Desafios da implementação do ensino (superior) online em Moçambique

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/redupa.v3.14317

Palavras-chave:

desafios, ensino hibrido, ensino superior, Moçambique

Resumo

O estudo identificou os desafios enfrentados na implementação do ensino online pelas instituições de ensino superior moçambicanas. O interesse pelo tema foi motivado por ter sido constatado que maior parte das instituições de ensino superior em Moçambique já assumem no papel, a implementação do ensino hibrido, que inclui a modalidade presencial e online, porém, não se vislumbram grandes realizações de apetrechamento em equipamentos e infraestruturas informáticas. Portanto, para permitir aprofundar o assunto em destaque, definiu-se um estudo de caso único, com uma abordagem qual-quantitativa e de natureza descritiva. Realizou-se entrevistas semiestruturadas, análise de documentos e foi feita a observação de vários elementos, como forma de coleta de dados. Procedeu-se com a discussão dos mesmos, através da triangulação de fontes e do quadro teórico. Os resultados revelam que existe um desejo em implementar o ensino online, o qual é manifestado no papel, porém, as instituições não se encontram preparadas para a realização efetiva deste modelo de ensino, fazendo com que, embora assumam no papel, na prática nada ou pouco acontece. Assim, os desafios da implementação deste modelo de ensino são: Elevado custo da internet; qualidade da internet (tem sido muito lenta); falta de equipamentos e infraestruturas informáticos; fraco domínio das tecnologias tanto pelos professores como pelos alunos; a instituição não possui condições suficientes para suportar as aulas online. Por isso, recomenda-se que, a implementação do ensino hibrido, com destaque para o online, pode ser feita de forma faseada e, aos poucos vai-se consolidando de forma geral na instituição, acompanhando-se do desenvolvimento tecnológico institucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felismino Basílio, Universidade Zambeze - Moçambique

Doutor em Inovação Educativa pela Universidade Católica de Moçambique. Docente na Universidade Zambeze. Chefe do Departamento de Avaliação de Qualidade da Faculdade de Ciências Agrárias.

Victória Júlio Tipira Basílio, Universidade Zambeze - Moçambique

Licenciada em História Política e Gestão Publica, Técnica da repartição de registo académico na Universidade Zambeze, Faculdade de Ciências Agrariás.

Afonso Valentim Sefu, Universidade Rovuma – Mocambique

Mestre em Educação, doutorando em Inovação Educativa, docente na Universidade Rovuma, Instituto Superior de Recursos Naturais e Ambiente, Cabo Delgado.

Referências

ANDRADE, Sidnei; JUNGER, Alex Paubel; AMARAL, Luiz Henrique et al. Os desafios do Ensino à Distância e do uso da Tecnologia de Informação e Comunicação. Revista de Casos e Consultoria, v. 11, n. 1, p. 1-12, 2020.

BASILIO, Felismino. O contributo da Autoavaliação na melhoria de qualidade institucional: o caso de uma universidade pública na província de Tete. Tese de doutoramento. Universidade Católica de Moçambique, Doi: 10.13140/RG.2.217349.42727, 2023.

BUENO, Ana Paula. ; RITZEL, Marcelo Iserhardt. A Informática no Contexto Educacional. Revista Conhecimento Online, v. 2, 2013.

CARVALHO, Ana Amélia. Apps para dispositivos móveis: manual para professores, formadores e bibliotecários. Portugal: Ministério da Educação, 2015. p. 1-364.

DELLOS, Ryan. Kahoot! A digital game resource for learning. International Journal of Instructional Technology And Distance Learning, v. 12, n. 4, p. 49-52, 2015.

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR. Chamada MCTES no 106/CEES/2022.

NEDER, Maria Lucia Cavalli. A formação do professor a distância: desafios e inovações na direção de uma prática transformadora. 2009.

PACIEVITCH, Thais. Tecnologia da informação e comunicação. Disponível em: <http://www.infoescola.com/informatica/tecnologia-da-informacao-e-comunicacao/>. Acesso em: 23 out. 2023.

SANTOS, Edméa. Pesquisa-formação na cibercultura [Formation-research in cyberculture]. Teresina, Brazil: Brazil EDUFPI, 2019.

DA SILVA, João Batista; DE OLIVEIRA SILVA, Diego; SALES, Gilvandenys Leite. Modelo de Ensino Híbrido: a percepção dos alunos em relação à Metodologia progressista x Metodologia tradicional. Revista Conhecimento Online , 2018, 2, p. 102-118.

SILVA, Claudinete de Jesus da. (2021) Ambientes virtuais de aprendizagem: limites e possibilidades para utilização no ensino médio virtual. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar, v.2, n.1.

TUMBO, Dionísio Luís. A Educação a Distância suportada por Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação na Universidade Pedagógica de Moçambique: proposta de indicadores de qualidade a considerar na implementação. 2018.

Downloads

Publicado

2024-06-15

Como Citar

BASÍLIO, F.; BASÍLIO, V. J. T.; SEFU, A. V. Desafios da implementação do ensino (superior) online em Moçambique. Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 3, p. e14317, 2024. DOI: 10.22481/redupa.v3.14317. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/redupa/article/view/14317. Acesso em: 18 jul. 2024.