Alfabetização de adultos: uma ferramenta para a sustentabilidade

Autores

  • José Luiz Alves
  • Daniela de Oliveira Câncio

Palavras-chave:

Cidadania, Educação, Meio ambiente

Resumo

O presente trabalho estuda a interconexão entre o exercício da sustentabilidade e a educação. Defende-se a ideia que há um aumento das possibilidades de execução de práticas sustentáveis quanto maior for o nível de instrução de um povo. Com vistas a sedimentar esse entendimento, investigou-se algumas normas afetas à matéria, notadamente no que diz respeito à cidadania, educação e ao meio ambiente, dialogando-se com a literatura pertinente e realizando reflexões críticas sobre a temática em questão.  Constatou-se que o engajamento da sociedade é essencial no combate à degradação da natureza. Diante desse cenário, verificou-se a importância de cidadãos atuantes comprometidos com essa luta.  Abordaram-se, assim, alguns aspectos inerentes às práticas educativas no país e estudou-se a problemática dos adultos não alfabetizados e a dificuldade de inseri-los ativamente no meio social, considerando os obstáculos encontrados por aqueles que não têm leitura do mundo, em exercitar seus direitos e deveres. Inferiu-se que a educação é pressuposto da cidadania e que alfabetizar um adulto implica numa transformação libertadora, capaz de formar um cidadão e torná-lo uma ferramenta para a da sustentabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2015-04-22

Como Citar

ALVES, J. L.; CÂNCIO, D. de O. Alfabetização de adultos: uma ferramenta para a sustentabilidade. Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 12, n. 21, p. 231-246, 2015. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/869. Acesso em: 17 abr. 2024.