VIDA E MORTE NO COTIDIANO DE PERSONAGENS SOLITÁRIAS E INFELIZES

Autores

  • Altamir Botoso Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems)

DOI:

https://doi.org/10.22481/folio.v12i2.7876

Palavras-chave:

Condomínio fechado; intertextualidade

Resumo

VIDA E MORTE NO COTIDIANO DE PERSONAGENS SOLITÁRIAS E INFELIZES

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Altamir Botoso, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems)

Doutor em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Professor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems).

 
 

Referências

ASSIS, Machado de. Esaú e Jacó. 4. ed. São Paulo: Cultrix, 1976.

BOTOSO, Altamir. O cotidiano em imagens poéticas: notas sobre o livro Memória das palavras de Weslei Roberto Candido. Resenha. Revista InterteXto, v. 9, n. 2, 2016, p. 1-4. Disponível em: http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/intertexto/article/view/1894/2072. Acesso em: 24 dez. 2020.

SAMOYAULT, Tiphaine. A intertextualidade. Tradução de Sandra Nitrini. São Paulo: Aderaldo & Rothschild, 2008.

SILVA, Marisa Corrêa. Prefácio. In: CANDIDO, Weslei. Condomínio fechado. Guaratinguetá: Penalux, 2020, p. 7-10.

Downloads

Publicado

2021-02-15