QUALIDADE DE VIDA EM PACIENTES HEMODIALÍTICOS: AVALIAÇÃO ATRAVÉS DO QUESTIONÁRIO KDQOL-SF™

Autores

  • Camila Zanesco Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
  • Elisangela Giachini Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
  • Cesar Augusto França Abrahão Universidade Federal do Triangulo Mineiro (UFTM)
  • Débora Tavares de Resende e Silva Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)

Palavras-chave:

Qualidade de vida, doença renal crônica, hemodiálise

Resumo

Introdução: A Doença Renal Crônica (DRC) faz parte do grupo de Doença Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) e é compreendida como uma síndrome clínica caracterizada pela redução significativa, lenta, gradual e progressiva das funções renais excretoras, endócrinas e metabólicas.  Objetivo: Analisar a qualidade de vida de usuários que realizam hemodiálise em uma Unidade Nefrológica da clínica de referência da região oeste de Santa Catarina. Métodos: Estudo de caráter exploratório, longitudinal, com análise quantitativa analítica. Dados coletados de fevereiro a junho de 2015.  O número de usuários que estavam dentro dos critérios de seleção da pesquisa foi de 50, sendo que desses 42 aceitaram participar. O instrumento utilizado foi o questionário: KDQOL-SF™ 1.3 (KidneyDiseaseQualityof Life - Short Form 1.3). Resultados: 52,38% dos pacientes participantes eram do sexo masculino. O estudo em questão encontrou a prevalência de portadores de DRC em idade adulta. A dimensão “desempenho emocionais” (92,06) obteve escore médio mais alto e mediana 100 e a dimensão “encorajamento do pessoal da diálise” (91,67) obtiveram escore médio e mediana 100. Conclusão: A modalidade de terapia renal substitutiva:  hemodiálise é uma forma de manutenção da vida dos pacientes em tratamento, alivia sintomas, previne complicações, impedindo a evolução da doença. Nesse contexto, os pacientes devem se adaptar as mudanças vividas no seu dia-a-dia que interferem de forma negativa e positiva na qualidade de vida.

DOI: http://dx.doi.org/10.22481/rsc.v13i1.397

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-05-11

Como Citar

Zanesco, C., Giachini, E., França Abrahão, C. A., & de Resende e Silva, D. T. (2017). QUALIDADE DE VIDA EM PACIENTES HEMODIALÍTICOS: AVALIAÇÃO ATRAVÉS DO QUESTIONÁRIO KDQOL-SF™. Revista Saúde.Com, 13(1), 818-823. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/448

Edição

Seção

Artigos originais