LETRAMENTO CRÍTICO: O GÊNERO RAP EM UM PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v15i35.5664

Palavras-chave:

Formação Profissional, Letramento, Letramento Crítico

Resumo

Neste artigo relatamos o processo de letramento profissional crítico dentro de uma experiência exitosa realizada via Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Licenciatura em Letras. As atividades de ensino-aprendizagem são desenvolvidas sob sustentação da concepção interacional-dialógica de língua-linguagem em que os gêneros discursivos são basilares para a reflexão e compreensão dos papéis sociais dentro da sociedade organizada. A perspectiva de ação-docente com vistas para o letramento crítico é desenvolvida com base na reflexão-elaboração-execução-reflexão cujo desenrolar assim ocorre: seleção da sustentação teórica para os princípios pedagógicos, elaboração do projeto de ensino, práticas de ensino-aprendizagem, reflexões do processo de letramento profissional docente. A base metodológica para as análises semióticas dos relatos docentes tem cunho qualitativo numa perspectiva etnográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Célia Zeri de Oliveira, Universidade Federal do Pará - Brasil

Doutora em Linguística Aplicada pela Universidade de Aveiro, Portugal. Atualmente é professora na Universidade Federal do Pará (UFPA), Brasil, Instituto de Letras e Comunicação; Faculdade de Letras (FALE). Atua na área de ensino-aprendizagem de línguas. Coordena o Grupo de Pesquisa Letramentos, Identidades e Diversidades.

Downloads

Publicado

2019-10-01

Como Citar

OLIVEIRA, C. Z. de. LETRAMENTO CRÍTICO: O GÊNERO RAP EM UM PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO. Práxis Educacional, [S. l.], v. 15, n. 35, p. 96-109, 2019. DOI: 10.22481/praxisedu.v15i35.5664. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/5664. Acesso em: 26 set. 2021.