Droughtand public policies in the brazilian semiarid: an timely debate about the binomy fighting the drought x livelihood with the semiarid

Authors

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v5i3.e2021.e9233

Keywords:

Public policies;, Semiarid;, Drought.

Abstract

The article aims to discuss public policies developed in the Brazilian semiarid region, considering the paradigm shift involved in the duality of combating drought and living with the semiarid region. Bibliography and specialized websites were consulted with information related to public policies aimed at solving problems associated with water scarcity and implemented in the Brazilian semiarid region at different periods. Good examples can be seen in this vast territory that show a development based on sustainable principles and successful measures adopted in the context of coexistence with the semiarid region. Political and economic interests cannot override the adoption of measures to coexist with the semiarid region. This is a paradigm shift, but it represents a great challenge.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Author Biographies

Larissa Ingrid Linhares, Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA-Ceará-Brasil

Master's Student in Geography, State University Vale do Acaraú (UVA), Sobral, Ceará, Brazil

 

Antônia Vanessa Silva Freire Moraes Ximenes , Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA, Ceará-Brasi

PhD in Geography from the Federal University of Ceará-UFC. Master in Geography from the State University of Vale do Acaraú - UVA - collaborator in the Academic Master in Geography - MAG at the State University of Vale do Acaraú - UVA

Jander Barbosa Monteiro, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA, Ceará-Brasil

PhD in Geography from the Graduate Program in Geography at the Federal University of Ceará - UFC and Master in Geography from the Graduate Program in Geography at the State University of Ceará - UECE. He has a degree in Geography from the Federal University of Ceará-UFC. He is currently Adjunct Professor of the Geography Course at the State University of Vale do Acaraú-UVA and is a member of the permanent faculty of the Academic Master's Degree in Geography-MAG at that university.

References

ALBUQUERQUE JUNIOR, D. M. de. A invenção do Nordeste e outras artes. Recife: FJN, Ed. Massangana; São Paulo: Cortez, 1999.

ALMEIDA, V. R. O século do DNOCS. Em pauta: Revista Conviver, Fortaleza, n. 6, p. 55-104, 2013.

AMORIM, Lucas Oliveira do; GRISA, Catia. Combater a seca ou conviver com o semiárido? Fóruns e Arenas de Políticas Públicas no Semiárido Brasileiro. Revista Raízes, Campina Grande, v.38, n.2, p.43-57, 2018.

BRASIL. Grupo de trabalho para o desenvolvimento do Nordeste. Uma política de desenvolvimento econômico para o Nordeste. Rio de Janeiro: Departamento de Imprensa Nacional, 1959.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Avaliação e ações prioritárias para a conservação da biodiversidade da caatinga. Brasília: MMA, 2002.

CAMPOS, J. N. B. A evolução das políticas públicas no Nordeste. In: MAGALHÃES, A. R. A questão da água no Nordeste. Brasília: CGEE, 2012. p.261-87.

CAMPOS, J. N. B. Secas e políticas públicas no semiárido: ideias, pensadores e períodos. Revista Estudos Avançados, v. 28, n. 82, 2014.

COSTA, José Jonas Duarte da. Impactos Socioambientais das Políticas de Combate à Seca na Paraíba. Tese (Doutorado em História Econômica), Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. São Paulo-SP, 2003.

FARIAS, Ana Elizabete Moreira de; PINHEIRO, Josefa Nunes. DO COMBATE A SECA À CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO: (RE) SIGNIFICANDO A POLITICA PARA OS "NORDESTES". SEMIÁRIDO: ESTADOS, POLITICAS, PÚBLICAS E SAÚDE. 74. ed. Sobral: EDIÇÕES UNIVERSITÁRIAS, 2012. v. 14, cap. 5, p. 99-119. ISBN 978-85-89888-74-5.

FERREIRA, L. F. G. Raízes da indústria da seca: o caso da Paraíba. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB. 1993

FÓRUM NORDESTE. Ações permanentes para o desenvolvimento do Nordeste semiárido brasileiro: proposta da sociedade civil. Recife: Contag: Assocene, 1993.

GOMES, Alfredo Macedo. Imaginário social da seca. Recife: FUNDAJ, Editora Massangana, 1998.

LINHARES, Larissa Ingrid Marques. Do combate à seca a convivência com o semiárido: um estudo de caso no distrito de caracará, sobral, ceará. Anais... I CONIMAS e III CONIDIS. Campina Grande: Realize Editora, 2019. Disponível em: <http://www.editorarealize.com.br/artigo/visualizar/63454>. Acesso em: 10/06/2021.

MACHADO, Tayasa Tamara Viana; DIAS, Jobson Targino; SILVA, Tarciso Cabral da. Evolução e avaliação das Políticas Públicas para atenuação dos efeitos da seca no semiárido brasileiro. Gaia Scientia, v.11, p.84-103, João Pessoa, 2017.

MADEIRO, Carlos. Maior programa para armazenar água no sertão tem queda de 94% em seis anos. UOL Notícias, São Paulo, 04 fev. 2021. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2021/02/04/cisternas-sertao-nordeste-queda.htm. Acesso em: 05 jul. 2021.

MADEIRO, Carlos. Sob Bolsonaro, programa construiu menor número de cisternas de sua história. UOL Notícias, São Paulo, 12 fev. 2020. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/02/12/bolsonaro-menor-numero-cisternas-desde-origem-programa.htm. Acesso em: 05 jul. 2021.

OLIVEIRA, Francisco de. Elegia para uma re(li)gião: Sudene, Nordeste. Planejamento e conflito de classes. São Paulo: Boitempo, 2008.

PAIVA, Ana Mesquita; FALCÃO SOBRINHO, José Falcão. Do combate à seca à convivência com o semiárido. Revista Homem, Espaço e Tempo, n.3, v.14, p.109-126, Sobral, 2020.

SILVA, Roberto Marinho Alves da. Entre o combate à seca e a convivência com o semiárido: transições paradigmáticas e sustentabilidade do desenvolvimento. Tese (Doutorado em Desenvolvimento sustentável). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável. Universidade de Brasília, Brasília – DF, 2006, 298p.

TRAVASSOS, I. S.; SOUZA, B. I.; SILVA, A. B. Secas, desertificação e políticas públicas no semiárido nordestino brasileiro. Revista Okara: Geografia em Debate, v. 7, n. 1, p. 147-164, João Pessoa, 2013.

Published

2021-11-21

How to Cite

LINHARES, L. I.; XIMENES , A. V. S. F. M. .; MONTEIRO, J. B. . Droughtand public policies in the brazilian semiarid: an timely debate about the binomy fighting the drought x livelihood with the semiarid. Geopauta, [S. l.], v. 5, n. 3, p. e9233, 2021. DOI: 10.22481/rg.v5i3.e2021.e9233. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/9233. Acesso em: 6 dec. 2021.

Issue

Section

Continuous demand articles