A Noção de Sujeito em Pêcheux: uma Reflexão acerca do Movimento de Desidentificação (La Notion du Sujet en Pêcheux: une Reflexión sur Le Mouvement de Desidentification)

Autores

  • Evandra Grigoletto Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos/Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.22481/el.v1i1.978

Palavras-chave:

Sujeito, Desidentificação, Sentido, Ruptura, Ideologia

Resumo

A proposta deste ensaio está centrada na reflexão acerca da noção de sujeito na obra de Pêcheux. Dentre as formulações de Pêcheux acerca desta noção, este trabalho enfoca o movimento de desidentificação entre o que ele chamou de sujeito universal e sujeito da enunciação. Procuro, portanto, apontar, com base na leitura de Les Vérités de la Palice, possibilidades de pensar a ruptura da forma-sujeito nesse movimento.
PALAVRAS-CHAVE: Sujeito. Desidentificação. Sentido. Ruptura. Ideologia.

RÉSUMÉ
La proposition dans cet essais est centrée dans la réflexion sur la notion de sujet dans l’oeuvre de Pêcheux. Parmi les formulations de Pêcheux sur cette notion, ce travail caractérise le mouvement de desidentification entre le sujet universel et le sujet de la énonciation. Je recherche, donc, pointer, à partir de la lecture de Les Vérités de la Palice, possibilités pour penser la rupture de la forme-sujet dans ce mouvement.
MOTS-CLÉS: Sujet. Desidentification. Sens. Idéologie.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evandra Grigoletto, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos/Brasil)

Evandra Grigoletto é doutora em Teorias do Texto e do Discurso pela Ufrgs e professora na Unisinos. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa em Análise do Discurso (Cnpq/Furg). Autora de vários artigos publicados em revistas, entre os quais A imagem do padre comum e o fenômeno Marcelo Rossi: um jogo discursivo; A mídia a serviço da religião: o entrelaçamento de vozes no discurso da Renovação Carismática Católica; Da homogeneidade à heterogeneidade discursiva: reflexões sobre o funcionamento do discurso-outro; As Relações de Poder da Mídia e a Constituição da Identidade do Sujeito-Jornalista no Discurso de Divulgação Científica; As interfaces entre ciência e religião: um olhar discursivo; A presença/ausência do autor no discurso da ciência da computação e a construção de sua identidade. Autora do livro Sob o Rótulo do novo, a presença do velho: análise do funcionamento da repetição e das relações divino/temporal no discurso da Renovação Carismática Católica.

Referências

COURTINE, J.-J. Quelques problèmes théoriques et méthodologiques en analyse de discours: à propos du discours communiste adressé aux chrétiens. Langages, Paris: Larrouse, n. 62, p. 9-127, 1981.
HERBERT, T. (M. PÊCHEUX). Observações para uma Teoria Geral das Ideologias. Tradução de Carolina Rodríguez-Alcalá. Rua, n. 1. Campinas: Nudecri; Unicamp, 1994. p. 63-89. Edição Original: 1967.
PÊCHEUX, M. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni Pulcinelli Orlandi et al. Campinas: Editora da Unicamp, 1995. 317 p. Edição original: 1975.
PÊCHEUX, M. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução de Eni Orlandi. Campinas: Pontes, 1997. 68 p. Tradução original, 1983.
PÊCHEUX, M. Só há causa daquilo que falha ou o inverno político francês: início de uma retificação. In: ______. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni P. Orlandi et al. Campinas: Editora da Unicamp, 1995, Anexo III, p. 293-307. Edição original: 1978.
ZANDWAIS, A. A forma-sujeito do discurso e suas modalidades de subjetivação: um contraponto entre saberes e práticas. In: SEMINÁRIO DO DISCURSO, 1., 2003, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre, 2003. p. 9-18.

Downloads

Publicado

2005-06-01

Como Citar

GRIGOLETTO, E. A Noção de Sujeito em Pêcheux: uma Reflexão acerca do Movimento de Desidentificação (La Notion du Sujet en Pêcheux: une Reflexión sur Le Mouvement de Desidentification). Estudos da Língua(gem), [S. l.], v. 1, n. 1, p. 61-67, 2005. DOI: 10.22481/el.v1i1.978. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/978. Acesso em: 1 mar. 2024.