O Plano Nacional de Educação e os desafios para a formação continuada de professores no município de Ilhéus, BA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/redupa.v3.14451

Palavras-chave:

política de formação de professores, Plano Nacional de Educação, PNE, políticas públicas educacionais

Resumo

Este artigo apresenta dados parciais da pesquisa em andamento sobre o cumprimento da Meta 16 do Plano Nacional de Educação - PNE, a qual estabelece parâmetros a serem alcançados em relação à formação continuada de professores, no município de Ilhéus, Bahia. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo que tem como instrumento para coleta de dados a análise documental e a realização de entrevistas semiestruturadas. Os resultados preliminares deste estudo apontaram para o não cumprimento de toda a referida Meta no município, porém sinaliza que os esforços feitos pelas diferentes gestões municipais na década do PNE (2014-2024) a necessidade de maior comprometimento das políticas públicas locais com o incentivo à carreira docente e sua contínua melhoria, bem como o investimento em sistemas de análises que possam dar suporte para avaliações mais próximas das necessidades formativas da rede e dos docentes. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine Cristina Souza, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - Brasil

Mestranda em educação pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), integrante do Núcleo de pesquisa, estudo e formação de professores (NEFOP). Supervisora escolar da rede municipal de ensino de Itajaí, SC.

Leila Pio Mororó, Universidade do Sudoeste da Bahia - Brasil

Doutora e Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). É professora Plena com dedicação exclusiva (D.E.) da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação de de cursos de licenciatura da UESB, coordena o Núcleo de pesquisa, estudo e formação de professores NEFOP. 

Referências

BRANDÃO, L. L. V. de S.; SILVA, T. R. da. A quem serve o Plano Nacional de Educação? Educação e trabalho no PNE 2014-2024. Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 2, p. e13758, 2023. DOI: 10.22481/redupa.v2.13758. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/redupa/article/view/13758. Acesso em: 7 fev. 2024.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira- INEP. Relatório do quarto ciclo de monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação- PNE. [2022]. Disponível em: https://download.inep.gov.br/publicacoes/institucionais/plano_nacional_de_educacao/relatorio_do_quarto_ciclo_de_monitoramento_das_metas_do_plano_nacional_de_educacao.pdf. Acesso em: 01 set. 2023.

BRASIL. Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de dezembro [1996]. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 18 set. 2023.

BRASIL. Lei º 13005 de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, nº120, 26 de junho de 2014 p.1. Disponível em https://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=26/06/2014&jornal=1000&pagina=1&totalArquivos=8. Acesso em: 16 set. 2023.

BRASIL. Resolução Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno de 18 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Diário Oficial da União, Brasília, 4 de março de 2002. Seção 1, p. 8. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=159261-rcp001-02&category_slug=outubro-2020-pdf&Itemid=30192 Acesso em: 20 set. 2023.

GATTI Bernardete A. Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de Educação v. 13 n. 37 p. 57-70, jan./abr. 2008. Disponível em https://www.scielo.br/j/rbedu/a/vBFnySRRBJFSNFQ7gthybkH/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 08 set. 2023.

GATTI, Bernarderte A. Questão docente: formação, profissionalização, carreira e decisão política. In: CUNHA, Célio da; SOUSA, José Vieira de; SILVA, Maria Abádiada. (Orgs) Políticas Públicas de Educação na América Latina: Lições aprendidas e desafios. São Paulo: Autores Associados, 2011.

ILHÉUS. Relatório de monitoramento do Plano Municipal de Educação (2022). Documentos internos. Secretaria Municipal de Educação. Ilhéus, Bahia, 2022.

ILHÉUS. Parecer 03/2020 – Documento Curricular Referencial de Ilhéus CME-Conselho Municipal de Educação de Ilhéus publicado em 13 de janeiro de 2021 no Diário Oficial Eletrônico, Edição n. 014, Caderno I. Disponível em: https://www.ilheus.ba.gov.br/diario-eletronico. Acesso em: 10 set. 2023.

ILHÉUS. Lei 3.629 de 23 de junho de 2015. Aprova o Plano Municipal de Educação em consonância com a lei 13.005/2014. Diário Oficial do Município, Ilhéus, Bahia, 24 de junho de 2015 Ano II, nº042 caderno I. Disponível em https://sds.ilheus.ba.gov.br/diario-eletronico.Acesso em: 20 set. 2023.

LEHER, Roberto. Organização, Estratégia Política e o Plano Nacional de Educação. Site Marxismo 21.org p.1-12, 2014. Disponível em: https://marxismo21.org/wp-content/uploads/2014/08/R-Leher-Estrat%C3%A9gia-Pol%C3%ADtica-e-Plano-Nacional-Educa%C3%A7%C3%A3o.pdf Acesso em: 07 set. 2023.

MARCELO, Carlos. La evaluación del desarrollo profesional docente: de la cantidad a la calidad. Revista Brasileira de formação de professores – RBFP, Vol. 1, n. 1, p.43-70, Maio/2009. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Carlos-Marcelo/publication/233966640_La_evaluacion_del_desarrollo_profesional_docente_de_la_cantidad_a_la_calidad/links/0fcfd513c7011b5db1000000/La-evaluacion-del-desarrollo-profesional-docente-de-la-cantidad-a-la-calidad.pdf Acesso em: 24 set. 2023.

MASSON, GISELE. Políticas de formação de professores: as influências do neopragmatismo da agenda pós-moderna. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2009. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93077. Acesso em: 07 set. 2023.

NUNES, Bruno Teles. O mestrado profissional em ensino na formação continuada: da motivação docente à escola. Tese (doutorado). Brasília/DF, 2017. 217 f. Disponível em: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2341. Acesso em: 24 set. 2023.

SAVIANI, Demerval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2007.

TAKAI, Andréa Midori. Perspectivas do PROFMAT: política pública em construção. Tese (doutorado). Porto Alegre/RS, 2017. 175f. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/159502. Acesso em: 24 set. 2023.

XIMENES, Priscilla de Andrade Silva. MELO, Geovana Ferreira. BNC - Formação de Professores: da completa subordinação das políticas educacionais à BNCC ao caminho da resistência propositiva. Revista Brasileira: Estudos pedagógicos. Brasília, v. 103, n. 265, p. 739-763, set./dez. 2022. Acesso em: 24 set. 2023.

Downloads

Publicado

2024-06-12

Como Citar

SOUZA, E. C.; MORORÓ, L. P. O Plano Nacional de Educação e os desafios para a formação continuada de professores no município de Ilhéus, BA . Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 3, p. e14451, 2024. DOI: 10.22481/redupa.v3.14451. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/redupa/article/view/14451. Acesso em: 18 jul. 2024.