Um olhar no PIBID como política pública educacional na formação docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/rg.v3i1.5377

Palavras-chave:

Formação docente. Programa Institucional de Iniciação à Docência. Teoria e Prática.

Resumo

O presente artigo tem o objetivo analisar o Programa Institucional de bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) subprojeto de Geografia, com o intuito de compreender as contribuições do programa para a formação docente. Buscou-se analisar a relação entre a teoria e a prática e as inovações que o programa proporcionou. Fez-se necessário problematizar a formação docente, buscando compreender o quadro educacional do Brasil, analisando as transformações e o contexto em que se inserem, partindo inicialmente por uma análise das políticas públicas educacionais voltadas para o magistério. Chegando- se a conclusão que o PIBID subprojeto de Geografia contribui para a formação docente, por meio da relação teoria e prática do programa ao manter um contato direto com o ambiente escolar.

Palavras-chave: Formação docente. Programa Institucional de Iniciação à Docência. Teoria e Prática.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Nereida Maria Santos Mafra de Benedictis, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB - BRASIL

Professora Doutora  do Departamento de Geografia - DG-UESB

Referências

ABBAGNANO, N. Dicionário de filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2007. ALMEIDA, J.L.V.; OLIVEIRA, E.M.; ARNONI, M.E.B.. (Orgs.) Mediação dialética na educação escolar: teoria. e prática. São Paulo: Edições Loyola, 2007. ARISTÓTELES. Política. São Paulo, SP: Martin Claret,. 2007.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Plano Nacional de Educação / Ministério da Educação e do Desporto. - Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 1998.

BRASIL. Lei nº 9.394. de 20 de dezembro de 1996. Lei de diretrizes e bases da educação. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil acesso em 20 jul. de 2018.

______. Capes. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Disponível em acesso em: 02 de julh. 2019

MARQUES, Ramiro. Dicionário Breve de Pedagogia. 2ªed .2011 Disponível em: https://pedagogiaaopedaletra.com/wp- content/uploads/2011/10/Dicionario acesso em: 05 set. 2018

MELLO, Guiomar Namo de. Formação inicial de professores para a educação básica: uma (re)visão radical. São Paulo Perspec., São Paulo , v. 14, n. 1, p. 98-110, Mar. 2000 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci-88392000000100012&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 20 jun. 2018.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido. (Org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez Editora, 1999. (p. 15 a 34)

SAVIANI, Dermeval, História da formação docente no Brasil: três momentos decisivos. Santa Maria, v. 30-n. 02, p. 11-26, 2005 Disponivel em <http:// www.ufsm.br/ce/revista> acesso em: 05 de agos. 2018

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

TRINDADE, et al. A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA ETNOGRÁFICA NA FORMAÇÃO DOCENTE: Conhecendo o espaço escolar e os alunos do CEAP por meio do PIBID/UESB. In: SAMPAIO, Andrecksa Viana Oliveira et al. (Org.). Geografia e História: Reflexões Sobre a Escola Básica. 1. ed. Vitória da Conquista:

Downloads

Publicado

2019-07-26

Como Citar

NOVAES, S. S.; BENEDICTIS, N. M. S. M. . de. Um olhar no PIBID como política pública educacional na formação docente. Geopauta, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 18-28, 2019. DOI: 10.22481/rg.v3i1.5377. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/5377. Acesso em: 25 nov. 2020.