FORMAÇÃO DE PROFESSORES: RELATO DE EXPERIÊNCIAS NO CONTEXTO DO PIBID/ UESB

  • Fabiana Andrade Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)
  • Virginia Silveira Baldow Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)

Resumo

 Este artigo procura refletir o ser professor e as suas implicações, mediante a triangulação do pensar-fazer-pensar as aulas de Língua Portuguesa. Para isso, será socializada uma experiência (ação) oriunda do projeto intitulado Grandes Histórias Escritas por Todos Nós, desenvolvido no Colégio Estadual Fernando Spínola, durante o ano letivo de 2019. Cumpre esclarecer que o referido projeto é um desdobramento do Subprojeto de Língua Portuguesa/ Fundamental II do Programa de Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID/2018. Protagonizaram a elaboração e o desenvolvimento dessa experiência (ação) os seguintes sujeitos: as coordenadoras do referido subprojeto; a professora supervisora do ensino fundamental do Colégio Estadual Fernando Spínola; 07 licenciandos do Curso de Letras Vernáculas da UESB, Campus Vitória da Conquista, agora, ex-bolsistas de iniciação à Docência do PIBID e, também, os alunos dos 7º e 9º anos do Ensino Fundamental do referido colégio, em Vitória da Conquista. Como resultado desse processo de (trans) formação docente/discente houve a publicação da Revista Pequenos Grandes Escritores a qual revela que a formação docente, fomentada por meio de políticas públicas, deve ser experienciada não apenas pelos eixos de preparação acadêmica; preparação profissional e prática profissional, mas igualmente, mediante uma formação que não prescinde das vivências e do envolvimento pessoal de todos os envolvidos.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Bahia (Ufba). Professora Assistente da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Literatura e Diversidade Cultural pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Referências

1. BRASIL. Lei Federal n° 9.394, de 20/12/96 - Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm Acesso em: 25 de abril de 2020.
2. CUNHA, Maria Isabel da. O tema da formação de professores: trajetórias e tendências do campo na pesquisa e na ação. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ep/v39n3/aop1096.pdf. Acesso em: 28 de abril de 2020.
3. EMEDIATO, WANDER. Aspectos lógicos, críticos e linguísticos do ensino da leitura e da escrita. In: CAMPOS, Lucas; MEIRA, Vivian ( Orgs.) Teorias linguísticas e aulas de português. Salvador: EDUNEB, 2016.
4. FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 67. Ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2019.
5. MEIRELES, C. disponível em: https://www.pensador.com/frase/MTkzNDU1Mw/.
6. Acesso em 30 abr. 2020.
7. MODL, Fernanda; BIAVATI, Nádia Fernandes Dolores; SOUZA, Ester Maria de Figueiredo. A noção de Gênero E9M) Gestos de Transposição Didática: a análise do discurso crítica e a teoria dialógica da linguagem. In: CAMPOS, Lucas; MEIRA, Vivian (Orgs.) Teorias linguísticas e aulas de português. Salvador: EDUNEB, 2016.
8. NÒVOA, A. Formação de professores e profissão docente. In:______. Os professores e sua formação. 2. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p. 13-33.
Publicado
2020-07-02
Como Citar
SANTOS, Fabiana Andrade; BALDOW, Virginia Silveira. FORMAÇÃO DE PROFESSORES: RELATO DE EXPERIÊNCIAS NO CONTEXTO DO PIBID/ UESB. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 12, n. 1, jul. 2020. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/6605>. Acesso em: 10 ago. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v12i1.6605.