OS SENTIDOS DO CURRÍCULO PARA A JUNVENTUDE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i42.7337

Palavras-chave:

EJA Ensino Médio, Juvenilização, Currículo

Resumo

O presente artigo é parte dos estudos de doutoramento sobre o sentido da escola de EJA para seus sujeitos e tem como objetivo apresentar as concepções de currículo expressa pelos jovens participantes dessa pesquisa. A produção de dados ocorreu a partir de um questionário, com questões fechadas e abertas aplicado aos estudantes da EJA das turmas de 1º, 2º e 3º anos de uma Escola da Rede Estadual de Ensino Médio na cidade de Porto Alegre-RS, Brasil. Nesse artigo analisaram-se apenas as respostas dos 144 estudantes, jovens frequentadores da escola. Para a análise dos mesmos adotou-se como referencial teórico Oliveira (2009), Dayrell (2011), Arroyo (2017), Carrano (2007) entre outros que se referem às atribuições e sentidos para a EJA e sua juvenilização. Como resultado da pesquisa, os jovens sujeitos expressaram as seguintes concepções de currículo: a) um currículo voltado ao trabalho que contemple o ensino de conhecimentos almejados para a obtenção de melhores empregos ou melhoras em suas posições profissionais atuais; b) um currículo com viés propedêutico que possibilite a preparação para o ensino posterior, como propósito de retorno aos bancos escolares, seja ele técnico ou superior; c) um currículo voltado para a cidadania que garanta mais conhecimento sobre direitos e deveres do cidadão, para efetivarem suas escolhas em trajetórias futuras de modo mais ampliado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Silva dos Santos , Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – Brasil

Doutora em Educação (PUCRS). Mestra em Educação (UFRGS). Graduada em Letras - Português/Inglês (UnC /SC). Atua como professora na Rede Municipal de Porto Alegre/RS. Pesquisadora na área de Educação de Jovens e Adultos.

 

Marcos Villela Pereira, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – Brasil

Professor Doutor Titular da Pontifícia Universidade Católica do Rio Coordena o CEB - Centro de Ensino e Pesquisa em Contextos e Processos da Educação Básica Grande do Sul, graduado em Filosofia (UCPEL) e doutorado pela PUC/SP., atua nos cursos de Graduação em Pedagogia e Pós-Graduação em Educação.

Referências

ALCOFORADO, Luís. Uma Educação para Todos, ao Longo e em todos os Espaços da Vida: desafios para a construção de políticas públicas promotoras de uma cidadania planetária crítica e ativa. In. SILVA, Marinalva Freire da. Mundos Distantes, Diálogos Possíveis: a vida em Mosaico. João Pessoa: Ideia. 2014. p. 14-34.

ANDRADE, Eliane R.. Os jovens da EJA e a EJA dos jovens. In. PAIVA, Jane; OLIVEIRA, Inês Barbosa de. (Orgs.) Educação de jovens e Adultos. Petrópolis: DP et Alii, 2009.

APPLE, Michael. A política do conhecimento oficial: faz sentido a ideia de um currículo nacional. In. MOREIRA, Antônio Flávio; SILVA, Tomaz Tadeu (orgs.). Cultura, currículo e sociedade. 7.ed. São Paulo: Cortez, 2002.

ARROYO, Miguel. Educação de Jovens e Adultos: um campo de direitos e de responsabilidade pública. In. SOARES, Leôncio; GIOVANETTI, Maria Amélia, GOMES, Nilma Lino (orgs.). Diálogo na educação de jovens e Adultos. 4. ed. Autentica: Belo horizonte, 2011.

ARROYO, Miguel Gonzáles. Passageiros da noite: do trabalho para a EJA: itinerários pelo direito a uma vida justa. Petrópolis: Vozes, 2017.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Lisboa: Difel, 1989.

BOURDIEU, Pierre. A “juventude” é apenas uma palavra. In. BOURDIEU, Pierre. Questões de sociologia. Lisboa: Fim de Século, 2003.

BRASIL. Base Nacional Curricular Comum. Educação é a base. Brasília, DF, 2016. Disponível em:< http://basenacionalcomum.mec.gov.br/a-base> Acesso em: 03 de setembro de 2017.

CARRANO, Paulo. Educação de Jovens e Adultos e Juventude: o desafio de compreender os sentidos da presença dos jovens na escola da “segunda chance”. In. Revista REVEJA (UFMG), online, 2007.

CARRANO, Paulo. A escola diante das culturas juvenis: reconhecer para dialogar. In. Revista Educação. Santa Maria, v.36, p.43-56.jan./abr. 2011.

DAYRELL, Juarez. A escola “faz” as juventudes? Reflexões em torno da socialização juvenil. Educ. Soc., Campinas, vol. 28, n. 100 - Especial, 2007 Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br Acesso em: 23 de novembro de 2015.

DAYRELL, Juarez. O Jovem como sujeito social. Revista Brasileira de Educação, nº24, 2003.

DAYRELL, Juarez; CARRANO, Paulo. Juventude e ensino médio: quem é este aluno que chega à escola. In. DAYRELL, Juarez; CARRANO , Paulo; MAIA, Carla Linhares (Orgs.). Juventude e ensino médio: sujeitos e currículos em diálogo Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2014.

DAYRELL, Juarez. A Juventude e a Educação de Jovens e Adultos: reflexões iniciais – novos sujeitos. In. SOARES, Leôncio; GIOVANETTI, Maria Amélia, GOMES, Nilma Lino (Orgs.). Diálogo na educação de jovens e Adultos. 4. ed. Autêntica: Belo horizonte, 2011.

DI PIERRO, Maria Clara; JR. CATELLI, Roberto. A construção dos direitos dos jovens e adultos à educação na história brasileira recente. In. GRACIANO, Mariângela; LUGLI, Rosário S. G. (orgs). Direitos, diversidade, práticas e experiências educativas na Educação de Jovens e Adultos. São Paulo: Alameda, 2017.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 18 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

KNOWLES, Malcolm. The modern practice of adult education: from pedagogy to andragogy. The adult education Company, Cambridge: New York, 1980.

MACHADO, Jeferson Ventura e FISS, Dóris Maria Luzzardi. Educação de Jovens e Adultos: encantamento e permanência na escola. Dossiê Educação de Jovens e Adultos. In. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, Arizona University, n. 61, vol.22, 2014.

OLIVEIRA, Inês Barbosa de. Reflexões acerca da organização curricular e das práticas pedagógicas na EJA. In. Educ. rev. [online]. 2007, n.29, pp.83-100

OLIVEIRA, Inês Barbosa e COUTINHO, Maria Clara Gama Cabral. Evasão na EJA. Histórias De Abandono Ou Determinação? Usos e táticas de praticantes na autogestão da vida. Dossiê Educação de Jovens e Adultos. In. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas. Arizona StateUniversity, n. 77, vol.21, 2013.

OLIVEIRA, Inês Barbosa de. Organização curricular e práticas pedagógicas na EJA: algumas reflexões. In. Paiva, Jane; Oliveira, Inês Barbosa de. (orgs.) Educação de jovens e Adultos. Petrópolis: DP et Alii, 2009

PAIS, José Machado. A Juventude como Fase de Vida: dos ritos de passagem aos ritos de impasse. In. Saúde Soc. São Paulo, v.18, n.3, p.371-381, 2009.

PAIVA, Jane. Os sentidos do Direito à Educação para Jovens e Adultos. Petrópolis: Ed.FAPERJ., 2009.

PAIVA, Jane; SALES, Sandra. Contextos, perguntas, respostas: o que há de novo na educação de jovens e adultos? In. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, n.69, v.21, p.1-14, set. 2013.

PINTO, Álvaro Vieira. Sete lições sobre educação de adultos. 16 ed. São Paulo: Cortez, 2010

SANTOS, Juliana Silva dos. Entre idas e vindas: uma diversidade de sentidos para a escola de EJA Educação de jovens e adultos: 2018.219f. Tese. (Doutorado em Educação). Programa de Pós-graduação em Educação, PUCRS, Porto Alegre, 2018.

SANTOS, Juliana Silva dos; CORRÊA., I. L. S.. EJA Ensino Fundamental: a (re)inclusão na escola como perspectiva de inserção social no trabalho. REVES, v. 1, p. 137-148-148, 2018.

SANTOS, Juliana Silva dos; PEREIRA, Marcos Villela ; AMORIM, A. . Os sujeitos estudantes da EJA: um olhar para as diversidades. RIEJA, v. 1, p. 122-135, 2018.

SANTOS, Juliana Silva dos; CORRÊA, I. L. S.. A formação docente na EJA: amorosidade, experiência e valorização do professor. Cadernos do aplicação (UFRGS), v. 30, p. 1-14, 2017.

SANTOS, Juliana Silva dos; PEREIRA, Marcos Villela. Educação de jovens e adultos no campo da Educação. In: V Encontro Internacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos, 2018, Porto Alegre. Alfaeeja. Porto Alegre: UFRGS, 2018. v. V. p. 20-27.

SANTOS, Juliana Silva dos; SILVA, J. M.. EJA como perspectiva de ascenção ao mundo do trabalho. In: IV Encontro Internacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos, 2017, Braga - PT. Alfaeeja, 2017. v. IV. p. 1-15.

SANTOS, Juliana Silva dos. Esperança e utopia, continuidade ou abandono: escolhas dos sujeitos estudantes da EJA no que implica suas trajetórias educativas. In: IX Seminário Nacional Diálogos com Paulo Freire: Utopia, Esperança e Humanização, 2015, Taquara. IX Seminário Nacional Diálogos com Paulo Freire: Utopia, Esperança e Humanização. Taquara: Faccat, 2015. v. 1. p. 1-8.

SANTOS, Juliana Silva dos; PEREIRA, Marcos Villela. Educação de Jovens e Adultos: um currículo que demanda mais atenção. In. Dantas, Tânia; Dionísio, Maria de Lourdes; Laffin, Maria Hermínia (orgs.) Educação de jovens e Adultos: políticas, direitos, formação e emancipação social, Salvador: EDUFBA, 2019

SILVA, J. M. ; SANTOS, Juliana Silva dos . A pesquisa-ação no processo dialógico entre extensão e currículo da educação profissional integrada de jovens e adultos. In: IV Encontro Internacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos, 2017, Braga - PT. ALFAEEJA, 2017. v. IV. p. 15-28.

Downloads

Publicado

2020-10-01

Como Citar

dos Santos , J. S., & Pereira, M. V. (2020). OS SENTIDOS DO CURRÍCULO PARA A JUNVENTUDE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA). Práxis Educacional, 16(42), 78-95. https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i42.7337