Cárie dentária e desigualdades socioeconômicas no Brasil

Autores

  • Haroldo José Mendes Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)
  • Patricia Elizabeth Souza Matos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)
  • José Roberto de Magalhães Bastos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Palavras-chave:

Cárie Dentária, Fatores Socioeconômicos, Desigualdades em Saúde, Indicadores Sociais

Resumo

O estudo dos determinantes sociais dos processos de saúde e doença da população é um importante campo da Saúde Coletiva, indicando que o entendimento desses fatores favorece ações concretas de cuidado e respostas às necessidades de saúde, principalmente na promoção, prevenção, tratamento e recuperação da saúde, aumenta a redução de vulnerabilidades, de iniquidades em saúde e promove justiça social. A presente pesquisa teve como objetivos verificar a evolução dos indicadores socioeconômicos e de cárie dentária aos 5 e 12 anos de idade, ocorrida no Brasil entre os anos 2000 e 2010. Trata-se de um estudo do tipo ecológico de caráter exploratório envolvendo dados secundários oficiais coletados dos inquéritos populacionais em Saúde Bucal, dos anos de 2003 e 2010, e do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. Os resultados mostraram que entre os anos 2000 e 2010 houve melhora significativa em todos os indicadores socioeconômicos estudados em todas as regiões administrativas. Neste mesmo período, também houve melhora significante nos índices de ocorrência de cárie dentária nas faixas etárias estudadas e em todas as regiões do Brasil. Os indicadores analisados podem contribuir na elaboração de modelos de decisão em saúde, na explicação dos processos organizativos e da desigualdade na oferta de serviços e recursos humanos em saúde bucal no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

Mendes, H. J., Souza Matos, P. E., & de Magalhães Bastos, J. R. (2016). Cárie dentária e desigualdades socioeconômicas no Brasil. Revista Saúde.Com, 12(1), 454-462. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/391

Edição

Seção

Artigos originais