A influência da rodovia BR 364 no cotidiano e comércio da cidade de Juscimeira – MT: um ensaio de ritmanálise

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v5i2.2021.e8507

Palavras-chave:

Comércio; Cotidiano Urbano; Rodovias em setores urbanos.

Resumo

O presente trabalho busca analisar o fluxo de veículos na rodovia BR 163/364 e sua influência no cotidiano e comércio da cidade de Juscimeira-MT. Por muito tempo a cidade de Juscimeira-MT fazia parte da rota de escoamento do agronegócio, por conta de sua localização, que se caracteriza por estar entre as três maiores cidades de Mato Grosso. Portanto, constata-se que a dinâmica rodoviária influencia no ritmo cotidiano e comercial dessa pequena cidade, algo que foi verificado nessa pesquisa. Foram realizados trabalhos de campo para o levantamento de dados. A partir desta pesquisa foi possível verificar que o uso do território influencia diretamente no ritmo socioeconômico da cidade de Juscimeira-MT e do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Emanoel Anésio Andrade Ferreira, SEDUC-MT, Juscimeira, Mato Grosso, Brasil,

Mestre em Geografia pela UFMT, Professor da rede estadual de ensino,  Vinculado a Secretaria do Estado de Educação de Mato Grosso – SEDUC-MT, Juscimeira, Mato Grosso, Brasil,

José Roberto Tarifa, Universidade Federal de Rondonópolis- UFR - Rondonópolis - MT-Brasil

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1969), mestrado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1972) e doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1975). Pós-doutorado na School of Applied Climatology, Birmingham University UK(1977/1978), Livre docente pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente, é professor titular da Universidade Federal de Rondonópolis e assessor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, é coordenador do laborat´ório de climatologia da Universidade Federal de Rondonópolis (LABCLIMA) Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Climatologia, atuando nos seguintes temas: Climatologia urbana, balanço hídrico, conforto térmico, ambiente tropical e dispersão de poluentes.

Referências

ALBANO. J. F. A organização rodoviária. Porto Alegre. UFRGS. 2007. P. 03. Disponível em: http://www.producao.ufrgs.br/arquivos/disciplinas/420_04-organizacao_rodoviaria.pdf. Acesso em: 05/11/2020.

BRASIL. Estatuto da cidade: Lei n. 10.257, de 10 de julho de 2001, que estabelece diretrizes gerais da política urbana. Brasília/DF. Câmara dos Deputados, Coordenação de publicações. 2001.

BRASILEIRO, A. Et al. A influência de rodovias na área urbana. Revista Nacional de Gerenciamento de Cidades, Tupã, SP, v. 02, n. 13, pp. 01-14, 2014.

CONSÓRCIO MENDES JUNIOR; ENPA; CONTÉCNICA. Projeto executivo de engenharia para as obras de restauração e adequação de capacidade da rodovia BR 163/364/MT. Brasil. DNIT. SREMT. 2015.

DNER. Projeto de Ampliação de Capacidade Rodoviária das Ligações com os Países do Mercosul – BR 101: Florianópolis (SC) – Osório (RS), Projeto Básico Ambiental. Brasília. Programa de Melhoria das Travessias Urbanas. Ministério dos Transportes. 2001. 50p.

DNIT. Manual de projeto e práticas operacionais para segurança nas rodovias. Rio de Janeiro/RJ. Diretoria executiva. Instituto de Pesquisas Rodoviárias. Projeto técnico. 2010.

DNIT. Manual de Projeto de interseções. Rio de Janeiro/RJ. Instituto de Pesquisas Rodoviárias. Projeto técnico. 2ª Ed. 2005.

FERREIRA, E. A. A. Impactos negativos à população relacionados à presença da rodovia BR 163/364 em Juscimeira-MT. In: Anais da XXX semana acadêmica de geografia - "A geografia do século XXI: das condições da natureza, as relações sociais". Anais...Rondonópolis (MT) UFR, 2019. Disponível em: . Acesso em: 15/06/2020.

GODOY, L. P. Aspectos geológicos da região do polo turístico das águas termais de São Lourenço, MT. São Paulo: UNESP, Geociências, v. 35, n. 1, p.110-125, 2016.

GRUPO DE ENGENHARIA BARBATO. Relatório de impacto no trânsito: posto rodoviário graal sem limites. Bauru/SP. Barbato estudos de engenharia. 2016.

IBGE. Frota de veículos Mato Grosso. 2020. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mt/pesquisa/22/28120. Acesso em: 05/11/2020.

IBGE. Rondonópolis Mato Grosso MT. Brasília. Biblioteca digital. 2012. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/matogrosso/rondonopolis.pdf. Acesso em: 05/11/2020.

IPPUC. BR Vida: Pojeto BR-116. Curitiba/PR. Prefeitura Municipal. 1991.

JUSCIMEIRA. Distritos de Juscimeira. Juscimeira. Prefeitura Municipal de Juscimeira. 2017. Disponível em: https://www.juscimeira.mt.gov.br/distritos/. Acesso em: 05/11/2019.

LEFEBVRE, H. La production de l´espace. Paris: Éditions Antrophos, 1974, p. 235.

LIMA, E. B. N. R.; FILHO, P. M.; MOURA, R. M. P. Plano municipal de saneamento básico: Juscimeira – MT. Cuiabá/MT. Universidade Federal de Mato Grosso. Projeto técnico. 2017.

MARTINS, B. C. R. Formação socioespacial e expansão urbana da cidade de Juscimeira – MT. Trabalho de conclusão de curso. UFMT. 2014.

MATO GROSSO. Há 46 anos, Cuiabá se ligou ao restante do país por rodovias. Cuiabá. Imprensa. 2019. Disponível em: http://www.mt.gov.br/-/11725820-ha-46-anos-cuiaba-se-ligou-ao-restante-do-pais-por-rodovias. Acesso em: 05/11/2020.

NEGRI, S. M. O processo de segregação sócio-espacial no contexto do desenvolvimento econômico da cidade de Rondonópolis –MT. (Tese de Doutorado em Geografia). Instituto de geociências e ciências exatas. Rio Claro: UNESP, 2008.

OLIVEIRA, B. da S. Performances políticas e potencialidades econômicas de desenvolvimento local o município de Juscimeira MT. 2008 Dissertação (mestrado) – Universidade Católica Dom Bosco, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Local. 2008.

PIRES, A. B.; VASCONCELLOS, E. A.; CAMARGO E SILVA, A. (Coord.). Transporte Humano: cidades com qualidade de vida. São Paulo: ANTP, 1997.

SANTOS, M. A Urbanização Brasileira. São Paulo/SP. Editora Hucitec 3. ed. 1996.

SILVA JÚNIOR, S. B.; FERREIRA, M. A. G. Rodovias em áreas urbanizadas e seus impactos na percepção dos pedestres. Uberlândia/MG. Revista Sociedade e Natureza.V. 20, n. 1, pp. 221-237, 2008.

SILVA JÚNIOR, S. B. Rodovias em áreas urbanizadas e seus impactos, na percepção dos pedestres. 2006. 156 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana). São Carlos/SP. Universidade Federal de São Carlos. 2006.

SILVA JÚNIOR, S. B. A rodovia na cidade: o espaço lindeiro à BR-050 em Uberlândia, MG. 2003. Uberlândia/MG. Monografia (Bacharelado em Geografia) - Instituto de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia. 2003.

SPÓSITO, M. E. B. Capitalismo e Urbanização. São Paulo: Contexto, 1998.

TARIFA, J. R. Os climas nos maciços litorâneos da Juréia-Itatins: um ensino de ritmanálise. Tese de livre Docência. DG.FFLCH. USP. 2002.

TRINTA, Z. A. Contribuição ao Estudo das Travessias Urbanas de Pequeno e Médio Porte por Rodovias de Longo Curso. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes) – Coordenação dos Programas de Pós – Graduação em Engenharia –

ULYSSÉA NETO, I.; DIAS, L. M. M. de V. Identificação e caracterização dos efeitos de segregação de comunidades em projetos de duplicação de rodovias. Rio de Janeiro/RJ. In: CONGRESSO DE PESQUISA E ENSINO EM TRANSPORTE, 18, 2003. Anais... ANPET, 2003.

Publicado

2021-07-09

Como Citar

FERREIRA, E. A. A.; TARIFA, J. R. A influência da rodovia BR 364 no cotidiano e comércio da cidade de Juscimeira – MT: um ensaio de ritmanálise. Geopauta, [S. l.], v. 5, n. 2, p. e8507, 2021. DOI: 10.22481/rg.v5i2.2021.e8507. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/8507. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos