The relationship between society and nature and socio-spatial impacts of the Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) in the city of Ibiassucê – BA

Authors

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v1i3.2019

Keywords:

Sociedade/Natureza; Espaço; Paisagem.

Abstract

The purpose of the present work is to analyze succinctly environmental aspects of the construction of the Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), since the anthropic action is responsible for several modifications, often disastrous in nature and in some ways shocking to biodiversity. This work was developed in the light of the reading of documents drawn up by the company responsible for the construction of the railway and an in loco study, carried out through the application of 41 questionnaires in the village of Santo Antônio, in Ibiassucê - Bahia, and interviews with the local population to understand relationship that society establishes with nature. The basic text is the Basic Environmental Plan, however other sources were used for the construction of this text, such as articles and internet text, as well as documents prepared by the government of the State of Bahia. It is, therefore, a quantitative-qualitative bibliographical research. The results pointed out that there is a great difficulty for the interviewees in conceptualizing environmental impact, in a reductionist way, although most of them are able to identify the possible environmental impacts that a given construction can cause to nature and humans, as well as know how to identify mitigating measures. However, there is still difficulty for a large number of people to understand some terms linked to the environment. It was verified the lack of an Environmental Education that provides a connection that has as its center the environmental conscience, making the individuals responsible for building a society committed to nature.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

References

ALMEIDA, Miriam Cléa Coelho; & SOUZA, Suzane Tosta; & SANTANA, Mário Rubem Costa. O traçado da ferrovia de integração oeste-leste (FIOL) e os impactos sócio-espaciais no município de Tanhaçú-BA. ANAIS do VIII Encontro Baiano de Geografia e X Semana de Geografia da UESB. Agosto de 2011. ISSN 2179-4774. Disponível em <http://www.uesb.br/eventos/ebg/?pagina=anais> acesso em junho de 2017.
BANDEIRA, Clarice; FLORIANO, Eduardo Pagel. Avaliação de impacto ambiental de rodovias. Associação de Pesquisa, Educação e Proteção Ambiental do Noroeste do Estado Do Rio Grande Do Sul, Santa Rosa nº 8, 1ª ed p. 3-68, 2004.
CARLOS, Ana Fani Alessandri. O Espaço Urbano: Novos Escritos sobre a Cidade. São Paulo: Labur Edições, 2007, 123p.
CAVALCANTI, Clóvis. Condicionantes biofísicos da economia e suas implicações quanto à noção do desenvolvimento sustentável. In: ROMEIRO, Ademar Ribeiro; REYDON, Bastian Philip; LEONARDI, Maria Lucia Azevedo (Orgs.). Economia do meio ambiente: teoria, políticas e a gestão de espaços regionais. Campinas: UNICAMP/IE, 1996. p. 61-82.
JACOBI, P. Educação Ambiental, Cidadania e Sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, nº 118, p. 189-205. Disponível em: <http:www.scielo.br>. Acesso em: 12 Jul. 2013.
LEFEBVRE, Henri. La production de l’espace. 4e éd. Paris: Éditions Anthropos, 2000. (Original La production de l´espace. Paris: Anthopos, 1986)
LOYOLA G., Roger. A Economia Ambiental e a Economia Ecológica: Uma Discussão Teórica. Disponível em: <http: www.ecoeco.org.br>. Acesso em: 02 Fev. 2012.
MUGGLER, Cristine Carole; SOBRINHO, Fábio de Araújo Pinto; MACHADO, Vinícius Azevedo. Educação em Solos: Princípios, Teoria e Métodos. Ensino da Ciência do Solo, Viçosa, vol. 30, nº 4, p. 733-740. Disponível em <http: www.scielo.com.br>. Acesso em: 02 Fev. 2012
OIKOS PESQUISA APLICADA. Relatório de Impacto Ambiental. Disponível em < http://www.oikos.com.br/site_ok/FIOL.htm>. Acesso em: 13 Ago. 2012.
OLIVEIRA FILHO, Jaime E. Gestão Ambiental e Sustentabilidade: Um Novo Paradigma Eco-Econômico para as Organizações Modernas. Disponível em: <http: www.fbb.br>. Acesso em: 02 Fev. 2012.
PAC. Ferrovia de Integração Oeste-Leste é vistoriada por ministros. Disponível em <http://www.pac.gov.br/noticia/e4bb2029> ás 15:37 do dia 19-07-12.
PAULA, Dilma Andrade. As ferrovias no Brasil: análise do processo de erradicação de ramais. In: II Congresso de História Ferroviária. Anais. UAM: Madrid, 2001.
REVISTA BAHIA DE TODOS OS CANTOS. Governo do Estado. N° 4 Ano 2 Março 2010.
SANTOS, Milton. Metamorfoses do espaço habitado, fundamentos teórico e metodológico da geografia. Hucitec. São Paulo 1988.
SANTOS, Milton. A natureza do espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção São Paulo, 4. ed. 2. reimpr. - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2006.
SARAIVA, Danieli. Impactos Ambientais Causados pela Expansão Urbana no Município do Rio de Janeiro. 2010. 45 f. Monografia (Pós-Graduação “Lato Sensu” em Engenharia de Produção)-Universidade Candido Mendes, Rio de Janeiro, 2010.

Published

2017-12-18

How to Cite

OLIVEIRA, L. B. de; SANTOS, N. A. dos; CASTRO, J. M. L. The relationship between society and nature and socio-spatial impacts of the Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) in the city of Ibiassucê – BA. Geopauta, [S. l.], v. 1, n. 3, p. 22-37, 2017. DOI: 10.22481/rg.v1i3.2019. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/2019. Acesso em: 3 dec. 2021.

Issue

Section

Continuous demand articles