Rastro de perseguição no DEOPS: trajetória, enquadramento na LSN e resistência de um historiador. (Rastro de persecución en DEOPS: trayectoria, clasificación en LSN y la resistencia de un historiador)

Autores

  • Lucileide Costa Cardoso

Palavras-chave:

DEOPS, LSN, Trajetória, Resistência

Resumo

O presente artigo tem o propósito de analisar documentos de natureza repressiva oriundos do Departamento de Ordem Política e Social do Estado de São Paulo, DEOPS, órgão policial pertencente ao DOPS, fundado em 1924 no Brasil para fins de controle e vigilância de atividades, movimentos e indivíduos considerados suspeitos pelo Estado. A partir do Golpe de 1964, o órgão expandiu o seu campo de ação e adquiriu o comando da repressão aos indivíduos considerados "perigosos" à Segurança Nacional, doutrina formulada e colocada em prática pelos cinco governos militares que institucionalizaram o arbítrio e o terror.  Entre os perseguidos, destacamos a trajetória política do ex-guerrilheiro e historiador, Daniel Arão Reis Filho, principalmente pela importância para compreendermos a passagem de muitos jovens que migraram da militância estudantil para a militância armada. Em conjunto com os documentos do DEOPS, analisamos os Processos da Justiça Militar relativos ao historiador, arquivados pelo Projeto Brasil Nunca Mais, pois, oferecem informações preciosas sobre o modo como operou a suspeição e condenação de homens e mulheres que lutaram contra o regime. Trechos de entrevistas do historiador também serão referenciados para compor o rastro de quem viveu e viu por dentro o emprego da tortura, principal engrenagem dos interrogatórios.

Referências

ACERVO DOPS – FUNDO DEOPS/SP/Série DOSSIÊS e PRONTUÁRIOS (Divisão do Arquivo do Estado de São Paulo) – 93 Pastas referentes ao historiador Daniel Aarão Reis Filho.

Arquivo Edgar D Leuenroth. UNICAMP/IF – PROCESSOS: JUSTIÇA MILITAR. Projeto Brasil Nunca Mais – 9 processos de Daniel Aarão Reis Filho.

Downloads

Publicado

2020-11-15

Como Citar

Cardoso, L. C. (2020). Rastro de perseguição no DEOPS: trajetória, enquadramento na LSN e resistência de um historiador. (Rastro de persecución en DEOPS: trayectoria, clasificación en LSN y la resistencia de un historiador). Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo Entre As Ciências, 3(1), 41-62. Recuperado de https://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/1387

Edição

Seção

Artigos de Fluxo Contínuo