INDÍCIOS DE EMPODERAMENTO DOS SUJEITOS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM TEXTOS AUTOBIOGRÁFICOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/folio.v12i1.6478

Palavras-chave:

Autobiografia; Educação de Jovens e Adultos; Empoderamento.

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa sobre o processo de empoderamento dos estudantes, na condição de sujeitos de direito, na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA), em uma escola pública localizada em um bairro periférico na cidade de Vitória da Conquista, Bahia, cujo objetivo foi averiguar a presença do Outro e indícios do processo de empoderamento nos textos de gênero autobiográfico produzidos em uma sequência didática. Para tanto, tomou-se por base os estudos de: Bakhtin (2003), Paiva (1983), Freire (1982), Arroyo (2005), Baquero (2006), Dolz, Noveraz e Schnewly (2011), entre outros. Como metodologia, a opção foi pela pesquisa-ação participativa. Os resultados comprovam que os alunos demonstram indícios de empoderamento alcançados por meio do processo educativo e se reconhecem como sujeitos de direito na esfera social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elma Karine Costa Cardoso, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)

Mestre em Ensino pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Analista universitária e membro da equipe técnica do Museu Pedagógico da UESB.

Maria Aparecida Pacheco Gusmão, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Professora com grau Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), professora no PROFLETRAS (Uesb) e do Programa de Mestrado Acadêmico em Ensino (PPGEn/UESB).

Referências

1. ARROYO, M . Educação de jovens e adultos: um campo de direitos e de responsabilidade pública. In: SOARES, L. J. G.; GIOVANETTI, M. A.; GOMES, N.L. Diálogos na educação de jovens e adultos. Belo Horizonte: Autêntica, 2005. p. 19-50.
2. BAQUERO, R. V. A. Empoderamento: questões conceituais e metodológicas. Redes, Santa Cruz do Sul, v 11. n. 2, p. 77-93, maio /agosto 2006.
3. BAQUERO, R. V. A. A situação das Américas: democracia, capital social e empoderamento. Revista Debates, Porto Alegre, v. 6, n. 1, p.173-187, jan.-abr. 2012.
4. CAMARGO JÚNIOR; S. B.; SANTOS, J. J. R.; Teorias dos direitos fundamentais e suas contribuições para o campo da educação de pessoas jovens, adultas e idosas. In: SANTOS, J. J. R.; PEREIRA, S. M. C.; WESCHENFELDER, L. M. (Orgs.). Educação de Pessoas Jovens, Adultas e Idosas: interfaces entre direito à educação popular, currículos (s) e saberes experienciais. Passo Fundo: UFP, 2017. 21-43.
5. BOGDAN, R.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.
6. DAYRELL, J. T. A juventude e a educação de jovens e adultos: reflexões iniciais novos sujeitos. In: SOARES, Leôncio; GIOVANETTI, Maria Amélia; GOMES, Nilma Lino (Org.). Diálogos na educação de jovens e adultos. Belo Horizonte: Autêntica, 2005. p. 53-67.
7. DOLZ, J.; NOVERRAZ, M.; SCHNEUWLY, B. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2011.
8. FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.
9. _______. SHOR, I. Medo e Ousadia, o cotidiano do Professor. São Paulo: Paz e Terra, 2006.
10. _______. P.; Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2018.
11. GIROUX, H.; Alfabetização e a Pedagogia do Empowerment Político. In: FREIRE, P.; MACEDO, D. (Orgs). Alfabetização: leitura do mundo, leitura da palavra. São Paulo: Paz e Terra, 2002.
12. GUSMÃO, M. A. P. A (re)escrita de textos: a prática pedagógica da professora Maria. Vitória da Conquista: Edições UESB, 2015.
13. MARCUSCHI, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2008.
14. VOLPONI, M. de L. Gênero textual autobiografia em aulas de Língua Portuguesa na EJA: uma perspectiva de aprendizagem na terceira idade. 161f. Dissertação (Mestrado em Letras). Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

Downloads

Publicado

2020-07-02

Como Citar

[1]
Cardoso, E.K.C. e Gusmão, M.A.P. 2020. INDÍCIOS DE EMPODERAMENTO DOS SUJEITOS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM TEXTOS AUTOBIOGRÁFICOS. fólio - Revista de Letras. 12, 1 (jul. 2020). DOI:https://doi.org/10.22481/folio.v12i1.6478.