Necessidades formativas dos professores que ensinam ciências nos anos iniciais

Autores

  • Ana Lúcia Santos Souza
  • Daisi Teresinha Chapani

Palavras-chave:

Ensino de ciências, Formação docente, Práxis

Resumo

Ensinar Ciências para as crianças dos anos iniciais de escolaridade requer a consideração das especificidades do público e dos objetivos da escola para esta etapa. Este estudo apresenta uma discussão sobre as necessidades formativas dos professores que ensinam Ciências nos primeiros anos do ensino fundamental, posto que as produções sobre o tema ainda são escassas. Inicialmente, o trabalho discute algumas concepções de ciência e, depois, enfatiza a importância do ensino de Ciências para as crianças, bem como as propostas atuais para a área, entre as quais, destaca ensino por investigação e o enfoque ciência-tecnologia-sociedade, que têm sido recomendadas para os anos iniciais e se apresentado como favoráveis à formação para a cidadania. Essas abordagens, no entanto, demandam dos professores a revisão de práticas e a incorporação de novas habilidades, como: a capacidade de questionar concepções distorcidas de ciência e ensino de Ciências e a adoção da pesquisa como instrumento de desenvolvimento profissional. Evidenciamos que as necessidades formativas dos professores dos anos iniciais, devem articular as particularidades das crianças com as finalidades do ensino de Ciências e por isso, concluímos que embora existam limites interpostos entre a formação e atuação de professores que ensinam Ciências nessa etapa da escolaridade, as discussões sobre o tema proposto neste estudo, constituem um ponto de partida para renovações necessárias na formação desses profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

SANTOS SOUZA, A. L.; CHAPANI, D. T. Necessidades formativas dos professores que ensinam ciências nos anos iniciais. Práxis Educacional, [S. l.], v. 11, n. 19, p. 119-136, 2015. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/823. Acesso em: 28 set. 2021.