Democracia e reformas: uma análise comparativa entre o discurso de João Goulart na Central do Brasil e o pensamento de Alexis de Tocqueville e John Stuart Mill

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/politeia.v19i2.7458

Palavras-chave:

Alexis de Tocqueville. Democracia. João Goulart. John Stuart Mill.

Resumo

As reformas de base encampadas pelo presidente João Goulart (1919-1976) foram alvo de uma intensa disputa de sentidos e significados em um período de acirrada polarização política. Em plena Guerra Fria, essa luta pela imposição de narrativas teve como elemento fulcral o conceito de democracia. Opositores do então presidente denunciavam tais reformas como um atentado à ordem democrática – ou uma tentativa de impor o Socialismo –, enquanto Jango advogava que seu teor sinalizava para o aprofundamento da democracia no Brasil. Como exercício, este artigo propõe uma análise comparativa entre o aclamado discurso de João Goulart na Central do Brasil e o pensamento dos autores clássicos da democracia liberal, Alexis de Tocqueville e John Stuart Mill, para identificar aproximações e distanciamentos entre o pensamento político desses autores e o discurso do presidente que seria derrubado pelo golpe de 1964. Em específico, daremos ênfase à discussão entre esses autores sobre os temas das reformas agrária e eleitoral presentes no discurso de Jango.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pablo Pimentel, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Pesquisador associado do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Política e Tecnologia da Universidade Federal do Paraná (PONTE-UFPR). pablo.pimentel@ymail.com

Downloads

Publicado

2021-01-19

Como Citar

Pimentel, P. (2021). Democracia e reformas: uma análise comparativa entre o discurso de João Goulart na Central do Brasil e o pensamento de Alexis de Tocqueville e John Stuart Mill. Politeia: História E Sociedade, 19(2), 263-273. https://doi.org/10.22481/politeia.v19i2.7458