Programas educionais para promover a escola aberta: exemplos da Alemanha

Autores

  • Heike Schmitz

Palavras-chave:

Comunidade, Cooperação, Escola, Projetos políticoeducacionais

Resumo

Não apenas no Brasil, mas em vários países, como também na Alemanha, verifica-se uma tendência à abertura da escola para a participação de profissionais ou voluntários não-escolares no processo educacional. Palavraschave como community learning school-networks ocupam cada vez mais espaço na discussão educacional. Com objetivo de contribuir na discussão brasileira com exemplos estrangeiros, realizou-se, para este artigo, uma análise descritiva de alguns projetos alemães que buscam um fortalecimento das relações entre a escola e o seu meio social. A avaliação de projetos mostra efeitos positivos, mas também são identificadas dificuldades na participação de pessoas externas – resultados que correspondem ao conhecimento da teoria de cooperação e participação. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-06-06

Como Citar

SCHMITZ, H. Programas educionais para promover a escola aberta: exemplos da Alemanha. Práxis Educacional, [S. l.], v. 5, n. 6, p. 11-32, 2009. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/586. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê temático