CONVERSAS INTERATIVO-PROVOCATIVAS COMO OPÇÃO TEÓRICO-METODOLÓGICA NAS CIÊNCIAS HUMANAS E NA EDUCAÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i37.6207

Palavras-chave:

Ciências Humanas, Conversas interativo-provocativas, Educação, Metodologia de pesquisa

Resumo

Este texto tem como objetivo discutir o emprego de metodologias de pesquisa qualitativa nas ciências humanas e em educação, focalizando as conversas interativo-provocativas como uma opção de teórico-metodológica na produção e interpretação de informações produzidas no contexto empírico da pesquisa, considerando as relações epistêmicas e ontológicas do pesquisador e do sujeito da pesquisa entre si e com o mundo em que o objeto de estudo se situa. A inteligibilidade dos envolvidos na pesquisa (pesquisador e pesquisado) é colocada em pauta, considerando o conhecimento que é produzido durante o ato de produção das informações de pesquisa. No processo de produção da informação, as interações a que se referem as conversas interativo-provocativas ocorrem na medida em que há a necessidade de produzir interpretações para as expressões dos sujeitos da pesquisa. Do mesmo modo, a própria natureza provocativa das conversas gera e/ou alimenta a interação entre pesquisador e sujeito pesquisado. Trata-se de um estudo teórico cuja metodologia se fundamenta em estudo bibliográfico, que, num primeiro momento, apresenta as conversas interativo-provocativas e, em seguida, relata estudos realizados utilizando este instrumento de pesquisa como uma opção de um instrumento de produção de informação. O estudo revela que o referido instrumento vem se consolidando no bojo de pesquisas realizadas, tendo recebido a adesão e, em alguns casos, até o aperfeiçoamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Claudio Pinto Nunes, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - Brasil

Pós-Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) tendo realizado Estágio Doutoral na Universidade de Coimbra (UC). Mestre em Educação e Pesquisa, pela Université Du Québec À Chicoutimi (UQAC). Professor Titular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UESB. Líder do Grupo de Pesquisa Didática, Formação e Trabalho Docente (Difort/CNPq).

Referências

ASSOLINI, Filomena Elaine Paiva. Professoras alfabetizadoras e suas leituras: história, memória e prática pedagógica escolar. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 6, n. 8, jan./jun. 2010. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/616. Acessado em: 24/10/2019.

BARBOSA, Eliza Maria. As práticas pedagógicas e o desenvolvimento dos conceitos não-cotidianos na criança pré-escolar. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/689. Acessado em: 28/09/2019.

BOAVIDA, João; AMADO, João. Ciências da educação: epistemologia, identidade e perspectivas. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2006.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto, 1994.

BRITO, Regivane dos Santos. Formação continuada no âmbito do Programa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) no Município de Jaguaquara-BA. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2018. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2018/08/Disserta%C3%A7%C3%A3o-de-Regivane.pdf . Acessado em: 15/10/2019.

BRITO, Regivane dos Santos; NUNES, Claudio Pinto. Alfabetização no Brasil: políticas públicas com ênfase no PNAIC no município de Jaguaquara/BA. In: CARVALHO, Maria Vilani Cosme de; CARVALHÊDO, Josania Lima Portela (Org.). Caminhos da pós-graduação em educação no Nordeste do Brasil: educação e cidadania. 1ed.Teresina: UDUFPI, 2016, v. 2, p. 101-110.

BRITO, Regivane dos Santos; PRADO, Jany Rodrigues; NUNES, Claudio Pinto. Políticas de formação docente no brasil a partir dos anos 1990. Temas em Educação, João Pessoa, v. 28, p. 02-19, 2019. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/index.php/rteo/article/view/43571?fbclid=IwAR0qOhATaRQC3Mu2ntOuc7f6yKAavPISrKgmkS1Scz3Jniy-93I9hjpCgkQ. Acessado em: 21/10/2019.

BRITO, Regivane dos Santos; PRADO, Jany Rodrigues; NUNES, Claudio Pinto. As condições de trabalho docente e o pós-estado de bem-estar social. Tempos e Espaço em Educação, Aracaju, v. 10, n. 23, 2017. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/revtee/article/view/6676. Acessado em 11/10/2019.

CALAZANS, Di Paula Prado; NUNES, Claudio Pinto. Desenvolvimento e valorização: em destaque os profissionais da educação. In: TEIXEIRA, Eliara Cristina Nogueira da Silva; PRADO, Jany Rodrigues; BRITO, Regivane dos Santos (Org.). Discussões sobre valorização docente. 1. ed. Curitiba: CRV, 2018b. p. 243-253.

CALAZANS, Di Paula Prado; NUNES, Claudio Pinto. Reflexos sobre a formação docente no contexto atual: entre a subserviência e a crítica. Teoria e Prática da Educação, v. 21, p. 41-52, 2018a. Disponível em: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/TeorPratEduc/article/view/45421. Acessado em 21/10/2019.

CAPISTRANO, Naire Jane; ARAÚJO, Maria de Fátima. Formação continuada de professores, educação infantil e o brincar: múltiplos olhares. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/694. Acessado em: 28/09/2019.

CHARLOT, B. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed, 2000.

DUARTE, Alexandre William Barbosa; OLIVEIRA, Dalila Andrade. Valorização profissional docente nos sistemas de ensino de Minas Gerais e Pernambuco. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v.10, n. 17, jun./dez. 2014. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/780. Acessado em: 24/10/2019.

FELIPE, Francisco Flávio Alves. O processo de formação do professor do ensino médio e sua contribuição para o sucesso escolar do aluno. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2017. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2018/03/Disserta%C3%A7%C3%A3o-de-Francisco-F%C3%A1vio-Felipe.pdf . Acessado em 18/10/2019.

FELIPE, Francisco Flávio Alves; NUNES, Claudio Pinto. As políticas educacionais e a escola. In: SANTOS, Arlete Ramos dos; NUNES, Claudio Pinto (Org.). Educação e contextos diversos: implicações políticas e pedagógicas. 1ed. Jundiaí: Paco, 2017. p. 219-231.

FERNANDES, Maria José da Silva; BARBOSA, Andreza. O trabalho docente na rede pública do estado de São Paulo: apontamentos iniciais para a discussão da jornada de trabalho. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v.10, n. 11, jun./dez. 2014. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/782. Acessado em: 23/10/2019.

GONZÁLEZ REY, Fernando. Epistemología cualitativa y subjetividad. São Paulo: EDUC, 1997.

GONZÁLEZ REY, Fernando. Pesquisa qualitativa e subjetividade: os processos de construção da informação. São Paulo: Pioneira Thomson, 2005d.

GONZÁLEZ REY, Fernando. Pesquisa qualitativa em psicologia: caminhos e desafios. São Paulo: Pioneira Thomson, 2005c.

GONZÁLEZ REY, Fernando (Org.). Subjetividade, complexidade e pesquisa qualitativa. São Paulo: Pioneira Thomson, 2005b.

GONZÁLEZ REY, Fernando. Sujeito e subjetividade. São Paulo: Pioneira Thomson, 2005a.

HAGUETTE, Teresa Maria Frota. Metodologias qualitativas na sociologia. 8. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

ILHA, Franciele Roos da Silva; HYPOLITO, Álvaro Moreira. O trabalho docente no início da carreira e sua contribuição para o desenvolvimento profissional do professor. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v.10, n. 17, jun./dez. 2014. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/781. Acessado em: 25/10/2019.

LEONTIEV, Alexis. O desenvolvimento do psiquismo. 2. ed. São Paulo: Centauro, 2004.

MINAYO, Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

NOGUEIRA. Gracilene Mendes de Souza. O ensino fundamental de nove anos na perspectiva dos pais dos estudantes. 1. ed. Curitiba: CRV, 2015.

NOGUEIRA. Gracilene Mendes de Souza. Os sentidos que os pais atribuem à política de ampliação do ensino fundamental de oito para nove anos. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2014. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2016/10/gracilene-mendes.pdf . Acessado em 16/10/2019.

NOGUEIRA. Gracilene Mendes de Souza; NUNES, Claudio Pinto. Ensino fundamental de nove anos: nuances e perspectivas. Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 10, n. 17, p. 165-174, 2014. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/784. Acessado em 13/10/2019.

NOGUEIRA. Gracilene Mendes de Souza; NUNES, Claudio Pinto. Las narrativas de los padres y los viejos problemas de la educación. Amazônidas, Manaus, v. 3, p. 80-97, 2018. Disponível em: http://www.periodicos.ufam.edu.br/amazonida/article/view/4478. Acessado em 14/10/2019.

NOGUEIRA. Gracilene Mendes de Souza; NUNES, Claudio Pinto. Política de ampliação do ensino fundamental de oito para nove anos: sentidos atribuídos por pais de estudantes. Atos de Pesquisa em Educação (FURB), v. 11, p. 701-7, 2016. Disponível em: http://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/5412. Acesso em 16/10/2019.

NUNES, Cláudio Pinto. As ciências da educação e a prática pedagógica: sentidos atribuídos por estudantes do curso de pedagogia. Ijuí: Unijuí, 2011a.

NUNES, Cláudio Pinto Nunes. As ciências da educação e a prática pedagógica: sentidos atribuídos por estudantes do curso de pedagogia. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v.7, n. 10, jan./jun. 2011b. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/657. Acesso em 16/10/2019.

NUNES, Claudio Pinto. Sentidos atribuídos à relação entre conhecimentos das Ciências da Educação e da prática pedagógica. In: RAMALHO, Betânia Leite; NUNES, Claudio Pinto; CRUSOÉ, Nilma Margarida de Castro (Org.). Formação para a docência profissional: saberes e práticas pedagógicas. 1ed. Brasília: Liber Livro, 2014. p. 61-86.

NUNES, Claudio Pinto; BRITO, Regivane dos Santos; PRADO, Jany Rodrigues; CASTRO, P. A. Políticas de formação de professores e identidade profissional docente. In: Claudio Pinto Nunes; Arlete Ramos dos Santos; María Isabel González Terreros. (Org.). Experiências Educativas: Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional. 1ed.Curitiba: Editora CRV, 2018, v. 1, p. 49-71.

NUNES, Cláudio Pinto; RIBEIRO, Márcia Maria Gurgel. A Epistemologia Qualitativa e a produção de sentidos na formação docente. In: NUNES, Claudio Pinto; SANTOS, José Jackson do; CRUSOÉ, Nilma Margarida de Castro. Itinerários de pesquisa: políticas públicas, gestão e práxis educacionais. Passo Fundo: Universidade de Passo Fundo, 2009. p. 243-261.

OJA, Aline Juliana; GIRALDI, Luciana Ponce Bellido; PEREZ, Marcia Cristina Argente. A infância na escola: aprendizagem da leitura e escrita como determinante do desempenho escolar. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/685. Acessado em: 28/09/2019.

OLIVEIRA, Yolanda Dantas de Oliveira. A docência na educação infantil e o espaço para o brincar. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/697. Acessado em: 28/09/2019.

OLIVIERA, João Leandro Cássio de. A política de qualificação docente no IFNMG/Almenara na perspectiva dos envolvidos. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2016. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2018/03/DISSERTA%C3%87%C3%83O-Joao-Leandro-Cassio-de-O..pdf . Acesso em 23/10/2019.

OLIVIERA, João Leandro Cássio de; NUNES, Claudio Pinto. A carreira docente nos Institutos Federais em comparação com outras escolas públicas. Educação e Emancipação, São Luís, v. p. 185-204, 2017b. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/reducacaoemancipacao/article/view/7393. Acesso em 20/10/2019.

OLIVIERA, João Leandro Cássio de; NUNES, Claudio Pinto. Análise da qualificação docente: o caso do IFNMG/Almenara. 1. ed. Novas Edições Acadêmicas, 2017a.

OLIVIERA, João Leandro Cássio de; NUNES, Claudio Pinto. Os programas de incentivo à qualificação do IFNMG na perspectiva docente. Pesquisas sobre Políticas Educacionais. 1ed.Vitória da Conquista: Edições UESB, 2017, v. 1, p. 105-133.

PLATZER, Maria Betanea; MARIZ, Arnaldo Dias. Práticas de leituras na educação infantil: ênfase no trabalho do educador. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/690. Acessado em: 28/09/2019.

PEREZ, Marcia Cristina Argenti. Infância e escolarização: discutindo a relação família, escola e as especificidades da infância na escola. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/684. Acessado em: 24/10/2019.

PRADO, Jany Rodrigues. Os sentidos que professores de educação infantil do município de Guanambi atribuem a sua condição de trabalho docente. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2018. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2018/06/JANY-RODRIGUES-PRADO.pdf . Acesso em 20/10/2019.

PRADO, Jany Rodrigues; BRITO, Regivane dos Santos; NUNES, Claudio Pinto. A formação docente na educação infantil: levantamento de nuances. Colloquium Humanarum, Presidente Prudente, v. 16, n. 4, p.18-34, out/dez, 2019. Disponível em: http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/3306 . Acesso em 30/01/2020.

PRADO, Jany Rodrigues; BRITO, Regivane dos Santos; NUNES, Claudio Pinto. Reflexões sobre as condições de trabalho e a formação docente no cenário das políticas de reformas educacionais. In: Berta Leni Costa Cardoso; Claudio Pinto Nunes. (Org.). Trabalho Docente, Políticas e Gestão Educacional. 1ed.Curitiba: Editora CRV, 2016, v. 1, p. 27-38.

PRADO, Jany Rodrigues; NUNES, Claudio Pinto. As condições de trabalho docente na educação infantil: levantamento de nuances. In: TEIZEIRA, Eliara Cristina Nogueira da Silva; PRADO, Jany Rodrigues; BRITO, Regivane dos Santos (Org.). Discussões sobre Valorização Docente. 1ed.Curitiba: Editora CRV, 2018, v. q, p. 121-132.

PRADO, Jany Rodrigues; NUNES, Claudio Pinto; CARDOSO, Berta Leni Costa. A formação de professores da educação infantil na rede municipal de Guanambi: das propostas oficiais às práticas formativas. In: CARVALHO, Maria Vilani Cosme de; CARVALHÊDO, Josania Lima Portela (Org.). Caminhos da pós-graduação em educação no Nordeste do Brasil: formação e trabalho docente. 1ed.Teresina: EDUFPI, 2016, v. 3, p. 435-462.

RAMOS, Géssica Priscila Ramos; ASSIS, Muriane Sirlene Silva de. O professor de crianças na atualidade: enfoques legais e pedagógicos. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/686. Acessado em: 28/09/2019.

RAMOS, Tacyana Karla Gomes. Investigando a configuração das práticas de cuidar/educar a criança na creche em parceria com professoras de bebês. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/698. Acessado em: 28/09/2019.

RIBEIRO, Júlia Cecília de Oliveira Alves. Valorização docente: formação, salários e desafios para a profissão. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2019. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2020/02/Disserta%C3%A7%C3%A3o-de-Julia-Cec%C3%ADlia.pdf . Acessado em 31/01/2020.

RIBEIRO, Júlia Cecília de Oliveira Alves; NUNES, Claudio Pinto. Formação de professores no contexto neoliberal. Colloquium Humanarum, v. 15, p. 57-71, 2018. Disponível em: http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2458. Acessado em 19/10/2019.

SILVA, Jussara Borges da. A política nacional de formação de professores no território de identidade de Vitória da Conquista: o processo de regulamentação da educação a distância. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2015. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2016/10/Dissertacao-de-Jussara-Borges.pdf . Acessado em 18/10/2019.

SILVA, Jussara Borges da. Política nacional de formação de professores no território de identidade de Vitória da Conquista/BA: o processo de regulamentação da educação a distância. 1. ed. Curitiba: CRV, 2016.

SILVA, Jussara Borges da; NUNES, Claudio Pinto. Política Nacional de Formação de Professores e o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). In: Arlete Ramos dos Santos; Cláudio Pinto Nunes. (Org.). Políticas educacionais, trabalho docente e diversidade: um diálogo necessário. 1ed. Rio de Janeiro: Gramma, 2017. p. 97-111.

SILVA, Jussara Borges da; NUNES, Claudio Pinto. Políticas de formação de professores na modalidade da educação a distância no Brasil. Revista EDaPECI: Educação a Distância e Práticas Educativas Comunicacionais e Interculturais, v. 14, p. 455-469, 2014. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/edapeci/article/view/3308. Acessado em 19/10/2019.

SILVA, Solange Mendes da. O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência como uma política pública de formação de professores: aprendentes e aprendizagens do processo formativo. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2016. Orientador: Claudio Pinto Nunes. Disponível em: http://www2.uesb.br/ppg/ppged/wp-content/uploads/2016/10/SOLANGE-MENDES-DA-SILVA.pdf . Acessado em 23/10/2019.

SILVA, Solange Mendes da. SILVA, S. M. ; NUNES, Claudio Pinto. O PIBID como política pública de formação de professores. Educação em Debate, Fortaleza, v. 38, n. 72, p. 89-103, 2016. Disponível em: http://www.periodicosfaced.ufc.br/index.php/educacaoemdebate/article/view/62. Acessado em 17/10/2019.

SILVA, Carmem Virgínia Moraes da; FRANCISCHINI, Rosângela. O surgimento da educação infantil na história das políticas públicas para a criança no Brasil. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/699. Acessado em: 27/09/2019.

VICTOR, Analice Cordeiro dos Santos. Ensinando e aprendendo a ler na escola infantil: reflexões sobre o saber-fazer de uma professora. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 8, n. 12, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/695. Acessado em: 28/09/2019.

Downloads

Publicado

2020-02-07

Como Citar

NUNES, C. P. CONVERSAS INTERATIVO-PROVOCATIVAS COMO OPÇÃO TEÓRICO-METODOLÓGICA NAS CIÊNCIAS HUMANAS E NA EDUCAÇÃO. Práxis Educacional, [S. l.], v. 16, n. 37, p. 408-439, 2020. DOI: 10.22481/praxisedu.v16i37.6207. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/6207. Acesso em: 17 jan. 2022.