Infraestrutura logística e comércio internacional: uma análise a partir do Modelo de Gravidade

  • Leonardo Dias Fernandes Simões Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus GV (UFJF/ GV)
  • Carolina Rodrigues Corrêa Ferreira Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus GV (UFJF/ GV)
  • Hilton Manoel Dias Ribeiro Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus GV (UFJF/ GV)

Resumo

A infraestrutura de transportes impacta diretamente nos custos de comércio e, consequentemente, na
competitividade dos países. Assim, o presente trabalho tem como objetivo identificar o impacto que fatores
infraestruturais e, principalmente, de transportes geram sobre a exportação dos países, utilizando dados do ano
de 2015 e uma amostra de 138 países. Para tanto, lança-se mão do modelo de gravidade. Os principais resultados
confirmam que as variáveis representativas da infraestrutura logística (rodoviária, ferroviária e aeroportuária)
afetam positivamente as exportações, salientando-se, assim, a importância dos países, principalmente os
emergentes, investirem na melhoria dos diversos modais de transporte para ampliar sua inserção no mercado
internacional.

Publicado
2019-07-16
Como Citar
SIMÕES, Leonardo Dias Fernandes; FERREIRA, Carolina Rodrigues Corrêa; RIBEIRO, Hilton Manoel Dias. Infraestrutura logística e comércio internacional: uma análise a partir do Modelo de Gravidade. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, [S.l.], p. 18, jul. 2019. ISSN 2358-1212. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/ccsa/article/view/5369>. Acesso em: 05 dez. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/ccsa.v16i27.5369.
Seção
Artigos