30 pontos da educação nova de Adolphe Ferrière nas pesquisas nacionais: um estado do conhecimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/redupa.v2.12159

Palavras-chave:

30 pontos, educação nova, escola nova

Resumo

Este artigo tem como objetivo mapear pesquisas brasileiras que citam os 30 pontos da Educação Nova. Para isso, foi realizado um mapeamento de pesquisas que citam esses pontos, por meio de um Estado do Conhecimento. Como resultado, podemos sintetizar as visões dos autores dos estudos mapeados da seguinte forma: os 30 pontos da Educação Nova foram escritos e fazem parte do legado do educador suíço Adolphe Ferrière, considerado um dos principais ideólogos do Movimento Escola Nova. Esses pontos foram publicados pela primeira vez em 1915, no prefácio do livro de Faria Vasconcelos: “Une école nouvelle en Belgique”. Ao final, esperamos que esse mapeamento possa motivar novas pesquisas a respeito dos 30 pontos da Educação Nova, visto a sua importância para o movimento Escola Nova, cujos princípios ainda fazem parte de uma ideação de educação escolar longe de ser concretizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ari Teixeira Almeida Neto, Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza – Brasil

Mestre em Educação pela UFSCar, campus Sorocaba. Professor do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, CEETEPS, Itapetininga, São Paulo. Contribuição de autoria: coleta e análise dos dados, escrita do artigo.

Ivan Fortunato, Instituto Federal de São Paulo – Brasil

Doutor em Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades (FFLCH/USP, 2022), Doutor em Desenvolvimento Humano e Tecnologias (IB/UNESP, 2018) e Doutor em Geografia (IGCE/UNESP, 2014). Professor em regime de dedicação exclusiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), campus Itapetininga. Contribuição de autoria: análise dos dados, escrita do artigo.

Referências

ALVES, Luís Alberto Marques. República e educação: dos princípios da escola nova ao manifesto dos pioneiros da educação. História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Porto, v. 11, p. 165-180, 2010. http://aleph.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/3654/3410

CARBELLO, Sandra Regina Cassol. A proposta da escola parque: notas para pensarmos políticas públicas para a educação no Brasil. In: X APNED SUL, Florianópolis. Anais [...], 2014.

CARBELLO, Sandra Regina Cassol; RIBEIRO, Ricardo. Escola Parque: notas sobre a proposta de Anísio Teixeira para o ensino básico no Brasil. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 9, n. 2, p. 365-377, 2014. https://doi.org/10.21723/riaee.v9i2.7041

CRUZ, Maria Gabriel Moreno Bulas. Antônio de Sena Faria de Vasconcelos (1880-1939): um português no movimento da “Escola Nova”. Educação em Revista, Marília, v. 2, n. 1, p. 138–149, 2021. https://doi.org/10.36311/2236-5192.2001.v2n1.672

FORTUNATO, Ivan. Gênero e educação escolar: manutenção ou ruptura do mundo binário? Revista Hipótese, Bauru, v. 8, e022011, 20220. https://doi.org/10.47519/eiaerh.v8.2022.ID407

FORTUNATO, Ivan. Educação e o tempo presente: menos carpe diem, mais alegria na escola. Quaestio, Sorocaba, v. 23, n. 1, p. 199-209, 2021. https://doi.org/10.22483/2177-5796.2021v23n1p199-209

FORTUNATO, Ivan. Ainda é preciso ter Cuidado: Escola?! InterScience Place, Campo dos Goytacazes, v. 11, n. 2, p. 86-95, 2016. http://dx.doi.org/10.6020/1679-9844/v11n2a5

GOMES, Selma Regina. Armanda Álvaro Alberto: uma educadora e feminista brasileira - a lacuna inaceitável da história. Educativa, Goiânia, v. 22, p. 1-18, 2019. http://dx.doi.org/0.18224/educ.v22i2.8114

LOURENÇO FILHO, Manoel Bergström. Introducção ao estudo da Escola Nova. São Paulo: Cia. Melhoramentos, 1930.

MAIRA DE MELO, Roberta. Título. In: ARSLAN, Luciana Mourão; MAIRA DE MELO, Roberta (org.) Artes visuais e educação: ensino e formação. Uberlândia: EDUFU, 2017. p. 71-85.

MANIFESTO dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959). Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010.

MELO JR., Arlindo Lins de; FORTUNATO, Ivan. Formação inicial e continuada de professores indígenas: teses e dissertações 2010-2017. Olhar de Professor, Ponta Grossa, v. 21, n.1, p. 47-57, 2018. https://doi.org/10.5212/OlharProfr.v.21i1.0004

MENEZES, Ebenezer Takuno de. Verbete Escola Parque. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2001. Disponível em https://www.educabrasil.com.br/escola-parque/. Acesso em 09 dez 2022.

MIGNOT, Ana. Decifrando o recado do nome: uma escola em busca de sua identidade pedagógica. R. bras. Est. pedag., Brasília, v. 74, n. l78, p. 619-638, 1993. https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.74i178.1183

MIGUEL, Maria Elisabeth Blanck. Nota biográfica em comemoração ao nascimento de Eny Caldeira. Educar em Revista, Curitiba, n. 62, p. 311-316, 2016. https://doi.org/10.1590/0104-4060.49144

MONARCHA, Carlos. Resenha: Introdução ao estudo da Escola Nova. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 14, p. 170-176, 2000. https://www.scielo.br/j/rbedu/a/7DTgfnhHScsNznd6BCJBYqJ/?lang=pt

MONTEIRO, Luana; FORTUNATO, Ivan. A relação entre saberes docentes e a formação continuada: teses e dissertações 2012-2017. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 4, p. 2260-2274, 2019a. https://doi.org/10.21723/riaee.v14i4.12276

MONTEIRO, Luana; FORTUNATO, Ivan. Educação Ambiental e a Formação Inicial Docente: análise das teses nacionais 2013-2017. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 21, p. 228-249, 2019b. https://doi.org/10.22196/rp.v21i0.4652

MORAES, Josén Damiro de. Armanda Álvaro Alberto: Escola Nova e repressão política nos anos 1930. REVISTA HISTEDBR On-line, Campinas, nº 53, p. 183-195, 2013. https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640200/7759

PEREIRA, Denise Perdigão. O Ensino de Arte na Escola Nova em Minas Gerais na perspectiva da revista do ensino entre os anos de 1927 e 1933. Cadernos de História da Educação, Uberlândia, v. 17, n. 2, p.419-438, 2018. https://doi.org/10.14393/che-v17n2-2018-9

PERES, Eliane Teresinha. A escola ativa na visão de Adolphe Ferrière: elementos para compreender a escola nova no Brasil. In: STEPHANOU, Maria; BASTOS, Maria Helena Camara (org.). Histórias e memórias da educação no Brasil: século XX. Petrópolis: Vozes, 2005. v. 3. p. 114-128

PERES, Eliane Teresinha. O diabo inventou a escola? A escola ativa na visão de Adolphe Ferrière. In: 25ª REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO. Caxambu: Anais [...], 2002.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodoro. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte”. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 6, n. 19, p. 37-50, 2006. https://www.scielo.br/j/es/a/vPsyhSBW4xJT48FfrdCtqfp/?format=pdf&lang=pt

SOUZA, Rianny Andrade de; LANFRANCO, Áurea Cristina Pires Marcelino; FORTUNATO, Ivan. Ensino de Física nos anos iniciais do ensino fundamental: um estado do conhecimento. Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, v. 7, n. 5, p. 42-57, 2020. https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rbic/article/view/58

SOUZA DA SIVA, João Paulo de. Sob o signo da modernidade: educação e psicologia na trajetória intelectual de Eny Caldeira (1912-2002). Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2018.

Pesquisas Mapeadas

ALMEIDA, Marilene Oliveira; VENEROSO, Maria do Carmo de Freitas; CAMPOS, Regina Helena de Freitas. Circulação, recepção e apropriação do método de ensino do desenho de Louise Artus-Perrelet: educação estética e modernismo na formação de professores primários no início do século XX. PÓS:Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v.10, n.20, p. 181-214, 2020. https://doi.org/10.35699/2237-5864.2020.20508

AZEVEDO, Marcio Adriano de. Avaliação do programa Escola Ativa como política pública para escolas do campo com turmas multisseriadas: a experiência em Jardim do Seridó/RN (1998-2009). 2010. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

CARDOSO, Aliana Anghononi; PERES, Eliane. A expressão da modernidade pedagógica em Pelotas: a criação do grupo escolar Joaquim Assumpção. Cadernos de História da Educação, n. 3, p. 97-108, 2004. https://seer.ufu.br/index.php/che/article/view/368

CASTRO, Clovis Pinto de. Teologia e currículo: multiculturalismo e cidadania como parâmetros para a elaboração do currículo teológico nas instituições de tradição protestante. 2006. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2006.

MARQUES, Franciele Fátima. Uma recontextualização do pensamento freireano nas sociedades complexas: a autonomia como um princípio educativo democrático. 2016. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2010.

RODRIGUES, Edile Maria Fracaro; JUNQUEIRA, Sérgio Rogério Azevedo. Educação e religião no projeto de Sofia Cavalletti: um modelo pedagógico e cultural. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 19, n. 63, p. 1374-1396, 2019. https://doi.org/10.7213/1981-416x.19.063.ds03

SANTOS, Ednei Otávio da Purificação. A proposta educacional de Anísio Teixeira para a escola parque da década de 1950 - aplicação a modelagem digital. 2020. Tese (Doutorado em Difusão do Conhecimento) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2020.

SILVA, João Paulo De Souza da. Percurso entre modernidades: trajetória intelectual da educadora Eny Caldeira (1912-1955). 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2013.

SILVA, Priscila Louredo Alves da. Armanda Álvaro Alberto e o Cinema Educativo na Escola Regional de Meriti. 2019. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, 2019.

Downloads

Publicado

2023-03-01

Como Citar

ALMEIDA NETO, A. T.; FORTUNATO, I. 30 pontos da educação nova de Adolphe Ferrière nas pesquisas nacionais: um estado do conhecimento. Revista Educação em Páginas, Vitória da Conquista, v. 2, p. e12159, 2023. DOI: 10.22481/redupa.v2.12159. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/redupa/article/view/12159. Acesso em: 18 jun. 2024.