Palavra e pensamento: reflexões sobre experiências na gestão da educação em contextos situados

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/poliges.v4i2.13648

Palavras-chave:

Espaços educativos, Gestão democrática, Gestão educacional e escolar

Resumo

O presente trabalho mantém vinculação com uma pesquisa em andamento no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) – UEMA, porém as reflexões aqui apresentadas derivam de uma experiência na disciplina “Gestão Educacional e Escolar: fundamentos, processos e práticas”, mediada por duas professoras, com a intenção de discutir conceitos e abordagens que possam auxiliar mestrandos/as a pensarem os objetos em investigação que fazem parte da linha de “política e Gestão da Educação” no referido programa. A análise centra-se na discussão de como fundamentos históricos, teóricos e legais da administração e da gestão escolar, em particular servem de base para a organização democrática e participativa da escola por meio de sujeitos/as que nela atuam. A escrita do texto objetiva apresentar recortes de discussões realizadas em sala de aula e suas implicações na qualificação de reflexões requeridas pelas pesquisas daqueles/as que fazem parte do grupo. A produção tem como método a realização de uma narrativa que dialoga com referenciais bibliográficos como Saviani (1984), Fonseca (1994), Hora (1994; 2004), Francisco Filho (2001), Lima (2002), Dourado (2007; 2011), Ferreira (2008), Demo (2009), Paro (2000, 2006, 2007, 2016), dentre outros que tratam da temática gestão e suas relações. Pode-se inferir que os processos e a materialização teórico-práticas da gestão educacional e escolar precisam ser explorados - como no componente curricular -, para que sejam construídas proposições tanto para aprofundar análises em pesquisas   como para uso em espaços educativos, na perspectiva democrática e crítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Chiara Maria Fernandes da Silva, Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) - Brasil

Mestrado Profissional em Educação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Licenciatura em Pedagogia pelo UNICEUMA, Professora da rede Pública Municipal do Maranhão, membro do Grupo de Pesquisa em Planejamento e Qualidade em Educação Básica (GPQe) na Universidade Estadual do Maranhão. Correio eletrônico:  chiaramfs@hotmail.com

Maria do Socorro Estrela Paixão, Universidade Federal do Maranhão (UFMA) - Brasil

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2015).  Mestra em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Professora titular da Universidade Federal do Maranhão e do programa de Pós-graduação em educação\PPGE-UEMA. Grupo de Estudos e Pesquisas em Gestão, Processos Formativos, Currículo e Estágio (GEPPROFEC). Email: mse.paixao@ufma.br

Referências

ABRANCHES, M. Colegiado escolar: espaço de participação da comunidade. São Paulo: Cortez, 2003.

ABRÚCIO, F. L. O Impacto do modelo gerencialista na administração pública: um breve estudo sobre a experiência internacional recente, Cadernos ENAP,n, 10, Brasilia, 1997.

ABRÚCIO, F. L. Trajetória recente da gestão pública brasileira: um balanço crítico da renovação agenda de reformas. Revista da Administração Pública. Edição Comemorativa, 2007.

ALVES, A. S; GOMES, A. O. O gerencialismo na gestão pública brasileira via parcerias público-privadas. Revista Brasileira de Educação do Campo. RBEC Tocantinópolis/Brasil v. 5 e10863 10.20873/uft.rbec.e10863, 2020.

APPLE, M. W.; BEANE, J. (Orgs.). Escolas democráticas. São Paulo: cortez, 1997.

BARROSO, J. O reforço da autonomia das escolas e a flexibilização da gestão em Portugal. In: FERREIRA, N. S. C (Org.). Gestão democrática da educação: atuais tendências, novos desafios. São Paulo: cortez, 2000, p. 11-32.

BAUTZER, D. Inovação: repensando as organizações. São Paulo: Atlas, 2009.

BORDENAVE, J. E. D. O que é participação? São Paulo: Brasiliense, 1985.

BRUNO, L. E. N. B. Poder e administração no capitalismo contemporâneo. In: OLIVEIRA, D. A. (Org.) Gestão democrática da educação: desafios contemporâneos. Petrópolis, R.J.: Vozes, 1997. p.15-45.

CASTRO, A. M. D. A Administração gerencial: a nova configuração da gestão da educação na América Latina. RBPAE, Vol. 24, n} 03, 2008).

CUNHA, C. D.; SOUSA, J. V. D; SILVA, M. A.D. (Orgs.). Investigação em política e gestão da educação: método, temas e olhares. Belo Horizonte: Fino Traço, 2016.

DEMO, P. Participação é conquista: noções de política social participativa. Fortaleza: UFC, 1986.

DOURADO, L. F. Políticas e gestão da educação básica no Brasil: limites e perspectivas. Educação e Sociedade, Campinas, V. 28, n. 100 Especial, p. 921-946, out. 2007.

DOURADO, L. F. A escolha de dirigentes escolares: políticas e gestão da educação no Brasil. In, FERREIRA, N. S. C (Org.). Gestão democrática da educação: atuais tendências, novos desafios. 7ª ed. São Paulo: Cortez, 2011.

DOURADO, L. F. (org). PNE, políticas e gestão da educação: novas formas de organização e privatização. (Meio Eletrônico) - Brasília: Anpae, 2020.

DOURADO, L. F.; SIQUEIRA, R. M. A arte do disfarce: BNCC como gestão e regulação do currículo. RBPAE, v. 35, n. 2, p. 291 - 306, maio/ago. 2019.

DRABACH, N. P.; MOUSQUER, M. E. L. Dos primeiros escritos sobre administração escolar no Brasil aos escritos sobre gestão escolar: mudanças e continuidades. Currículo sem Fronteiras, v. 9, n. 2, p. 258-285, jul/dez 2009.

FONSECA, D. M. D. (Org.) Administração educacional: um compromisso democrático. Campinas: Papirus, 1994.

FREIRE, P. R. N. Conscientização: teoria e prática da libertação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

FRANCISCO FILHO, G. A administração escolar analisada no processo histórico. Campinas: Alínea, 2006.

GADOTTI, M; ROMÃO, J. E. (Orgs.) Autonomia da escola: princípios e propostas. São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2001.

HARGREAVES, A.; FINK, D. Liderança sustentável: desenvolvendo gestores da aprendizagem. Porto Alegre: ArtMed, 2007.

HORA, D. L. D. Gestão democrática na escola: artes e ofícios da participação coletiva. Campinas: Papirus, 1994.

______. Gestão educacional democrática. Campinas: Cortez, 2007.

LARROSA, J. Nota sobre a experiência e o saber da experiência. Textos/subsídios ao Trabalho Pedagógico das Unidades da Rede Municipal de Educação de Campinas/FMEC. Leituras – SME, julho de 2002.

LIBÂNEO, J. C. Organização e gestão da escola: teoria e prática. Goiânia: Alternativa, 2004.

LIMA, L. C. Administração Escolar: Estudos. Porto: Porto Editora. Revista Portuguesa de Educação, 2011, 24(1), pp. 249-257 © 2011, CIEd - Universidade do Minho.

LIMA, L. C. Organização escola e a democracia radical: Paulo Freire e a governação democrática da escola pública: São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2002. – (Guia da Escola Cidadã; v.04).

LUCE, M. B; MEDEIROS, I. L. P. D. Gestão escolar democrática: concepções e vivências. Porto Alegre /RS Editora da URFG. 2006.

LUCK, H. Gestão educacional: uma questão paradigmática, v.I, Série Cadernos de Gestão. Porto Alegre: Vozes, 2015. ______. et al. A escola participativa: o trabalho do gestor escolar. 6. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

______. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Editora Positivo, 2009.

KUENZER, A. Z; MACHADO, L. R. S. A pedagogia nova, tecnicismo e educação compensatória. São Paulo: Edições Loyola, 1982.

MONTAÑO, C. Terceiro setor e questão social: crítica ao padrão emergente de intervenção estatal, São Paulo: Cortez, 2010.

NETO, A. C. Democracia: velhas e novas controvérsias. Estudos de Psicologia 1997, 2(2), 287-312 Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

OLIVEIRA, D. A (Org.). Gestão Democrática da Educação: desafios contemporâneos. Petrópolis: Vozes, 2015. OLIVEIRA, Maria Auxiliadora Monteiro. (Org.). Gestão educacional: novos olhares, novas abordagens. Petrópolis: Vozes, 2014.

PARO, V. H. Gestão democrática da escola pública. São Paulo: Cortez, 2016.

_______. Administração escolar: introdução crítica. São Paulo: Cortez, 2006.

_______. Gestão escolar, democracia e qualidade do ensino. São Paulo. Ática. 2007.

_______. Vitor Henrique. Por dentro da escola pública. 3 ed. São Paulo: Xamã, 2000.

ROMANELLI, O. D. O. História da educação no Brasil (1930/1973). Petrópolis: Vozes, 1986

ROSAR, M. D. F. F. Administração Escolar: um problema educativo ou empresarial? 5. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2012. (Coleção Educação contemporânea).

SANTOS. T. F. A. M. D. (org.). Diálogos sobre a educação básica. Curitiba: CRV, 2018.

SAVIANI, D.. Escola e Democracia. Revisada. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.

WEFFORT, F. C. Por que democracia? São Paulo: brasiliense, 1984.

Downloads

Publicado

2023-12-29

Como Citar

SILVA, C. M. F. da .; PAIXÃO, M. do S. E. . Palavra e pensamento: reflexões sobre experiências na gestão da educação em contextos situados. Revista de Políticas Públicas e Gestão Educacional (POLIGES), [S. l.], v. 4, n. 2, p. 3-26, 2023. DOI: 10.22481/poliges.v4i2.13648. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/poliges/article/view/13648. Acesso em: 18 maio. 2024.