CIDADE E CULTURA

UMA QUESTÃO FORMATIVA

  • Mary Weinstein

Resumo

Este trabalho revê o projeto de extensão Jornalismo, Cidade e Patrimônio Cultural que
teve como objetivo incluir a comunidade na discussão que vinha sendo desenvolvida no âmbito do
projeto de pesquisa de mesmo nome, sobre a preservação do patrimônio cultural edificado existente no
centro de Vitória da Conquista. Especificamente, o projeto de extensão que suscita o presente relato se
ateve aos acervos de edificações da virada do século 19 para o 20, de casas com inspiração modernista
e outros estilos de meados do século passado e de moradas típicas da região, relacionando ao todo 21
imóveis. Desenvolvido entre 2016 e 2017, com apoio da Pró-Reitoria de Extensão, contou com a
parceria do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia - Ipac-BA. O propósito era coletar
testemunhos de moradores e com eles produzir material para compor um audiovisual pontuando a
origem das edificações e suas histórias a partir da memória dos que as vivenciaram. Essas narrativas
também serviriam para evidenciar as transformações que vêm se processando na cidade.
Primeiramente, foi feita uma listagem de prédios relevantes, do ponto de vista cultural e em função do
valor que têm para a arquitetura local. Esta produção foi motivadora de um seminário de apresentação
dos trabalhos desenvolvidos propiciando um debate com a participação dos produtores dos trabalhos,
pesquisadores, moradores dos imóveis, representantes de instituições, gestores municipais e demais
interessados. O Grupo de Pesquisa Jornalismo, Cidade e Patrimônio Cultural tem se aprofundado no
entendimento do jornalismo que tem a cidade como seu principal objeto.

Publicado
2018-12-30
Como Citar
WEINSTEIN, Mary. CIDADE E CULTURA. Revista Extensão e Cidadania, [S.l.], v. 5, n. 9,10, p. 1-15, dez. 2018. ISSN 2319-0566. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/4601>. Acesso em: 22 mar. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/recuesb.v5i9,10.4601.