Modelo SIR para propagação da Covid-19 no Estado da Paraíba (Brasil)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/intermaths.v2i2.9696

Palavras-chave:

Mathematical modelling, Epidemiology, Covid-19

Resumo

Este trabalho visa aplicar o modelo compartimental do tipo SIR (Susceptível - Infectado - Removido) na evolução do Covid-19 no Estado da Paraíba e na cidade de Campina Grande - PB. Para tanto, os parâmetros do modelo foram considerados variáveis ao longo da evolução no tempo, dentro de um intervalo adequado. O sistema de equações diferenciais foi resolvido numericamente usando o método de Euler. Os parâmetros foram obtidos ajustando-se o modelo aos dados de infectados fornecidos pela Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba. De acordo com os resultados obtidos, o modelo descreve bem a população infectada. Houve redução no número efetivo de reprodução no Estado da Paraíba e na Cidade de Campina Grande nos períodos analisados. Ressalta-se que, compreender a dinâmica de transmissão da infecção e avaliação da eficácia das medidas de controle, é crucial para avaliar o potencial de ocorrência de transmissão sustentada em novas áreas. O modelo também pode ser aplicado para descrever a dinâmica da epidemia em outras regiões e países.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Célia Maria Rufino Franco, Unidade Acadêmica de Física e Matemática do Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité-PB, Brasil

Professora Adjunto IV da Universidade Federal de Campina Grande, lotada na Unidade Acadêmica de Física e Matemática (UAFM) do Centro de Educação e Saúde (CES), Cuité -PB, Brasil. Mestre em Matemática pela UFPB e Doutora em Engenharia de Processos pela UFCG.

Renato Ferreira Dutra, Instituto de Física, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, AL, Brasil

Graduado em Licenciatura em Física pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Mestre em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Atualmente é aluno de doutorado no Instituto de Física da Universidade Federal deAlagoas (UFAL).

Referências

M. Patrão and M. Reis, “Analisando a pandemia de COVID-19 através dos modelos SIR e SECIAR”, Biomatemática, vol. 30, pp. 111–140, 2020.

C. M. R. Franco and R. F. Dutra, “Modelos matemáticos em epidemiologia e aplicação na evolução da covid-19 no brasil e no estado da paraíba”, Educação, Ciência e Saúde, vol. 7, no. 1, 2020. http://dx.doi.org/10.20438/ecs.v7i1.269

M. H. R. Luiz, “Modelos matemáticos em epidemiologia”, Master’s Dissertation, Matemática, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2012.

D. I. C. Rocha, “Modelos matemáticos aplicados á epidemiologia”, Master’s Dissertation, Matemática e Informática, Universidade do Porto, Porto, 2012.

P. Zhou, X.-L. Yang, X.-G. Wang, B. Hu, L. Zhang, W. Zhang, H.-R. Si, Y. Zhu, B. Li, C.-L. Huang and others, “A pneumonia outbreak associated with a new coronavirus of probable bat origin”, Nature, vol. 579, no. 7798, pp. 270–273, 2020. https://doi.org/10.1038/s41586-020-2012-7

F. Wu, S. Zhao, B. Yu, Y.-M. Chen, W. Wang, Z.-G. Song, Y. Hu, Z.-W. Tao, J.-H. Tian, Y.-Y. Pei and others, “A new coronavirus associated with human respiratory disease in china”, Nature, vol. 579, no. 7798, pp. 265–269, 2020. https://doi.org/10.1038/s41586-020-2008-3

M. Kermark and A. Mckendrick, “Contributions to the mathematical theory of epidemics. part i”, Proceedings of the Royal Society of London. Series A, vol. 115, no. 5, pp. 700–721, 1927. https://doi.org/10.1098/rspa.1927.0118

W. O. Kermack and A. G. McKendrick, “Contributions to the mathematical theory of epidemics. ii.-The problem of endemicity”, Proceedings of the Royal Society of London. Series A, vol. 138, no. 834, pp. 55–83, 1932. https://doi.org/10.1098/rspa.1932.0171

W. O. Kermack and A. G. McKendrick, “Contributions to the mathematical theory of epidemics. iii.-Further studies of the problem of endemicity”, Proceedings of the Royal Society of London. Series A, vol. 141, no. 843, pp. 94–122, 1933. https://doi.org/10.1098/rspa.1933.0106

G. Giordano, F. Blanchini, R. Bruno, P. Colaneri, A. Di Filippo, A. Di Matteo, and M. Colaneri, “Modelling the covid-19 epidemic and implementation of population-wide interventions in Italy”, Nature medicine, vol. 26, no. 6, pp. 855–860, 2020. https://doi.org/10.1038/s41591-020-0883-7

F. G. Manrique-Abril, C. A. Agudelo-Calderon, V. M. González-Chordá, O. Gutiérrez-Lesmes, C. F. Téllez-Piñerez, and G. Herrera-Amaya, “Sir model of the covid-19 pandemic in Colombia”, Revista de Salud Pública, vol. 22, no. 1, 2020. https://doi.org/10.15446/rsap.V22.85977

I. F. F. dos Santos, G. A. Almeida, and F. A. B. F. de Moura, “Adaptive SIR model for propagation of SARS-CoV-2 in brazil”, Physica A: Statistical Mechanics and its Applications, vol. 569, 2021. https://doi.org/10.1016/j.physa.2021.125773

W. M. de Souza, L. F. Buss, D. da Silva Candido, J.-P. Carrera, S. Li, A. E. Zarebski, R. H. M. Pereira, C. A. Prete, A. A. de Souza-Santos, K. V. Parag, and others, “Epidemiological and clinical characteristics of the COVID-19 epidemic in Brazil”, Nature human behaviour, vol. 4, no. 8, pp. 856–865, 2020. https://doi.org/10.1038/s41562-020-0928-4

Q. Shi, Y. Hu, B. Peng, X.-J. Tang, W. Wang, K. Su, C. Luo, B. Wu, F. Zhang, Y. Zhang, and others, “Effective control of SARS-CoV-2 transmission in Wanzhou, China”, Nature medicine, vol. 27, no. 1, pp. 86–93, 2021. https://doi.org/10.1038/s41591-020-01178-5

A. de A. Batista and S. H. da Silva, “Um modelo epidemiológico tipo SIR aplicado à dinâmica de disseminação da COVID-19 no Brasil, na Paraíba e em Campina Grande”, preprint, 2020. http://dx.doi.org/10.13140/RG.2.2.26557.69600

“Secretaria de Saúde da Paraíba”, webpage =https://paraiba.pb.gov.br/diretas/saude/coronavirus.

R. C. Bassanezi and W. C. F. Junior, Equações Diferenciais: com aplicações, São Paulo: HARBRA ltda, 1988.

M. W. Hirsch, S. Smale and R. L. Devaney, Differential equations, dynamical systems, and an introduction to chaos, Academic press, 3rd ed., 2013.

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

Franco, C. M. R., & Dutra, R. F. . (2021). Modelo SIR para propagação da Covid-19 no Estado da Paraíba (Brasil). INTERMATHS, 2(2), 39-48. https://doi.org/10.22481/intermaths.v2i2.9696

Edição

Seção

Artigos