ANÁLISE ESPACIAL DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES NOS ANOS DE 2012 E 2013

  • Isabelle Frota Ribeiro Queiroz
  • Maria do Socorro Carneiro
  • Marcos Aguiar Ribeiro
  • Sandra Maria Carneiro Flôr
  • Manoelise Linhares Ferreira Gomes
  • Eliany Nazaré Oliveira

Resumo

A violência contra a mulher configura-se como problema de saúde pública em virtude dos elevados índices de morbidade e mortalidade. Dessa forma, a utilização de ferramentas computacionais são úteis para ampliar e potencializar a análise do espaço socioterritorial parapossíveis áreas derisco deviolênciacontraa mulher. Este estudo objetivou analisar a distribuição geográfica da violência contra as mulheres notificadas em Sobral, Ceará, nos anos de 2012 e 2013. Trata-se de um estudo epidemiológico, descritivo, de referência transversal. Os dados são secundários, originados dos registros do SINAN - NET, após a intervenção PET-Saúde para notificação dos casos de violênciaregistradospelaDelegaciadaMulher de Sobral. A partir deste estudo, verificou-se um aumento das notificações após a intervenção realizada pelo PET. Além disso, percebeu-se a prevalência de mulheres jovens- adultas, com escolaridade ignorada, casadas ou separadas. As violências psicológicas e físicas foram mais frequentes e os bairros com ocorrência foram os com menores condições socioeconômicas, excetuando- se o centro. O Geoprocessamento é uma ferramenta importante para analisar a situação territorial e subsidiar elaboração de planos e políticas públicas para o enfrentamento desseproblemaesuaprevenção.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-20
Como Citar
FROTA RIBEIRO QUEIROZ, Isabelle et al. ANÁLISE ESPACIAL DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES NOS ANOS DE 2012 E 2013. Saúde.com, [S.l.], v. 14, n. 4, dez. 2018. ISSN 1809-0761. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/4557>. Acesso em: 22 jan. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/rsc.v14i4.4557.
Seção
Artigos originais