Alfabetização: atuação docente e desafios no ensino remoto emergencial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/redupa.v3.13550

Palavras-chave:

alfabetização, docência, ensino remoto emergencial, pandemia

Resumo

Este artigo consiste em um recorte do projeto de pesquisa “Alfabetização em Alagoas no tempo/espaço do Ensino Remoto Emergencial: cenários e discursos” (SANTOS, 2020), que  definiu por objetivo geral investigar a alfabetização no tempo/espaço do ensino remoto emergencial (ERE) em Alagoas na/pós pandemia com foco nos cenários político-pedagógicos e nos discursos de professores alfabetizadores. Foram analisados os dados quantitativos coletados nos municípios de Maceió e Arapiraca, ambos localizados no Estado de Alagoas. Os resultados indicam que a maioria dos docentes que participaram da pesquisa intervieram no ERE em turmas de alfabetização. Ademais, percebe-se que para os respondentes, as aulas remotas podem ser consideradas como uma solução de meio termo, indicando também que tiveram uma preparação razoável para o ERE. Os desafios englobam as dificuldades em conseguir fazer com que os alunos participassem das aulas. Referente às alternativas didáticas, os dados mostram que foram usadas diversas estratégias e plataformas digitais, constatando que a maioria dos docentes dispunha de acesso à internet e às ferramentas tecnológicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrezza Sibelly Soares Mendes, Universidade Federal de Alagoas - Brasil

Graduanda do Curso de Pedagogia na UFAL (Universidade Federal de Alagoas), bolsista no PIBIC e participante do Grupo de Pesquisa GELLITE.

Contribuição de autoria: autora.

Adriana Cavalcanti dos Santos, Universidade Federal de Alagoas - Brasil

Pós-Doutora em Ciências da Educação pela Universidade do Porto - Portugal, sob supervisão da Professora Catedrática Carlinda Leite (2018-2019). Professora Adjunta da Universidade Federal de Alagoas. É líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Didáticas de Leitura, da Literatura e da Escrita (GELLITE).

Contribuição de autoria: autora.

Referências

BARDIN L. Análise de conteúdo. Lisboa: EdiÁıes 70, 2009.

BRASIL. Portaria n.º 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-343-de-17-de-marco-de-2020-248564376.

COLELLO, S. M. G. Alfabetização em tempos de pandemia. São Paulo. 2021

EM REDE, A. Alfabetização em Rede: uma investigação sobre o ensino remoto da alfabetização na pandemia Covid-19- Relatório Técnico (parcial). Revista Brasileira De Alfabetização, v. 13, 185-201, 2020.

FERREIRA, C. R. G.; MICHEL, C. B.; NOGUEIRA, G. M. O “novo normal” no cotidiano das escolas: desafios para alfabetização na perspectiva de duas professoras. Revista Linhas. Florianópolis, v. 23, n. 51, p. 112-139, jan./abr. 2022.

GATTI, B. Grupo focal na pesquisa em ciências sociais e humanas. Brasília: Liber livro, 2005

MAINARDES, J. Alfabetização em tempos de pandemia. Rio de Janeiro: Fórum Estadual de Alfabetização do Rio de Janeiro: VW Editora, 2021.

SANTOS et al. Alfabetização no Ensino Remoto Emergencial em Alagoas:. Cotejo de um tempo e espaço praticado. In: MACEDO, Maria do Socorro Alencar Nunes. Retratos da alfabetização na pandemia da COVID-19: resultados de uma pesquisa em rede [recurso eletrônico]. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2022.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. F.; LÚCIO, M. P. B. Metodologia de Pesquisa. Tradução de Daisy Vaz de Moraes. 5. ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

SOARES, M. Alfaletrar: Toda criança pode aprender a ler e a escrever. 1º ed. São Paulo: Contexto, 2020

VALENTINI, V.; VIÉGAS, B. Tecnologia e docência na pandemia: das margens ao centro da disputa pela autonomia. In: MENDONÇA, M.; ANDREATTA, E.; SCHLUDE, V. (Orgs.). Docência pandêmica: práticas de professores de língua(s) no ensino emergencial remoto. São Carlos: Pedro & João Editores, 2021.

Downloads

Publicado

2024-01-15

Como Citar

MENDES, A. S. S.; SANTOS, A. C. dos. Alfabetização: atuação docente e desafios no ensino remoto emergencial. Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 3, p. e13550, 2024. DOI: 10.22481/redupa.v3.13550. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/redupa/article/view/13550. Acesso em: 18 jun. 2024.