Grupo terapêutico intermediado pela arte no SUS: experiência da Psicologia na Atenção Básica

Autores

  • Kátia Rodrigues da Silva Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC https://orcid.org/0000-0001-5396-0329
  • Daniel Dall'Igna Ecker Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC
  • Adriana Satie Funaki Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC
  • Aline Aparecida Lima Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC

DOI:

https://doi.org/10.22481/rsc.v18i2.10119

Palavras-chave:

Promoção da saúde, Psicoterapia, Arte, Terapia pela Arte, Saúde mental, Atenção à saúde

Resumo

Este Relato de Experiência objetiva descrever um grupo terapêutico de adultos, intermediado pela arte, realizado pela Psicologia do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica, em um Centro de Saúde do município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. O público alvo do grupo foram pacientes maiores de 18 anos, avaliados pela Equipe de Saúde da Família de sua referência, que estivessem cadastrados na lista de espera da Psicologia com avaliação de gravidade moderada/média. Os encontros ocorreram na plataforma GoogleMeet e WhatsApp, com duração de 9 semanas, um encontro semanal de até 2 horas. Através do relato, articulando a autores(as) que discutem sobre o tema, compartilha-se na escrita as atividades propostas, caracterização e sequência das técnicas, assim como resultados e reflexões produzidas no grupo. Constatou-se que o dispositivo da arte permitiu as(os) participantes renovarem seus olhares frente ao cotidiano e ao seu sofrimento psíquico, reconhecer a si como autoras(es) de formas de ser, habitar, sentir e perceber o mundo. O grupo terapêutico, intermediado pela arte, apresenta-se como propulsor para que o sujeito se reconheça enquanto capaz de criar sentidos, torne-se artista e autor de sua vida, fazendo de sua subjetividade uma obra de arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kátia Rodrigues da Silva, Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC

Psicóloga Clínica no Distrito Sanitário Norte, equipe Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), pela Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP, Florianópolis, SC, Brasil.

.

 

Daniel Dall'Igna Ecker, Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC

Psicólogo Clínico no Distrito Sanitário Norte, equipe Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), pela Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP, Florianópolis, SC, Brasil.

Adriana Satie Funaki, Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC

Psicóloga Clínica no Distrito Sanitário Norte, equipe Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), na Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/PMF, Florianópolis, SC, Brasil.

is).

Aline Aparecida Lima, Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/ESP/SC

Nutricionista, equipe Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), na Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis - SMS/PMF, Florianópolis, SC, Brasil.

Referências

Ministério da Saúde. Portaria nº 849, de 27 de março de 2017. Inclui a Arteterapia, Ayurveda, Biodança, Dança Circular, Meditação, Musicoterapia, Naturopatia, Osteopatia, Quiropraxia, Reflexoterapia, Reiki, Shantala, Terapia Comunitária Integrativa e Yoga à Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares. Diário Oficial da União, Brasília: DF, 2017. Recuperado de https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt0849_28_03_2017.html

Costa LA, Zanella AV, Fonseca TMG. Psicologia social e arte: contribuições da revista psicologia & sociedade ao campo social. Psicologia & Sociedade [online]. v. 28, n. 3, pp. 604-615, 2016. Recuperado de https://doi.org/10.1590/1807-03102016v28n3p60 4.

Fiorott JG, Palma AY, Ecker DD. Conceito de grupo-dispositivo no apoio à adoção: desnaturalizando significados instituídos. Ciencias Psicológicas [Internet]. 13(2): 390-397, 2019. Recuperado de https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=459561487020

Ecker DD. Direitos Sociais e Acompanhamento Terapêutico: problematizações através de desenhos. Aurora: revista de arte, mídia e política, v. 11 n. 32, 2018. Recuperado de https://revistas.pucsp.br/aurora/article/view/31984

Passeron R. Por uma Poïanálise. In: Sousa ELA, Tessler E, Slavutzky A. (Orgs.) A Invenção da Vida - arte e psicanálise. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2001.

Sousa E. Para não ficar de mãos vazias. In: Tania GF, Patricia GK. (Org.). Corpo, Arte e Clinica. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

Guariento CF, Torres S, Ecker DD. Prevenção e Promoção de Saúde no CAPS AD através de oficinas de psicoeducação. R. Eletr. Cient. da Uergs [Internet]. 5(2): 191-7, 2019. Recuperado de http://200.132.92.80/index.php/revuergs/article/view/1984

Ecker DD, Palombini AL. Acompanhamento Terapêutico e Direitos Sociais: Territórios existenciais e sujeito biopsico-político-social. Psicologia Clínica, 33(2), 357-378, 2021. Recuperado de https://dx.doi.org/10.33208/PC1980-5438v0033n02A08

Ecker DD, Palombini AL. A complexidade dos direitos sociais na clínica em psicologia: fatores materiais, singulares e multidimensionais. Pensando Psicología, 16(2), 1-28, 2020. Recuperado de https://doi.org/10.16925/2382-3984.2020.02.01

Ferreira Neto JL. Artes da Existência: Foucault, a Psicanálise e as Práticas Clínicas. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 23(2), 177-183, 2007. Recuperado de https://doi.org/10.1590/S0102-37722007000200008

Foucault M. História da sexualidade 2: O uso dos prazeres. Rio de Janeiro: Graal, 1984.

Ecker DD. O exercício de Direitos Sociais nos processos subjetivos e terapêuticos: políticas públicas, saúde mental e atenção psicossocial (tese de doutorado, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil), 2020. Recuperado de https://hdl.handle.net/10183/213918

Downloads

Publicado

2022-08-03

Como Citar

Rodrigues da Silva, K. ., Dall’Igna Ecker, D., Satie Funaki, A., & Aparecida Lima, A. . (2022). Grupo terapêutico intermediado pela arte no SUS: experiência da Psicologia na Atenção Básica. Revista Saúde.Com, 18(2). https://doi.org/10.22481/rsc.v18i2.10119

Edição

Seção

Artigos originais