Produzindo sentidos de educação integral nas escolas cidadãs integrais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v20i51.14163

Palavras-chave:

discurso curricular, educação integral, política do currículo, sentidos

Resumo

Este texto se insere nos debates nacionais sobre a Política de Educação Integral. Nosso objetivo foi compreender os sentidos que têm sido produzidos nos currículos da Educação Integral no estado da Paraíba. A metodologia se amparou numa abordagem qualitativa integrada aos estudos da Teoria do Discurso (TD) de Ernesto Laclau e Chantal Mouffe (2015), por esta considerar as dinâmicas de conflito, negociação e (re)configuração da realidade educacional, problematizando a luta pela produção de sentido hegemônico e os antagonismos produzidos na política. A partir de entrevistas semiestruturada com professores, gestores, estudantes e representantes de pais, foi possível identificar que a política tem funcionado em condições precárias levando em consideração a infraestrutura, formação e remuneração dos atores. O discurso curricular tem se apoiado metaforicamente na totalidade do ser, em busca de uma plenitude impossível de constituir-se em meio a atuação das políticas em que as demandas dos contextos e atores assumem prioridade na atuação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ana Cláudia Silva Rodrigues, Universidade Federal da Paraíba - Brasil

Doutora em Educação pela UFPB. Docente na Universidade Federal da Paraíba. Líder do GEPPC. Professora Permanente do PPGE/UFPB.

Contribuição de autoria: administração do projeto.

Joana Karoline da Silva Elias, Prefeitura Municipal de João Pessoa - Brasil

Professora da Rede Municipal de João Pessoa – PB.

Contribuição de autoria: investigação. 

Rafael Ferreira Souza Honorato, Universidade Estadual da Paraíba - Brasil

Doutor em Educação pela UFPB. Docente na Universidade Estadual da Paraíba. Líder do Grupo GEPCEE.

Contribuição de autoria: análise formal.

 

Referências

ARAÚJO, Kátia Costa Lima Corrêa de. O debate da política curricular para a formação de professores e os sentidos do estágio supervisionado (1996-2006): demandas, antagonismos e hegemonia. 2015. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, UFPE, Recife, 2015.

BALL, Stephen J.; MAGUIRE, Meg; BRAUN, Annette. Como as escolas fazem as políticas: atuação em escolas secundárias. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2016.

CUNHA, Erika Virgilio Rodrigues da; LOPES, Alice Cassimiro. Organização Curricular em Áreas do Conhecimento: o nome da Política Curricular de Ciclos em Rondonópolis-MT. Revista e-Curriculum (PUCSP), v. 1, pp. 826-846, 2013.

GOVERNO DA PARAÍBA. Diretrizes ECI. João Pessoa, 2019.

GOVERNO DA PARAÍBA. Diretrizes Operacionais. João Pessoa, 2018.

HONORATO, Rafael Ferreira de Souza. A política de currículo do Programa de Educação Cidadã Integral para o Atendimento de Adolescentes e Jovens em cumprimento de Medidas Socioeducativas. 2022. 124f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-graduação em Educação, Centro de Educação, Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa, 2022.

HONORATO, Rafael Ferreira de Souza; PEREIRA, Maria Zuleide da Costa; RAMOS, Letícia. AS POLÍTICAS DE CURRÍCULO NO BRASIL: pensando numa nova lógica política. Communitas, [s. l.], v. 4, n. 7, p. 207–2017, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufac.br/index.php/COMMUNITAS/article/view/3004. Acesso em: 17 abr. 2024.

LACLAU, Ernesto. A razão populista. Tradução de Carlos Eugênio Marcondes de Moura. São Paulo: Três Estrelas, 2013.

LACLAU, Ernesto. MOUFFE, Chantal. Hegemonia e estratégia socialista: por uma política democrática radical. São Paulo: Intermeios, 2015.

LOPES, Alice Cassimiro. Currículo, política, cultura. In: SANTOS, Luciola, DALBEN, Angela, DINIZ, Julio; LEAL, Leiva (org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 23-37

LOPES, Alice Cassimiro. Teorias de currículo. São Paulo: Cortez, 2011.

LOPES, Alice Casimiro. Ainda é possível um currículo político? In: LOPES, Alice Casimiro; Alicia de Alba. (org.). Diálogos curriculares entre Brasil e México. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2014. v. 1, p. 43-62.

LOPES, Alice Cassimiro. Políticas de currículo em um enfoque discursivo: notas de pesquisa. In: LOPES, Alice Cassimiro; OLIVEIRA, Anna Luiza Araújo Ramos Martins de. Martins de; OLIVEIRA, Gustavo Gilson Sousa de. A Teoria do Discurso na Pesquisa em Educação. Recife: Ed. UFPE, 2018. p. 136

MOLL, Jaqueline. Agenda da Educação integral: compromissos para sua consolidação como política pública. In: MOLL, Jaqueline (org.). Caminhos da educação integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos. Porto Alegre: Penso, 2012. p. 133-167.

OLIVEIRA, Gustavo Gilson Sousa de. Provocações para aguçar a imaginação/invenção analítica: aproximações entre a Teoria do Discurso do Discurso e Análise do Discurso em Educação. In: LOPES, Alice Cassimiro; OLIVEIRA, Anna Luiza A. R. Martins de; OLIVEIRA, Gustavo Gilson Sousa de. A Teoria do Discurso na Pesquisa em Educação. Recife: Ed. UFPE, 2018. p. 169-216.

PARAÍBA. Decreto n. 36.408, de 30 de novembro de 2015. Cria a Escola Cidadã Integral, institui o Regime de Dedicação Docente Integral – RDDI e dá outras providências. Diário Oficial do Estado da Paraíba, João Pessoa, 1 dez. 2015a. Disponível em: http://static.paraiba.pb.gov.br/2015/12/Diario-Oficial-01-12-2015.pdf. Acesso em: 10 ago. 2019.

PARAÍBA. Decreto n. 36.409, de 30 de novembro de 2015. Cria a Escola Cidadã Integral Técnica, institui o Regime de Dedicação Docente Integral – RDDI e dá outras providências. Diário Oficial do Estado da Paraíba, João Pessoa, 1 dez. 2015b. Disponível em: http://static.paraiba.pb.gov.br/2015/12/Diario-Oficial-01-12-2015.pdf. Acesso em: 10 ago. 2019.

PARAÍBA. Lei n. 11.100, de 6 de abril de 2018. Cria o Programa de Educação Integral, composto por Escolas Cidadãs Integrais – ECI, Escolas Cidadãs Integrais Técnicas – ECIT e Escolas Cidadãs Integrais Socioeducativas - ECIS e institui o Regime de Dedicação Docente Integral – RDDI e dá outras providências. Diário do Poder Legislativo, João Pessoa, 12 abr. 2018a. Disponível em: http://www.al.pb.leg.br/wp-content/uploads/2018/04/DPL-12.04.2018.pdf. Acesso em: 5 ago. 2019.

PARAÍBA. Lei n. 11.314, de 11 de abril de 2019. Altera a Lei nº 11.100, de 06 de abril de 2018, que cria o programa de educação integral. Diário Oficial do Estado da Paraíba, 12 abr. 2019. Disponível em: https://auniao.pb.gov.br/servicos/arquivo-digital/doe/2019/abril/diario-oficial-12-04-2019.pdf. Acesso em: 11 nov. 2019.

PARAÍBA. Medida Provisória n. 267, de 7 de fevereiro de 2018. Cria o Programa de Educação Integral, composto por Escolas Cidadãs Integrais – ECI, Escolas Cidadãs Integrais Técnicas – ECIT e Escolas Cidadãs Integrais Socioeducativas – ECIS e institui o Regime de Dedicação Docente Integral – RDDI e dá outras providências. Diário Oficial do Estado da Paraíba, João Pessoa, 9 fev. 2018b. Disponível em: http://static.paraiba.pb.gov.br/2018/02/Diario-Oficial-09-02-2018.pdf. Acesso em: 10 ago. 2019.

PEREIRA, Maria Zuleide da Costa; SANTOS, Miriam Espíndula dos; RAMOS, Letícia. Democracia e as recentes reformas das políticas curriculares no contexto da Educação Básica no Brasil. Linguagens, Educação e Sociedade, 2019. v. 24, p. 322–341.

PROJETO Político Pedagógico. Instituição 1. João Pessoa, 2020.

RODRIGUES, Ana Cláudia da Silva; HONORATO, Rafael Ferreira de Souza. Redes de política de educação integral da Paraíba: fluxos e influências neoconservadoras e neoliberais. Roteiro, [s. l.], v. 45, p. 1–32, 2020. DOI: 10.18593/r.v45i0.21782. Disponível em: https://periodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/21782. Acesso em: 17 abr. 2024.

SARTORI, Leandro; COLARES, Maria Liliane Imbiriba Sousa Balanço do Conhecimento sobre Educação Integral no Oeste Paraense. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 19, n. 50, p. e12231, 2023. DOI: 10.22481/praxisedu.v19i50.12231. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/12231. Acesso em: 30 nov. 2023.

SILVA, Tomaz Tadeu. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.

SILVA, Tomaz Tadeu. O currículo como fetiche: a poética e a política do texto curricular. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

Downloads

Publicado

2024-05-22

Como Citar

RODRIGUES, A. C. S.; ELIAS, J. K. da S.; HONORATO, R. F. S. Produzindo sentidos de educação integral nas escolas cidadãs integrais. Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 20, n. 51, p. e14163, 2024. DOI: 10.22481/praxisedu.v20i51.14163. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/14163. Acesso em: 16 jul. 2024.