PRODUÇÃO CIENTÍFICA NO CONTEXTO EDUCACIONAL DOS POVOS DO CAMPO, ÁGUAS E FLORESTAS NO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v17i44.7020

Palavras-chave:

Produção do Conhecimento, Educação do Campo, Escola do campo

Resumo

Considerando a realidade das comunidades tradicionais do litoral do Paraná e a relação entre Educação do Campo e Território, apresenta discussões sobre os significados da escola do campo a partir do levantamento de pesquisas. Objetiva colaborar com um campo de investigação da área da educação, isto é, a Educação do Campo, articulando a produção do conhecimento registrada, portanto validada pelas instâncias acadêmicas, com as dimensões que a constituem. Procede com o levantamento de informações na base de dados do Catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), apresenta e dialoga com os principais trabalhos encontrados através do uso de descritores. Deste modo, observa que o diálogo com os trabalhos identificados contribui significativamente com novas compreensões e indica que as pesquisas avançam para além da educação, visto que em sua maioria apresentam análises relacionadas com outros aspectos e segmentos da sociedade. Conclui que as revisões bibliográficas são estratégia necessária para verificar o conhecimento produzido em determinada na área de pesquisa e que é urgente a articulação entre os sujeitos do campo, das águas e das florestas, além de outras populações que se encontram à margem para o fortalecimento das comunidades e territórios na luta e garantia dos seus diretos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adalberto Penha de Paula, Universidade Federal do Paraná - Brasil

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professor na Licenciatura em Educação do Campo – Ciências da Natureza da Universidade Federal do Paraná (UFPR) no Setor Litoral – Matinhos – Paraná.

Leilah Santiago Bufrem, Universidade Federal do Paraná – Brasil

Doutora em Ciência da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP). Professora permanente no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Curitiba - Paraná.

Referências

ALBUQUERQUE, Ariane Berg. Vozes desencontradas: a percepção dos estudantes do campo e da escola no campo. 2017. 147 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

ANDREOLI, Vanessa Marion. A educação ambiental no contexto dos colégios estaduais da Ilha do Mel/PR: currículo, ação docente e desenvolvimento comunitário local. 2016. 371 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

ARAÚJO, Jefferson Flora Santos de. O Currículo e as práticas pedagógicas (des)contextualizadas da Escola no Campo do Semiárido Paraibano. 2017. 113 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Formação de Professores) – Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2017.

ARAÚJO, Rafaela Santos. Atos curriculares na escola no campo: proposta para uma educação contextualizada. 2017.151 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Diversidade) - Universidade do Estado da Bahia, Jacobina, 2017.

ARROYO, Miguel Gonzalez. A educação básica e o movimento social do campo. Brasília, DF: Articulação Nacional por uma Educação Básica do Campo, 1999.

BARBOSA, Aline Miranda. Povos e comunidades tradicionais em luta pelo território: intersecções e tensões entre a questão agrária e a questão ambiental. 2014. 139 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014.

BENFICA, Welessandra Aparecida. A escola rural na década de 90: expectativas e significados da experiência escolar para os alunos e suas famílias. 2006. 161 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2006.

BOITO, Crisliane. Práticas pedagógicas para infâncias no/do campo: experiências de uma escola em interlocução com crianças, famílias e comunidade. 2017. 184 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

BUFREM, Leilah Santiago. Informação, conhecimento e verdade: discussões contemporâneas. Brazilian Journal of Information Studies: Research Trends. v. 10, n. 2, p.89-102, 2016.

CALDART, Roseli Salete. A Escola do Campo em Movimento. In: ARROYO, Miguel Gonzalez et al. Por uma educação do campo. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2004.

CORRÊA, Cirlei Marieta de Sena. Casa familiar do mar em Santa Catarina: complexidade de uma prática educativa. 2008. 142 f. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

CORREIA, Elis Santos. O fechamento das escolas do campo em Sergipe: territórios em disputa (2007-2015). 2018. 210 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2018.

CRISTO, Ana Cláudia Peixoto de. Cartografias da educação na Amazônia rural ribeirinha: estudos de currículo imagens, saberes e identidades em uma escola do município de Breves/ PA. 2007. 165 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2007.

CRUZ, Elenciria Oliveira da. A escola no campo: ouvindo crianças e adolescentes da zona rural do município de Viçosa, MG. 2013.233 f. Dissertação (Mestrado em Economia Domestica) – Universidade Federal de Viçosa,Viçosa, 2013.

CUNHA, Lúcia Helena de Oliveira. Significados múltiplos das águas. In: DIEGUES, Antonio Carlos (Org.). A imagem das águas. São Paulo: Hucitec, 2000. p. 15-26.

CUNHA, Lúcia Helena de Oliveira. Ordens e desordens socioambientais: saberes tradicionais em dinâmicas pesqueiras da costa paranaense. 2007. 204 f. Tese (Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007.

CUNHA, Mariângela Hoog. Um “sítio” no mar: estudo da educação escolar na vila de Ilha Rasa /PR. 2010. 175 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2010.

DUARTE, Leticia Ayumi. Argonautas do Superagui: identidade, território e conflito em um parque nacional brasileiro. 2013. 211 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socio-Ambiental) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.

DUARTE, Leticia Ayumi. “Resistir e retomar, nossa terra e nosso mar": os comuns como planejamento e gestão territoriais subversivos em Guaraqueçaba – PR. 2018. 447 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2018.

FARIAS, Rosana Torrinha Silva de. Ensino de geografia nas escolas das ilhas Queimadas/PA: o lugar ribeirinho no contexto amazônico. 2018. 237 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.

FERRAZ, Lidia Rochedo. O cotidiano de uma escola rural ribeirinha na Amazônia: práticas e saberes na relação escola-comunidade. 2010. 256 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.

FERREIRA, Jarliane da Silva. E o rio, entra na escola? Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e os desafios da formação de seus professores. 2010. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2010.

FREITAS, Franceli Fernandes de. A formação de professores da Ilha De Maré-Bahia. 1997.120 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1997.

GUGELMIN, Gloria Maria Mendes Curvo. Educação do campo: uma análise do diálogo entre saber escolar e saber local no contexto do programa ProJovem. 2014. 88 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2014.

KLEIN, Sonia Francisco. Educação do campo: um estudo sobre cultura e currículo na escola municipal de ensino fundamental Crubixá - Alfredo Chaves – Espírito Santo. 2013. 228 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.

KOLLING, Edgar Jorge; NERY, Israel José; MOLINA, Mônica Castagna. Por uma educação básica do campo. v. 1. Brasília: Fundação Universidade de Brasília, 1999.

LIMA, Eloisa Aparecida Cerino Rosa. Educação do campo: rompendo cercas e disputando territórios - estudo das práticas do assentamento Roseli Nunes e escola Madre Cristina. 2017. 173 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial na América Latina e Caribe) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, São Paulo, 2017.

LIMA, Fabiana Ribeiro Souza. Cotidiano em uma escola rural: representações de uma comunidade escolar. 2008.120 f. (Mestrado Em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.

LIMA, Lais Alcantara Rios. O significado das escolas rurais multisseriadas no contexto do município de São Gonçalo dos Campos-BA. 2015. 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Feira de Santana, Feira de Santana, 2015.

LIMA, Maristela Rocha. Sou rural, sou gente, tenho identidade: cultura, cotidiano e narrativas de alunos de escola rural. 2018. 215 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Estado da Bahia, Salvador, 2018.

LIMA, Natamias Lopes de. Saberes culturais e modos de vida de ribeirinhos e sua relação com o currículo escolar: um estudo no município de Breves/PA. 2011. 159 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2011.

MELO, Raimunda Alves. Prática docente na escola do campo: diálogos sobre a articulação dos conhecimentos escolares aos saberes da cultura camponesa. 2014. 162 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2014.

MENDES, Marciane Maria. A escola do campo e seu significado: o ponto de vista de professores e professoras da rede estadual de educação do Paraná. 2009. 171 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2009.

MENDES, Marciane Maria. Especificidades da educação e da escola do campo: documentos oficiais e produção bibliográfica em análise (1996-2016). 2017. 230 f. Tese (Doutorado Em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

MOLINA, Mônica Castagna; ANTUNES-ROCHA, Maria Isabel; MARTINS, Maria de Fátima Almeida. A produção do conhecimento na licenciatura em Educação do Campo: desafios e possibilidades para o fortalecimento da educação do campo. Rev. Bras. Educ. v. 24, p. 1-30, out. 2019.

MOURA, Edinara Alves de. Lugar, saber social e educação no campo: o caso da escola municipal de ensino fundamental José Paim de Oliveira - Distrito de São Valentim, Santa Maria, RS. 2099. 198 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.

MOURA, Ezequiel Antonio de. A coroazinha da Ilha do Mel: territorialidade de uma comunidade tradicional de pescadores (as) artesanais na Ponta Oeste, Paranaguá - PR. 2016. 140 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial Sustentável) - Universidade Federal do Paraná, Matinhos, 2016.

NAHIRNE, Ana Paula. O cotidiano de uma escola do campo e a prática social de ensino da matemática na concepção da comunidade escolar. 2017. 170 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.

OLIVEIRA, Anderson Martins. Proposta pedagógica das escolas das ilhas do litoral paranaense: narrativas de um processo de construção. 2017. 271 f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e em Matemática) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

OLIVEIRA, Francisco Miguel da Silva de. Construção do projeto educativo escolar no contexto de uma escola ribeirinha marajoara: desafios para uma ação participativa. 2016. 113 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2016.

OLIVEIRA, Mara Rita Duarte. A escola rural da vila da paz: um ensaio etnográfico. 2003. 130 f. Dissertação (Mestrado em Agriculturas Amazônicas) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2003.

PAULA, Adalberto Penha. Relações entre Educação do Campo e o território: significados da escola da/na ilha para uma comunidade tradicional de Guaraqueçaba no litoral do Paraná. 2019. 257 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2019.

PEREIRA, Amarildo Nunes. Territorialidades da educação do campo na região sudoeste do Paraná na última década (2000-2010). 2003. 118 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Francisco Beltrão, 2003.

PEREIRA, Rosenildo da Costa. Saberes culturais e prática docente no contexto da escola ribeirinha. 2016. 184 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Estado do Pará, Belém, 2016.

PEZARICO, Giovanna. A casa, a terra e o mar: os objetos e os espaços no contexto da pedagogia da alternância. 2014. 204 f. Tese (Doutorado em Tecnologia) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

PINHEIRO, Maria do Socorro Dias. Currículo e seus significados para os sujeitos de uma escola ribeirinha, multisseriada no município de Cametá – Pará. 2009. 203 f. Dissertação (Mestrado em educação) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2009.

QUEIROZ, Zuleide Fernandes de. A escola rural e a questão do saber: do saber universal ao saber construído pelo homem do campo. 1992. 190 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 1992.

REGO, Marcondes Batista do. O currículo na escola do campo e sua inter-relação com o mundo do trabalho. 2016. 116 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Roraima e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima, Boa Vista, 2016.

REIS, Edmerson dos Santos. A contextualização dos conhecimentos e saberes escolares nos processos de reorientação curricular das escolas do campo. 2009. 318 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2009.

RODRIGUES, Dilma Alves. O significado da escola rural revelado na trilha do trabalho. 1993. 203 f. Dissertação (Mestrado Em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1993.

RODRÍGUEZ, Inés Olivera. Relação juventude - escola frente aos processos excludentes: discutindo as experiências sociais e os sentidos da escolaridade em Chaquira, um caserio rural no litoral norte do Peru. 2008. 224 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

SÁNCHEZ VÁSQUEZ, Adolfo. Filosofia da práxis. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

SANTOS, Aparecido Lino dos. Educação do campo: discursos sobre currículo, identidades e culturas. 2015. 151 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2015.

SILVA, Andrea Natalia da. Currículo e práticas mono/multi/interculturais e a produção de identidades e diferenças na escola estadual do campo Nova Itamarati. 2014. 265 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, 2014a.

SILVA, Iorim Rodrigues da. Gestão democrática na educação do campo: o significado do projeto pedagógico na construção de ações e relações participativas. 2014. 146 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Rondonópolis, 2014b.

SILVA, Marcos Nicolau Santos Da. O território camponês como dimensão educativa: desafios e possibilidades da educação do campo e do ensinar-aprender geografia em Grajaú-MA. 2018. 207 f. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

SILVA, Maria Aparecida Nascimento da. Currículo da escola ribeirinha na Amazônia e a produção da identidade cultural dos docentes e alunos das classes multisseriadas do ensino fundamental. 2015. 185 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2015.

SILVEIRA, Vera Lucia Costa da. O entorno da escola rural Astrogildo Pereira da Costa como constitutivo da construção curricular da escola. 2009. 134 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2009.

SOUZA, Edilma de. Entre cartografias e beiras: espaçostempos de crianças ribeirinhasamazônidas mato-grossenses. 2015. 158 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Cáceres, 2015.

SOUZA, Maria Antônia de. Educação e Movimentos Sociais do Campo: a produção do conhecimento no período de 1987 a 2015. 2. ed. Curitiba: UFPR, 2016.

TEODORO, Bruno Otávio. (Re) Conhecimentos gerais: a escola rural e os múltiplos saberes de um povo geralista, possibilidades e limitações de diálogo. 2010. 165 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília, Brasília, 2010.

UCHOA, Iraci Carvalho. Trabalho e educação do campo no contexto amazônico: um estudo em uma comunidade camponesa do médio Rio Solimões. 2018.133 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.

VASCONCELOS, Maria Eliane de Oliveira. Identidade cultural de estudantes rurais/ ribeirinhos a partir das práticas pedagógicas. 2010. 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2010.

VICTÓRIA, Cláudio Gomes da. Desafios do cotidiano na formação e práxis dos educadores de uma escola ribeirinha no município do Careiro desafios do cotidiano. 2008. 124 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2008.

VIEIRA, Edilaine Aparecida. Jovens, escolarização e livros didáticos: estudo etnográfico em uma escola de assentamento (SC). 2018. 256 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2018.

ZIECH, Marcia Eliana. Educação do campo e a construção da identidade territorial do aluno da escola do campo do Distrito de Cândido Freire – Giruá (RS). 2017. 121 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2017.

Downloads

Publicado

2021-02-01

Como Citar

Paula, A. P. de, & Bufrem, L. S. (2021). PRODUÇÃO CIENTÍFICA NO CONTEXTO EDUCACIONAL DOS POVOS DO CAMPO, ÁGUAS E FLORESTAS NO BRASIL. Práxis Educacional, 17(44), 1-25. https://doi.org/10.22481/praxisedu.v17i44.7020