Relações identitárias dos formadores de professores com a licenciatura em educação do campo

Autores

  • Magno Nunes Farias
  • Wender Faleiro da Silva

Palavras-chave:

Educação do Campo, Formação docente, Interdisciplinaridade

Resumo

A Educação do Campo vem conquistando espaço na agenda pública educacional, um dos seus marcos é a consolidação da Licenciatura em Educação do Campo, que vem se expandindo, porém enfrente alguns desafios para seu fortalecimento. Sendo assim, este trabalho apresenta uma análise do perfil dos docentes que atuam na Licenciatura em Educação do Campo – Habilitação Ciências da Natureza (Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão), tendo em vista os desafios de formação docente, como a carências de sujeitos empoderados com a lógica da interdisciplinaridade e a ausência do domínio sobre as particularidades do campo, objetivando assim contribuir para superação dessas barreiras. Foi realizada uma análise do Currículo Lattes dos onze docentes que atuam no campus Catalão, especificamente das categorias: Formação Acadêmica/titulação, Formação complementar, Atuação Profissional, Projetos de Pesquisa/Extensão e Produções. Os resultados mostraram que a maioria dos docentes ingressou como formadores sem apresentar envolvimento com a temática Educação do Campo, esse envolvimento passou a acontecer após o ingresso, majoritariamente nas áreas projetos de pesquisa/extensão e produções. Isso demonstra a carência de docentes que se dedicaram ao longo da formação a Educação do Campo, além de evidenciar a ausência dessa temática no Ensino Superior brasileiro. O aspecto positivo é que os docentes começaram a debruçar sobre a temática, mostrando que esses docentes estão aprendendo e pesquisando as múltiplas faces da Educação do Campo, ou seja, estão tendo identidade e dedicação ao mesmo, contudo este envolvimento está andando junto com o trabalho docente, tornando sua atuação muito mais desafiadora e propensa a erros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2015-10-25

Como Citar

FARIAS, M. N.; DA SILVA, W. F. Relações identitárias dos formadores de professores com a licenciatura em educação do campo. Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 12, n. 23, p. 353-375, 2015. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/918. Acesso em: 29 fev. 2024.