OS MORLOCKS NA PERSPECTIVA DE OPRIMIDOS E OS DIÁLOGOS COM A PEDAGOGIA DE PAULO FREIRE

Autores

Palavras-chave:

Morlock, X-Men, Paulo Freire, Opressão, Educação

Resumo

Esse texto visa relacionar o retrato de opressão presente em Massacre de Mutantes (Marvel, 1986) com os estudos de Paulo Freire. Comparando o comportamento dos mutantes conhecidos como Morlocks, conseguimos relacioná-los aos oprimidos da obra de Freire. A análise encontrou aproximações entre as obras citadas, pois os X-Men da obra de Freire são os que, por não compartilharem da mesma cultura, ou da mesma situação econômico-educacional, acabam sendo excluídos e oprimidos. Concluímos que nos completamos,
aprendemos e crescemos, na diversidade, o que podemos alcançar por meio do diálogo, da problematização e da escuta.

Biografia do Autor

Cintia C. Maciel Neves, Universidade La Salle

Discente do curso de Pedagogia na Universidade La Salle.

Gelson Weschenfelder, Universidade Feevale

Pós doc no PPG em Processos e Manifestações Culturais, na Universidade Feevale. Doutor/Mestre em Educação.

Hildegard Susana Jung, Universidade La Salle

Coordenadora do Curso de Pedagogia na Universidade La Salle, Doutora em Educação pela Universidade LaSalle.

Referências

ARAÚJO FREIRE, Ana Maria. Paulo Freire: uma história de vida. 2. ed. rev. e atual. São Paulo: Paz e Terra, 2017.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/>

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília, DF: MEC, 1997. 126p. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro01.pdf>

CLAREMONT, Chris; JR, John Romita; GREEN, Dan. A Manhã Seguinte. Uncanny X Men 210. Outubro 1986.

CLAREMONT, Chris; JR, John Romita; BLEVINS, Bret. Massacre. Uncanny X Men 211. Novembro 1986.

CLAREMONT, Chris; GUICE, Jackson. Domingo Sangrento. New Mutants 46. Dezembro 1986.

CLAREMONT, Chris; LEONARDI, RICK. A Última Rodada. Uncanny X Men 212. Dezembro 1986.

CLAREMONT, Chris; DAVIS, Alan. Psylocke. Uncanny X Men 212. Janeiro 1987.

FIORI, Ernani Maria. Aprender a dizer sua palavra. In.: FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2005, p. 07-22.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Universidade Estadual Paulista, 2000. 134 p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 44 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 50. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

IRWIN, William. Super-heróis e a filosofia: verdade, justiça e o caminho socrático. Tradução: Marcos Malvezzi Leal. São Paulo: Madras, 2005.

RAMA, Angela. VERGUEIRO, Waldomiro. (orgs). Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula. 3ed. São Paulo: Contexto, 2006.

REBLIN, Iuri Andréas. Para o alto e avante: uma análise do universo criativo dos super- heróis. Porto Alegre: Asterisco. 2008.

SIMONSON, Louise; SHOEMAKER, Terry. Lobos em Pele de Cordeiro. X Factor 9. Outubro 1986.

SIMONSON, Louise; SIMONSON, Walter. Anjo Caído. X Factor 10. Novembro 1986.

SIMONSON, Walter; BUSCEMA, Sal. A Dádiva da Morte. The Mighty Thor 373. Dezembro 1986.

SIMONSON, Louise; BONGDANOVE, Jon. De Quem é o Poder?. Power Pack 27. Dezembro 1986.

SIMONSON, Walter; BUSCEMA, Sal. Chamas da Noite. The Mighty Thor 374. Dezembro 1986.

SIMONSON, Louise; SIMONSON, Walter; Redenção. X Factor 11. Dezembro 1986.

SINGER, Brian. (2000). X-Men: o filme. 20th Century Fox Film Corporation. 1 DVD (104 min.), color.

WELLS, H. G. A máquina do tempo. São Paulo, ALVES EDITORA S.A. 1981.

WESCHENFELDER, Gelson. Aristóteles e os super-heróis: a ética inserida nas histórias em quadrinhos. São Bernardo do Campo, SP: Garcia edizioni, 2014.

Downloads

Publicado

2020-12-14