sobriedade da burguesia (Des incertitudes à illusioner la précision du penser: la matérialité offusquante du dorée et la sobriété de la...)

Autores

  • Cristina Teixeira Vieira de Melo Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/Brasil) http://orcid.org/0000-0002-3527-5501
  • Camila Targino e Souza Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.22481/el.v7i1.1085

Palavras-chave:

Materialidade fotossensível, Epistemologia, Prática discursiva, Formação imaginária

Resumo

Através do referencial teórico da análise de discurso francesa, discorremos sobre os embates discursivos que se instauram numa imagem pertencente à coleção Francisco Rodrigues de fotografia, do acervo da Fundação Joaquim Nabuco. A leitura que efetuamos integra à análise da representação imagética a materialidade mesma do artefato. Mostramos as contradições entre estes dois elementos que formam esta peça única. A pose, as vestimentas e os acessórios do homem fotografado apontam para uma formação imaginária em que esse negro mostra-se na posição discursiva do burguês ansioso pela razão iluminista, mas os provocativos jogos de ilusão do barroco, presentes na materialidade do artefato, bem como o discurso contra-iluminista da técnica empregada, o ambrótipo, funcionam como pontos de deriva dos sentidos instaurados pelas posições imaginárias.
PALAVRAS-CHAVE: Materialidade fotossensível. Epistemologia. Prática discursiva. Formação imaginária.

RÉSUME
Par le moyen du référentiel théorique de l’analyse du discours française, nous discourons sur les heurts discursifs qui s’instaurent dans cette image appartenant à la collection Francisco Rodrigues de photographie, de la Fondation Joaquim Nabuco. La lecture que nous effectuons intègre l’analyse de la représentation qui se exprime à travers des images à la matérialité même du dispositif. Nous montrons les contradictions entre ceux deux éléments qui forment cette pièce unique. La pose, les vêtements et les accessoires de l’homme photographié indiquent une formation imaginaire où cet homme noir se montre dans la position discursive du bourgeois soucieux de la raison illuministe, mais les provocateurs jeux d’illusion du baroque, présents dans la matérialité du dispositif, ainsi que le discours anti-illuministe de la technique employé, l’ambrótipo, fonctionnent en points de dérive des sens instaurés par les positions imaginaires.
MOTS-CLÉS: Matérialité photosensible. Épistémologie. Patique discursive. Formation imaginaire

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina Teixeira Vieira de Melo, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/Brasil)

Cristina Teixeira Vieira de Melo é doutora em Lingüística pela UNICAMP (1999). Professora Adjunto do Departamento. de Comunicação Social e da Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Desenvolve pesquisa nas áreas de Análise do Discurso, Documentário, Ensino à Distância e Formação de Professores. Atualmente é colaboradora do Ministério da Educação nos projetos Universidade Aberta do Brasil (SESU) e Mídias na Educação (SEED). É pesquisadora do Grupo de Pesquisa Comunicação e Discurso – UFPE. Temas de pesquisa: linguagens audiovisuais, mídia e discurso; mídia e divulgação científica; gêneros textuais.

Camila Targino e Souza, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/Brasil)

Camila Targino e Souza é doutoranda no Programa de Pós-graduação em Comunicação, da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Temas de pesquisa: linguagens audiovisuais, mídia e discurso.

Referências

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e aparelhos ideológicos de estado. Lisboa: Editorial Presença/Martins Fontes. 1980.
DUBOIS, P. O ato fotográfico e outros ensaios. Campinas: Editora Papirus. 1998.
FREYRE, G. Sobrados e Mucambos. São Paulo: Editora Global, 2003.
FOUCAULT, M. As Palavras e as Coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2002.
FOUCAULT, M. A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Editora Forense Universitária, 2007.
HUMPHREY, S. D. American Hand Book of the Daguerreotype. New York: Clerk’s Office, 1858.
Lago, B. C. Augusto Stahl. Rio de Janeiro: Editora Capivara. 2001.
LEYSHON, E. W. Photographs from the 19th Century: a Process Identification Guide. Sharlot hall museum archives, 1984.
PÊCHEUX, M; FUCHS, C. A propósito da análise automática do discurso: atualização e perspectivas. In: T. HAK e F. GADET, Por uma Análise Automática do Discurso, Uma Introdução à Obra de Michel Pêcheux. São Paulo: Editora da Unicamp, 1993.
SCHISLER, L. W. M. Revelação em Preto-e-branco: a Imagem com Qualidade. São Paulo: Martins Fonte, 1995.
SOUZA, M. G. O Espírito das Roupas: a Moda no Século XIX. São Paulo: Editora Companhia das Letras, 2005.
TOWLER, J. The Silver Sunbeam. New York: Electronic edition prepared from facsimile edition of Morgan and Morgan, Hastings-on-Hudson, 1974.

Downloads

Publicado

2009-06-30

Como Citar

MELO, C. T. V. de; SOUZA, C. T. e. Incertezas a ludibriar a precisão do pensar: a materialidade ofuscante do dourado e a sobriedade da burguesia (Des incertitudes à illusioner la précision du penser: la matérialité offusquante du dorée et la sobriété de la...). Estudos da Língua(gem), [S. l.], v. 7, n. 1, p. 153-169, 2009. DOI: 10.22481/el.v7i1.1085. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1085. Acesso em: 28 nov. 2021.