UNIVERSIDADES ESTADUAIS BRASILEIRAS: DIVERSIDADE ACADÊMICA, CLASSIFICAÇÕES INSTITUCIONAIS E NORMATIVAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i41.7257

Palavras-chave:

Universidades estaduais, diversidade acadêmica, classificação institucional

Resumo

O propósito deste estudo é analisar e discutir o perfil institucional e acadêmico das Universidades estaduais brasileiras (UEs) mediante discussão teórica e análise de dados, tendo em vista critérios de classificação institucional e normativos para universidades. Além da introdução, o estudo está estruturado em três seções que se articulam para as análises e discussões: a) apreciação do perfil institucional e acadêmico das UEs segundo a abordagem proposta por Steiner (2006); b) apreciação do perfil institucional e acadêmico das UEs segundo uma das propostas classificatórias apresentadas por Nunes, Carvalho e Albrecht (2009); c) análise das características institucionais das UEs do país, tendo em vista os parâmetros estabelecidos pela Resolução n.o 03/2010 do Conselho Nacional de Educação, que define os critérios mínimos para que uma Instituição de Educação Superior (IES) seja credenciada/recredenciada como universidade. Os critérios definidos por essa resolução contemplam os previstos na Constituição Federal de 1988 (CF de 1988) e na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB/1996). Do ponto de vista metodológico, o estudo se caracteriza como documental e bibliográfico e possui como fundamento o exame de documentos e de produção intelectual pertinente ao tema, além da apreciação e tratamento de dados disponíveis nos sites do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Conclui-se que em relação à análise das características acadêmicas das UEs, segundo critérios de classificação institucional e normativo, foi possível observar a existência de consideráveis assimetrias entre as UEs do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Renata Ramos da Silva Carvalho, Universidade Estadual de Goiás – Brasil

Doutora em Educação pela UFG, Docente da Universidade Estadual de Goiás - UEG (Câmpus Inhumas); Docente no Programa de Pós-Graduação em Educação da UEG; Integrante da rede Universitas’Br (GT1- Política Econômica e financiamento da educação superior no Brasil). Pesquisadora na área de Políticas Educacionais, gestão e financiamento com ênfase em educação superior e universidades estaduais

Nelson Cardoso Amaral, Universidade Federal de Goiás – Brasil

Doutor em Educação pela Unimep; Professor Associado II, aposentado, da UFG; Docente no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFG; Integrante da rede Universitas’Br (GT1- Política Econômica e financiamento da educação superior no Brasil); Pesquisador na área de políticas educacionais com ênfase financiamento, gestão e avaliação educacional.

Downloads

Publicado

2020-09-07

Como Citar

CARVALHO, R. R. da S.; AMARAL, N. C. UNIVERSIDADES ESTADUAIS BRASILEIRAS: DIVERSIDADE ACADÊMICA, CLASSIFICAÇÕES INSTITUCIONAIS E NORMATIVAS. Práxis Educacional, [S. l.], v. 16, n. 41, p. 147-166, 2020. DOI: 10.22481/praxisedu.v16i41.7257. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/7257. Acesso em: 30 nov. 2021.