O ver e ouvir em um espaço de memória

Resumo

O presente estudo teve como objetivo retratar o significado de lugar através da observância e interação entre os frequentadores do terreiro Oxogunladê, na cidade de São Cristóvão, Sergipe, Brasil. O lugar é o redimensionamento do espaço dotado de sensações, afeição e referências de experiência vivida. Está relacionado com a prática cotidiana, do vivido, do desenvolvimento da vida em todas as suas dimensões. As histórias contadas no passar do tempo estão impregnadas no meio, através de relatos de saudade, além de registros e sinais de ausência. O auto reconhecimento só acontece quando o indivíduo conhece a própria história, o caminho percorrido, em que o sentimento de pertença, afetividade e identidade se afloram através da integração temporal.


Palavras-chave: Espaço. Lugar. Memória.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Geografia pelo Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGEO) da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Graduado em Geografia Licenciatura também pela UFS, onde atuou como pesquisador bolsista (PIBIC/CNPq e PIBIC/COPES-UFS) no Laboratório de Estudos Rurais e Urbanos (LABERUR) do Departamento de Geografia. 

##submission.authorWithAffiliation##

Pós Doutoranda em Geografia pelo Programa de Pós Graduação em Geografia (PPGEO/UFS). Doutora em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). 

 

Referências

ANDRADE, Cyntia. Lugar de memória... memórias de um lugar: patrimônio imaterial de Igatu, Andaraí, BA. PASOS: Revista de Turismo y Patrimônio Cultural. Ilhas Canárias, Espanha, 2008.

CABRAL, Luiz Otávio. Revisitando as noções de espaço, lugar, paisagem e território, sob uma perspectiva geográfica. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis, EDUFSC, v. 41, n. 1 e 2, p. 141-155, Abril e Outubro de 2007.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. A condição espacial. 1° ed. – São Paulo: Contexto, 2015.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. O lugar no/do mundo. FFLCH, São Paulo, 2007.

GASTAL, Susana de A. Lugar de memória: por uma nova aproximação teórica ao patrimônio local. In: Gastal. S. (org). Turismo, investigação e crítica. São Paulo, 2002, Contexto, p. 69-81.

GOMES, Verônica Maria da Silva. “KÒ SÍ EWÉ, KÒ SÍ ÒRÌSÀ” (SEM FOLHA, NÃO HÁ ORIXÁ): Vivências ecológicas no Ilé Àse Opó Osogunlade. 2015. 202 f. Tese (Doutorado) – Universidade de Brasilia, Facudade de Educação, Brasília, 2015.

HARVEY, David. O espaço como palavra-chave. Niterói – RJ: GEOgraphia, v. 14, n. 28, 2012.

LEFEBVRE, Henri. A produção do espaço. Tradução de: Doralice Barros Pereira e Sérgio Martins. 4° ed. Paris: Éditions Anthropos, 2000. Título original: La production de l’espace.

MOREIRA, Erika Vanessa; HESPANHOL, Rosângela Aparecida de Medeiros. O lugar como uma construção social. Revista Formação, nº 14, v. 2, p. 48-60, Presidente Prudente, 2007.

NORA, Pierre. Entre a memória e história: A problemática dos lugares. Trad. YaraAun Khoury. In: Projeto História, São Paulo, 1993.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e lugar: A perspectiva da Experiência. Difel. São Paulo, 1983.
VERGER, Pierre Fatumbi. Orixás. 6° ed. Salvador: Corrupio, 2009.
Publicado
2019-07-26
Como Citar
DUQUE, José Venceslau Pereira; LEITE, Reuel Machado; SAMPAIO, Andrecksa Viana Oliveira. O ver e ouvir em um espaço de memória. Geopauta, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 92-102, jul. 2019. ISSN 2594-5033. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/5007>. Acesso em: 22 ago. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/rg.v3i1.5007.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##