Celebrando Florestan Fernandes e a questão da educação brasileira

Autores

  • Amone Inacia Alves

Palavras-chave:

Capitalismo dependente, Ensino brasileiro, Educação, Revolução burguesa brasileira

Resumo

O presente artigo discute a questão educacional brasileira, inserida em um contexto maior do capitalismo dependente e periférico, utilizando como enfoque básico o pensamento de Florestan Fernandes. O centro de análise foi pensar a educação em termos de formação da classe trabalhadora, com qualidade e acessibilidade, visando a possibilitar a construção de uma sociedade democrática e livre. Explica porque a educação de jovens e adultos, pensada em termos de autonomia, é incompatível com a sociedade capitalista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-10-02

Como Citar

ALVES, A. I. Celebrando Florestan Fernandes e a questão da educação brasileira. Práxis Educacional, [S. l.], v. 6, n. 9, p. 169-186, 2010. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/639. Acesso em: 17 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos