Predominância de desvios posturais em estudantes de educação física da universidade estadual do sudoeste da bahia

Autores

  • José Ailton Oliveira Carneiro Núcleo de Estudo em Atividade Física e Saúde (NEAFIS) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Palavras-chave:

avaliação, desvio postural, educação física

Resumo

O propósito deste estudo foi o de averiguar a predominância de desvios posturais da coluna vertebral dos estudantes de Educação Física da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Foram avaliados (n=23) alunos, selecionados por conveniência com média de idade de 21,7 anos (DP=3,16), composta por 12 homens e 11 mulheres .O método avaliativo foi a posição de pé simétrica, vista frontal, lateral e posterior, utilizando o simetógrafo,. Os resultados foram: escoliose (69,6%), hipercifose (30,5%) e hiperlordose (17,4%). Demonstrando que (86,9%) dos avaliados apresentam algum tipo de desvio postural, tendo a escoliose como predomínio. Quando comparado os sexos 72,2% das mulheres e todos os homens apresentaram algum desvio, possivelmente em decorrência de maus hábitos posturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-08-12

Como Citar

Oliveira Carneiro, J. A. (2005). Predominância de desvios posturais em estudantes de educação física da universidade estadual do sudoeste da bahia. Revista Saúde.Com, 1(2), 118-123. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/48

Edição

Seção

Artigos originais