Propriedade e apropriação no bairro do Pinheirinho – Alfenas/MG

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v6.e2022.e11258

Palavras-chave:

Bairro, Apropriação, Propriedade, Produção, Reprodução

Resumo

A pesquisa propõe investigar a propriedade e a apropriação relacionadas à produção do espaço no bairro do Pinheirinho – Alfenas/MG, identificando nesse processo as formas materiais e imateriais. O estudo sobre a produção do espaço pressupõe a mobilização de tríades, fundamentadas por categorias e conceitos. As tríades possibilitam interpretar as relações de produção e reprodução do bairro, marcado pela forte presença do setor imobiliário e do Estado, que atuam para a valorização do solo urbano. Outro elemento que se revelou foi o uso ao nível da sobrevivência dos moradores. Os procedimentos metodológicos adotados baseiam-se em revisão bibliográfica; entrevistas semiestruturadas com os moradores do bairro e arredores, vereadores, prefeito, funcionários públicos e comerciantes; levantamento de dados estatísticos, cartográficos e fotográficos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Evânio dos Santos Branquinho, Universidade Federal de Alfenas - Unifal - Alfenas - Minas Gerais - Brasil

Doutor em Geografia (Geografia Humana), Professor efetivo da Universidade Federal de Alfenas - Unifal - Alfenas - Minas Gerais - Brasil 

Danilo Lenine Ferreira do Amaral, Universidade Federal de Alfenas-Unifal, Alfenas, Minas Gerais, Brasil

Mestrando em Geografia pela Universidade Federal de Alfenas-Unifal, Alfenas, Minas Gerais, Brasil

Referências

ALFENAS, Leitura do Plano Diretor de Alfenas. Alfenas: PMA, 2006. 165p.

ALVES, G. A. Centralidades periféricas: da segregação socioespacial ao direito à cidade. In: CARLOS, A. F. A.; SANTOS, C. S; ALVAREZ, I. P. Geografia urbana crítica: teoria e método. São Paulo: Contexto, 2018, p. 109-124.

ARAÚJO, J. A. SOBRE A CIDADE E O URBANO EM HENRI LÉFÈBVRE. GEOUSP Espaço e Tempo, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 133-142, 2012. Disponível em: https://bityli.com/QjjP3. Acesso em: 10 jan. de 2022.

BRANQUINHO, Evânio dos Santos; SILVA, Letícia Silvério da. A reestruturação das cidades médias: o caso de Alfenas no sul de Minas Gerais. In: FERREIRA, Marta Marujo; VALE, Ana Rute do (Orgs). Dinâmicas geográficas no sul de Minas Gerais. Curitiba: Appris, 2018, p.79-106.

DAMIANI, Amélia Luísa. A Produção do Espaço Urbano e a Propriedade Privada da Terra. Revista Continentes, n. 9, p. 12-24, jul. 2016. Disponível em: https://bityli.com/cLpoi. Acesso em: 08 jan. de 2022.

HARVEY, David. Os limites do capital. São Paulo: Boitempo, 2013. 592 p.

HELLER, Agnes. O cotidiano e a história. São Paulo: Paz e Terra, 2008. 124p.

LEFEBVRE, Henri. De lo rural a lo urbano. Barcelona: Ediciones Península, 1975, p. 268.

LEFEBVRE, Henri. La producción del espacio. Madri: Capitán Swing, 2013, 451 p.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. São Paulo: Centauro Editora, 2001, p.143.

MARX, Karl. Grundrisse: manuscritos econômicos de 1857 – 1858: esboços da crítica da economia política. Sao Paulo: Boitempo, 2011, p.788.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. São Paulo: Boitempo, livro 1, 2013. 894p.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. São Paulo: Boitempo, livro 3, 2017. 984p.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALFENAS.. Plano Diretor de Alfenas. Alfenas: 2006. 165p.

SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. São Paulo: Edusp, 2002. 176p.

SEABRA, Odette Carvalho de Lima Seabra. A insurreição do uso. In: MARTINS, José deSouza (org.). Henri Lefebvre e o retorno à dialética. São Paulo: Hucitec, 1996, p.71-86.

Downloads

Publicado

2023-04-03

Como Citar

BRANQUINHO, E. dos S.; AMARAL, D. L. F. do . . Propriedade e apropriação no bairro do Pinheirinho – Alfenas/MG. Geopauta, [S. l.], v. 6, p. e11258, 2023. DOI: 10.22481/rg.v6.e2022.e11258. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/11258. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos